FC Cascavel: Técnico Tcheco fala sobre campanha e aprendizado com o vice-campeonato

Time do Cascavel perdeu título de campeão paranaense nos pênaltis

13 de outubro de 2021 | 20h05 | Atualizado há 4 dias

PUBLICIDADE
Após a derrota nos pênaltis para o Londrina na tarde desta quarta-feira (13) por 6 a 5, depois de um novo empate por 1 a 1 no tempo normal, o técnico do Futebol Clube Cascavel, Tcheco, conversou ao vivo com o EPC, programa apresentado por Jorge Guirado. O técnico analisou o vice-campeonato do time cascavelense.

Sincero, Tcheco não escondeu a frustração e admitiu que precisa aprender muito sobre uma derrota em uma final de campeonato. O time cascavelense terminou a competição de forma invicta, mas não conseguiu o título mesmo jogando em casa.

"O Londrina soube jogar e por isso não dá para tirar os méritos deles. O sentimento de frustração é inevitável por tudo aquilo que nós construímos, com a invencibilidade, e isso é ainda mais difícil de engolir, e de saber que o título estava tão perto, dentro de um projeto ambicioso do clube", disse o treinador.

Tcheco disse também que a diretoria deve acreditar naquilo que está sendo feito, junto com os torcedores. "O projeto, o planejamento, o clube deve seguir essa linha. O ganhar e o perder faz parte e uma hora vai ganhar. O importante é sempre estar disputando os títulos, as competições, que uma hora vai ganhar", enfatizou o técnico.

Durante a entrevista, Jorge Guirado perguntou se Tcheco estava com viagem marcada à Porto Alegre-RS. O treinador, que tem uma forte ligação com o Grêmio, foi surpreendido com o questionamento, brincou com o apresentador, mas confirmou que está a caminho da capital gaúcha. Por outro lado, ele "desconversou" sobre os motivos da viagem e não disse se negocia trabalho no estado gaúcho.

"O Jorge é um brincalhão (risos). Não tem nada. Até porque o meu planejamento de carreira não é treinar, nesse momento, um clube de elite do futebol nacional. Eu tenho que passar por experiências iguais a de hoje como treinador para poder consolidar trabalhos lá na frente. Mas, certamente o Grêmio vai ser um desses clubes e te digo mais, se eu tiver paciência de chegar até lá porque a função de treinador ela é muito desgastante", falou Tcheco.

Durante a temporada Tcheco chegou a ser sondado por vários clubes. Entre eles o próprio Londrina. O Operário também teria feito um contato com o treinador. As conversas não avançaram e ele preferiu ficar no FC Cascavel. No Rio Grande do Sul a imprensa gaúcha chegou a dizer que Tcheco foi cogitado para assumir o Grêmio com a missão de tirar o time de uma zona incômoda na tabela de classificação. No meio do ano mesmo Tcheco ressaltou que não teve contato com a diretoria do tricolor.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM

<