Veja as promessas dos candidatos a prefeito de Cascavel para Saúde

Se implantado todos os projetos, Cascavel se tornará a número um do mundo

14 de outubro de 2020 | 11h15 | Atualizado há 7 dias

PUBLICIDADE
O Portal Catve.com trás aos leitores e eleitores os planos de governo para a Saúde Pública Municipal dos oito candidatos a prefeito de Cascavel. São intenções de implantar vários programas e projetos durante os quatro anos de mandato se obtiver êxito nas eleições, e assim, comandar o município na próxima gestão.

Se implantado na saúde todos os itens constantes nos oito planos de governo registrados pelos candidatos a prefeito para o município de Cascavel, a cidade se tornará a número um no mundo.

Veja abaixo, o que cada coligação registrou junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) para a saúde no município.

Coligação Democrática e Popular: "Cascavel da Gente" - PT e PCdoB
Prefeito - Paulo Porto (PT)
Vice-prefeita - Margarete Rozatti (PCdoB)

FORTALECIMENTO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE (APS)

- Ampliação e fortalecimento da Estratégia Saúde da Família (ESF).
- Impulsionar/ fortalecer o processo de organização da Atenção Básica no Município,considerando a concepção das Redes de Atenção à Saúde e linhas de cuidado.
- Ampliar o número de equipes de Atenção Básica por meio da Estratégia Saúde da Família (ESF) da rede municipal.
- Adequar os profissionais das equipes da Atenção Primária à Saúde de acordo com o preconizado pela PNAB/2017.
- Adequar a base territorial/ populacional das unidades de saúde.
- Reforma, adequação, construção e ampliação das estruturas das Unidades Básicas de Saúde(UBSs).
- Integração de atividades com outras secretarias municipais para promoção da saúde.
- Construção de Protocolos municipais, para maior autonomia profissional no cuidado.
- Ampliação da Estratégia de Agentes comunitários de Saúde ? Acs.
- Manutenção da ampliação do horário de funcionamento das ESF (7-19h).
- Aquisição de veículos para as ESFs.
- Fortalecimento dos programas de Residência multiprofissional e Médica em saúde da família.
- Buscar junto às Instituições de Ensino Superior (IES) parcerias com os serviços de saúde municipais.
- Formação de equipe volante matricial multidisciplinar: Auxílio a equipes de ESF na estruturação de fluxos e serviços internos.
- Desenvolver ações de apoio matricial por meio de canal entre profissionais da área especialista e profissionais da APS da rede.
- Assegurar saúde bucal na rede básica.
- Implementar a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares ? PNPIC, visando a atenção integral à saúde, promovendo o acesso aos insumos estratégicos.
- Criação da Equipe Municipal de apoio a Saúde da Família (EMASF), composta por enfermeiro, assistente social, fisioterapeuta, nutricionista, educador físico e psicólogo.
- Implantar novos EMASF em cada distrito sanitário do município de Cascavel.
- Buscar junto às Instituições de Ensino Superior (IES) disponíveis em nossa região, serviços que possam ser ofertados por meio de programas de ensino/estágio destas instituições;

- ATENÇÃO SECUNDÁRIA - Projeto de Melhoria da Atenção Secundária e Ambulatorial

- Organizar a fila de espera com prioridade para os casos mais urgentes, classificando-os em Alto, Médio e Baixo Risco.
- Criar o ambulatório de alto risco, para onde serão encaminhados os casos de doenças crônicas mais urgentes.
- Aproveitar a formação de profissionais das Universidades de Cascavel para ampliar e agilizar os atendimentos aos pacientes do SUS.
- Criar polos de atendimento de especialidades em mais de um endereço, facilitando o acesso e direcionando os usuários para atendimento mais próximos de suas casas o possível.
- Formalizar um grupo de estudos que irá, com base em dados e conhecimento técnico, priorizar as demandas com maiores problemas.
- Estruturar toda a rede de atendimento especializado, renovando equipamentos e facilitando os atendimentos.
- Capacitar a atenção básica no manejo dos casos de Baixo Risco, encaminhando para o ambulatório de especialidades apenas o Médio Risco e encaminhando o Alto Risco para um ambulatório específico a ser criado.

ATENÇÃO TERCIÁRIA

- Fortalecer a parceria da Secretaria Municipal de Saúde através do Complexo Regulador da 10ᵃ RS, visando ampliar a capacidade de oferta e reduzir as filas de espera de procedimentos eletivos, consultas e exames especializados.
- Ampliação de leitos (parceria pública privada).
- Ampliação de procedimentos eletivos.

EIXOS TRANSVERSAIS - Fortalecimento/ Valorização dos recursos humanos:

- Revisão do plano de cargos e carreira dos servidores, garantindo as elevações de níveis sem concorrência, e sim por tempo de trabalho e qualificações.
- Rever salários base de categorias profissionais da saúde que se encontram defasadas em relação a outras categorias, e outros municípios (piso salarial, média salarial de municípios de mesmo porte).
- Rever forma de salário dos profissionais de APS que trabalham 40h/semanais e são concursados para 30h/semanais, sem pagamento de horas extra.
- Abertura de concurso público específico para atenção primária com prova de títulos.
- Abertura de concurso público e específico para urgência e emergência em forma de Plantão, com valores fixos.
- Os cargos de coordenação e gerência que seja exigido cargo de nível superior e concursados (conforme portaria do MS).
- Incentivo a formação profissional (cursos, pós graduação, etc.).
- Fortalecimento da Escola de saúde pública Municipal.
- Fortalecer as comissões internas, câmaras técnicas, grupos de estudo dos profissionais do município.

CONTROLE SOCIAL

- Potencializar a gestão participativa, o controle social.
- Fortalecer e divulgar canais de ouvidoria do SUS e canais de transparência.
- Ampliar e qualificar a gestão participativa, com fortalecimento dos Conselhos Gestores das Unidades de Saúde (conselhos locais de Saúde).
- Intensificar os vínculos dos cidadãos, conselheiros de saúde, lideranças informais e de grupos integrados às atividades coletivas dos serviços de saúde e de movimentos sociais, agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, educadores populares com o SUS.
- Apoiar o funcionamento do Conselho Municipal de Saúde e as ações de controle social.
- Promover, Gerenciar e estimular a participação popular nas pré-conferências e Conferências Municipais de saúde.

Coligação DEMOCRATAS (DEM)
Prefeito - Juarez Berté (DEM)
Vice-prefeito - Maurilio Tozzi (DEM)

SAÚDE
- Programa Atendimento Fácil: Agendamento de consulta, controle de vagas e leitos, renovação de documentos e receitas;tudo via aplicativo buscando racionalizar recursos e melhorar a qualidade do atendimento.
- Aumentar o número de medicamentos gratuitos para a população.
- Aumentar as visitas domiciliares em geral para pessoas que tem dificuldade de acesso as unidades de saúde.
- Criar núcleos de atendimento especializado nas quatro regiões da cidade, com médicos especialistas para a tendimento da população.
- Integração das ações de saúde com as áreas de educação e esportes. Integrara gestão do atendimento básico com o atendimento especializado e
hospitalar, unindo o atendimento da saúde em seus diferentes níveis de
atenção.
- Desenvolvimento profissional continuado por Educação à Distância e fortalecimento do Telessaúde.
- Capacitação do profissionais da gestão da saúde como também, técnicos, enfermeiros e médicos da rede pública.

MUTIRÕES DA SAÚDE
- Realizar exames e consultas, aproveitando locais de convivência social (clubes, igrejas, espaços públicos) para realização de mutirões. Firmando
alianças com universidades e entidades do terceiro setor para realizar esses ações.


Coligação "Cascavel Mais humana, Sem Corrupção e Sem Desperdício" - Cascavel pra frente.
Prefeito - Paranhos (PSC)
Vice-prefeito - Renato Silva (REPUBLICANOS)

