Série D: FC Cascavel derrota a Portuguesa e volta a encostar nos líderes do A-7

Com um gol em cada tempo, de Paulo Baya e Pablo Pardal, serpente auri-negra conquistou três pontos importantes

18 de outubro de 2020 | 18h01 | Atualizado há 38 dias

PUBLICIDADE
O time auri-negro fez o seu quarto jogo em casa na Série D do Brasileiro neste domingo (18) diante da Portuguesa Carioca e segue sem perder em seus domínios na competição nacional. A vitória pelo placar de 2 a 0 foi muita valorizada pelo elenco cascavelense, que pegou um adversário complicado pela frente.

Os gols do time cascavelense foram marcados por Paulo Baya, aos 26 minutos do primeiro tempo, uma pintura, e Pablo Pardal, aos 35 minutos do segundo tempo, aproveitando uma falha da defesa adversária.

Com a vitoria no Estádio Olímpico Regional o FC Cascavel retomou a quarta colocação na tabela, mesma posição que tinha antes do início da rodada do fim de semana. A serpente tem 12 pontos. Já a Portuguesa viu o rival abrir três pontos e permanece na sexta colocação, com nove pontos ganhos.

Na próxima rodada, já pelo returno, as duas equipes se enfrentam novamente, dessa vez no Estádio Luso Brasileiro no Rio de Janeiro. O confronto está marcado para quinta-feira (22) às 15hs.

O jogo - 1° TEMPO

Mesmo jogando no estádio olímpico regional o FC Cascavel começou a partida com menos posse de bola e volume de jogo. O primeiro chute a gol foi de Paulo Baya somente aos 22 minutos. A Portuguesa já tinha finalizado quatro vezes no gol defendido por Raul, apenas um exigiu a intervenção do goleiro.

Só que na segunda chance que teve o jovem camisa 10 não desperdiçou e fez um golaço. Aos 26 minutos Paulo Baya recebeu perto do bico da grande área e acertou um lindo chute no ângulo do goleiro Milton Raphael: FC Cascavel 1 x 0 Portuguesa-RJ.

A pintura mudou um pouco o panorama do jogo e o clube cascavelense cresceu, mas não soube aproveitar o melhor momento do time no primeiro tempo. A Portuguesa voltou a rondar a área da serpente e a criar novas oportunidades e poderia até ter empatado o duelo, mas o primeiro tempo terminou mesmo com o FC Cascavel em vantagem.

O jogo - 2° TEMPO

A etapa final começou mais equilibrada, com os dois times buscando o gol. Henrique, meio-campista da Portuguesa, novamente distribuindo bem as jogadas para o time carioca.

Aos 10 minutos o técnico Marcelo Caranhato percebeu a necessidade de fechar um pouco mais o meio de campo e tirou o atacante Neto para a entrada do volante Duda.

Do outro lado o técnico Felipe Surian respondeu com três modificações. Saíram Henrique, Rodrigo Yuri e André Silva e entraram, respectivamente, Mauro Silva, Mauro e Dedé.

As mudanças deixaram a Portuguesa Carioca mais agressiva e forçou o FC Cascavel a recuar a marcação, apostando na velocidade dos homens de frente: Henrique, Itaperuna e Paulo Baya.

O empate poderia ter vindo aos 18 minutos. JR. prego saiu jogando errado e Watson fez Raul trabalhar no chute cruzado para a área.

Caranhato voltou a fazer trocas no elenco. Jr. Prego deu lugar ao zagueiro Marcel e Pablo Pardal entrou na vaga de Robinho.

Aos 23 minutos Oberdan achou espaço na defesa do adversário e arriscou de fora da área, a bola passou perto do gol de Milton Raphael. Logo depois Henrique recebeu na grande área e bateu cruzado, mas a bola foi para fora, sem perigo.

Aos 26 minutos a serpente armou um bom contra-ataque. Itaperuna, na entrada da área, acertou o travessão da Portuguesa.

Franco e William Sotto entraram em campo. Saíram Leo Itaperuna e Paulo Baya, respectivamente. Todas as trocas deixaram a serpente mais consistente na marcação, mas um pouco mais vulnerável ofensivamente.

Mesmo assim a serpente aproveitou uma falha do zagueiro Dilsinho para marcar o segundo. Duda se livrou da bola lá atrás, mas ao tentar dominar a bola o jogador da Portuguesa deixou ela escapar. Pablo Pardal, ligado no lance, roubou a bola e disparou em velocidade para fazer um bonito gol: FC Cascavel 2 a 0 Portuguesa.

Depois foi só administrar a vantagem. Virou ataque contra defesa. O time carioca aumentou a pressão, mas errava na hora de transformar as oportunidades em gol. Mauro Silva chegou a carimbar o travessão de Raul aos 41 minutos depois de uma jogada na linha de fundo de Douglas Skilo e Adriano, mas o placar se manteve inalterado.

Fim de jogo: FC Cascavel 2 x 0 Portuguesa-RJ.

Classificação do Grupo A-7

1° Ferroviária - 14
2° Mirassol - 12
3° Bangu - 12
4° FC Cascavel - 12
5° Cabofriense - 12
6° Portuguesa-RJ - 9
7° Nacional - 3
8° - Toledo - 1

Resultados 7ᵃ Rodada

(Sáb) Bangu 1 x 3 Ferroviária

(Sáb) Cabofriense 1 x 0 Toledo

(Sáb) Mirassol 8 x 0 Mirassol

(Dom) FC Cascavel 2 x 0 Portuguesa-RJ
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM