Esporte

Cascavelense de 16 anos chama atenção do futebol americano nos EUA

Lucas Castro foi convidado para o time da Notre Dame High School


Imagem de Capa

Foto assessoria

Num país onde o futebol é paixão nacional, o simples fato de gostar do futebol americano, esporte mais popular dos Estados Unidos, é tido como "maluquice". Mas esta mesma "loucura" levou Lucas Castro, atleta do Cascavel Olympians, até a Terra do Tio Sam para jogar pelo time da Notre Dame High School. Em apenas dois treinos com a equipe, ele chamou a atenção dos técnicos e foi integrado à equipe para a temporada.

Lucas, de 16 anos, foi para os Estados Unidos para fazer intercâmbio escolar, mas já planejando jogar pelo time local. "Desde que entrei para o Olympians, eu já pensava em vir para os Estados Unidos jogar", conta ele, que teve o primeiro contato com a bola oval há três anos, a convite de um amigo. "Eu conheci o futebol americano por um colega de jiu-jitsu. No primeiro momento eu pensei que não era um esporte para mim porque, na minha cabeça, o futebol americano era só para caras gigantescos ou muito altos, muito rápidos. Depois que eu entrei para o time, vi que qualquer pessoa pode jogar. Se você for gordo ou magro, vai ter uma posição para você. Tem lugar para todo o tipo de pessoa", comenta Lucas, que atua como jogador de linha defensiva.

Após se apresentar para o treinador do time de Notre Dame, o atleta cascavelense foi convidado para participar de um treino com o restante da equipe. A sua atuação agradou o head coach, que o incluiu no elenco para a temporada. Agora, Lucas se prepara para disputar o Campeonato Estadual da Pensilvânia. A competição tem duração de 10 semanas e começa no próximo dia 26.

Espelhando-se em Kobe Bryant, lenda do basquete americano, Lucas se permite sonhar em um dia, quem sabe, atuar na NFL. "Eu já pensei nisso e acredito que se eu entrar no College, possa conseguir sim. Como eu disse, acredito muito no trabalho duro. Assim como o Kobe Bryant, que trabalhou muito para se tornar um dos melhores jogadores da NBA, se eu entrar para uma universidade com um programa bom, trabalhar duro, posso conseguir chegar na NFL", projeta Lucas.


Assessoria

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Esporte
Últimas notícias de Esporte