SAÚDE
1) Continuidade do Programa de Saúde Humanizada
- Compromisso com a meta de aumentar de 85% para 100% a cobertura na atenção básica.
- Ampliação da cobertura na Atenção Básica até chegar a 100% da população, proporcionando o acesso à Atenção Básica por meio das UBS
- Unidades Básicas de Saúde e das USF - Unidades de Saúde da Família.
- Continuar o programa de ampliação do número de equipes de Saúde da Família.
- Continuar o programa de ampliação do número de equipes de saúde bucal.
- Ampliar o horário de atendimento no Laboratório Municipal de Cascavel.
- Concluir e ampliar infraestruturas da Rede Municipal de Saúde.
- Concluir o processo de fortalecimento do Hospital Municipal de Retaguarda com a reforma e instalação do Centro Cirúrgico para realização de cirurgias eletivas.
- Manter o Programa de Atendimento Imediato - PAI (Lei Municipal n° 7.061/2019).
- Manter e ampliar o Programa de Atendimento Residencial - PAR (Decreto Municipal n° 14.234 de 2018).
- Manter e ampliar do Programa de Atendimento de Internamento Domiciliar - PAID.
- Manter e expandir as ações do Programa Comboio da Saúde.
- Desenvolver o Programa Mutirão da Saúde Humanizada - por meio da parceria com o CISOP e credenciamento de estabelecimentos privados para a realização de mutirão de cirurgias, exames e consultas especializadas em horários de maior ociosidade, feriados e finais de semana;
- Ampliar e qualificar as ações das equipes de saúde da família, saúde bucal.
- Fortalecer a gestão democrática e participativa de saúde, garantindo a articulação com a sociedade civil, Conselhos Municipal de Saúde, e suas
respectivas representações em nível distrital e local.

2) Avançar, Modernizar e Inovar na Saúde Construção de novas estruturas:

- Construir o Centro de Fisioterapia, Reabilitação e Terapias Integrativas e
Complementares.
- Construção de 3 Centros Materno-Infantil "AMOR E VIDA", para desenvolver o Programa Gestação Segura, descentralizando os atendimentos dentro dos distritos sanitários, ampliando o acesso às gestantes, puérperas e rece?m-nascidos com atendimento especializados e exames diagnósticos de qualidade e com agilidade, com foco ainda maior na diminuição das taxas de mortalidade materno e infantil, com serviços especializados de Obstetrícia, pediatria, fonoaudiologia, nutrição,
enfermagem, ambulatório.
- Consolidação e ampliação do sistema de atendimento via Call Center e Digital, permitindo o agendamento de consultas e visualização de exames por meio de aplicativos, garantindo maior controle e agilidade nas filas da saúde com a confirmação de consultas e exames, com a concretização da experiência positiva do Call Center.
- Desenvolver o Programa Saúde Sustentável com a instalação de energia fotovoltaica e sistema de captação de águas das chuvas em unidades de saúde.
- Implantação de oficina de robótica - Caps AD Caps I, CAps 3.


Coligação PRTB
Prefeito - Major Arsênio (PRTB)
Vice-prefeito - Jorge Jeronymo (PRTB)

SAÚDE
- Hospital Municipal urgente.


Coligação PDT
Prefeito - Márcio Pacheco (PDT)
Vice-prefeita - Samantha Sitinik (PDT)

1) SAÚDE
- Implantar o NASF de acordo com a Política Nacional para promoção de saúde junto a Atenção Primária.
- Serviço de Atendimento de Urgências e Emergências descentralizado, nas três UPAS, conforme as necessidades dascomunidades assistidas.
- Realizar campanhas de promoção e prevenção permanentes,visando a informação e a conscientização de que a saúde é um bem de todos. estímulo à prática de esportes, à observação de cuidados em cada fase da vida e nas diversas circunstâncias do cotidiano e da história individual: na infância (mortalidade infantil), na adolescência, na vida adulta e na terceira idade (limitação de danos e reabilitação).
- Divulgar os direitos e deveres dos usuários e dos servidores públicos em todos os serviços de saúde, em local visível.
- Assegurar o atendimento prioritário e humanizado nos serviços de saúde conforme previsto em legislação para Pessoa Idosa e Pessoa com Deficiência.
- Ampliar ações de controle do câncer de colo de útero e mama, reduzir a mortalidade infantil e materna.
- Fortalecer a capacidade de respostas às doenças emergentes e endemias, com ênfase na dengue, influenza, covid-19, com treinamento constante e atualização do pessoal de saúde
envolvido.
- Promover eventos com a comunidade que incentivem boas práticas, ações na escola, no trabalho, nas igrejas e templos - em parceria com as famílias e comunidades.
- Estimular práticas alternativas e complementares, como fitoterapia e técnicas naturais.
- Reavaliar e atualizar o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos profissionais da Saúde Municipal, em todos os níveis, com participação da categoria.
- Capacitar os profissionais de saúde de nível médio e superior em suas respectivas áreas, priorizando o acolhimento e a humanização do atendimento de qualidade em detrimento da quantidade, visando à saúde do trabalhador e do usuário do serviço.
- Ampliar as ações da Escola de Saúde Pública, realizar parcerias com Cursos Técnicos, Universitários e de Pós-graduações.
- Atuar com planejamento no sentido de que seja providenciada a reposição de profissionais em períodos de férias, afastamentos, exonerações, aposentadorias e falecimentos, viabilizando o atendimento.
- Viabilizar EPI's - Equipamentos de Proteção Individual - e uniformes apropriados aos servidores da área da saúde, assegurando sua segurança e qualidade de trabalho. - Agir em parques, academias ao ar livre e áreas de lazer, com a presença de monitores, visando o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida.
- Estimular a visão e concretização de projetos para uma cidade saudável e promotora de saúde, com incentivo de práticas de hábitos alimentares saudáveis e adequação e ou ampliação de espaços esportivos que incentivem as práticas de atividades físicas.
- Participar e apoiar de forma efetiva os programas de prevenção e tratamento de usuários de álcool e drogas (lícitas e ilícitas), disponibilizando profissionais e infraestrutura adequada - com foco no indivíduo e em seu contexto sociocultural, fomentando parcerias.

2) VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR

- Criar o espaço do servidor nas unidades funcionais, com espaço restrito aos servidores, promovendo sua tranquilidade emocional, saúde psicológica e física dentro do conceito de espaço humanizado.
- Direcionar o servidor para o local de trabalho e desempenho de suas atribuições, sempre que possível, de acordo com seu perfil e a sua solicitação.
- Integrar todos os sistemas informatizados nos serviços.
- Informatizar o acesso nos agendamentos das consultas, exames de todas as especialidades para atendimento, evitando filas na madrugada e nas intempéries.
- Implantar Gestão Informatizada em 100% das unidades de saúde, de forma a integrar todas as Unidades da Rede, bem como assegurar os agendamentos de consultas e exames de todas as especialidades para atendimento, disponibilizando ainda ferramenta digital que permita acesso online ao resultado exames.
- Estruturar os espaços físicos necessários com móveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, climatização e demais utensílios necessários e adequar o atendimento na recepção em todos os serviços de saúde, a fim de que o ambiente contemple de forma satisfatória, as necessidades ideais para que o cidadãos se sintam acolhidos com dignidade.
- Instalar rede de internet de qualidade, de acesso público à população em todas as unidade de saúde.

3) INFORMATIZAÇÃO AMBIÊNCIA

- Ampliar o Centro de Especialidades de Cascavel - CAE e o Centro Regional de Especialidades, com número de profissionais e exames suficientes, com estrutura adequada para atender a demanda do município de Cascavel e apoiar a comunidade regional.
- Melhorar a estrutura física das UBS's e USF's, com adequado número de profissionais e serviços, conforme a necessidade e as prioridades das comunidades assistidas.
- Criar uma Central de Atendimento da Saúde, com funcionamento 24h com equipe formada por médicos, enfermeiros e técnicos de saúde. Através dela, o cidadão poderá Buscar orientações básicas de saúde, evitando, em alguns casos, uma ida desnecessária a uma unidade de saúde. A Central pode ajudar o cidadão a identificar a unidade que prestará o atendimento mais rápido e especializado para sua necessidade.
- Nesse sentido, poderá ser realizado convênio com os cursos/faculdades da área de saúde.
- Climatização das unidades do CASM, CAPSad, CAPSi.
- Promover a presença de profissionais para atuarem nos serviços de saúde mental durante 24 horas diariamente, incluindo sábados, domingos e feriados, a fim de garantir a segurança dos usuários e profissionais dos serviços, bem como o patrimônio público.
- Promover a supervisão clínico institucional aos profissionais que atuam nos serviços de Saúde Mental.

4) INFRAESTRUTURA INVESTIMENTO E FORTALECIMENTO DA DIVISÃO DE SAÚDE MENTAL

- Implantar Programa de Formação Continuada relacionada com a saúde mental para profissionais que atuam em todos os serviços de saúde.
- Aquisição de micro-ônibus para ser utilizado por todos os serviços de saúde mental, com a finalidade de levar os pacientes participar de atividades comunitárias.
- Viabilizar a construção de imóvel próprio e adequado para o funcionamento do CAPS III, que atualmente se encontra em estrutura locada.
- Planejar a adequação do atendimento do CAPSIII de acordo com a Portaria 336 de fevereiro de 2002 com atendimento continuo, com profissionais suficientes, durante 24 horas diariamente, incluindo sábados, domingos e feriados.
- Reforma geral e ampliação da estrutura física do CAPSi.
- Planejar a implantação do terceiro turno no CAPSi, com contratação de equipe de profissionais, para ampliar o número de atendimentos às crianças e adolescentes com transtornos mentais, correspondendo o período das 17h às 21h de segunda a sexta-feira, de acordo com a Portaria 336 de fevereiro de 2002.
- Reforma e adequação da estrutura interna e pintura geral no CAPSad.
- Construção da cobertura para a quadra poliesportiva e pista de skate do CAPSad.
- Construção de imóvel próprio e adequado para o funcionamento do CASM.
- Promover estudos e planejamento para regulamentação e implementação na Atenção Primária, a Política Nacional de Práticas
- Integrativas Complementares (PICs) no município de Cascavel.
- Realizar com os técnicos um diagnóstico/análise situacional da Saúde de Cascavel. atualizar o Plano de Saúde com definição das diretrizes, objetivos, metas e indicadores, processo de monitoramento e avaliação.
- Ampliar ações de vigilância sanitária e epidemiológica.
- Interface com os demais segmentos e áreas, como educação, meio ambiente, segurança pública, assistência social, obras, cultura, etc.


Coligação: "Cascavel, você decide!"
Prefeita - Inês de Paula (PROGRESSISTAS)
Vice-prefeito - Léo Mion (SOLIDARIEDADE)

SAÚDE

CRIAR O PROGRAMA "AVANÇA SAÚDE"

- Avançar e expandir a Estratégia de Saúde da Família (ESF) com a inclusão de novas equipes;
- Avançar e fortalecer o atendimento da Estratégia de Saúde Bucal, expandindo a equipe e as ações;
- Avançar e complementar as equipes da Atenção Primária (Pediatra, Ginecologista, Geriatra, Nutricionista entre outros), e procurar meios para
combater as filas de espera das cirurgias eletivas.
- Avançar e viabilizar suporte farmacêutico para as questões medicamentosas relativas à atenção primária de saúde;
- Avançar e implantar a Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF) para unificar as compras e melhorar o gerenciamento do estoque de
medicamentos do município, e assim minimizar as percas e o desabastecimento;
- Oportunizar as pessoas com hipertensão, devidamente comprovado a vulnerabilidade social, que ao chegar na unidade de saúde, não ter o medicamento, e tiver que se locomover a central, terá o direito do vale transporte de volta para casa;
- Oportunizar as pessoas que fazem tratamento de câncer, devidamente comprovado a vulnerabilidade social, com a identificação que será emitida pela
unidade de saúde do seu bairro, terá o direito do vale transporte;
- Avançar com os trabalhos em parceria com o Conselho Municipal de Saúde e os outros conselhos instituídos no munícipio de Cascavel;
- Avançar com parcerias com a administração corporativa;
- Avançar de forma Intersetorial com as demais secretarias: educação, esporte, cultura e assistência social e outras que entender necessário;
- Avançar e manter o atendimento do plantão 24h de urgência e emergência hospitalar;
- Avançar e ampliar a rede de atendimento à exames clínicos e laboratoriais;
- Avançar na capacitação de forma permanente os funcionários da secretaria de saúde;
- Avançar no atendimento em consultas e exames especializados por meio do consórcio intermunicipal de saúde;
- Avançar na ampliação no atendimento do SAMU;
- Avançar na implantação de programas de tratamento ao alcoolismo, tabagismo e às drogas ilícitas, em parcerias com as outras políticas públicas, de forma intersetorial;
- Avançar na redução dos riscos e agravos à saúde da população, por meio das ações de promoção e vigilância em saúde, fortalecendo as ações e serviços
de promoção e proteção à saúde, mediante ações integradas das vigilâncias epidemiológica, sanitária e ambiental e controle de zoonoses;
- Avançar no combate à dengue;
- Avançar nas ações de combate à Covid-19;
- Avançar na contratação de psicólogos nas unidades de saúde, pois na maioria das questões nossa população precisa é de amparo emocional, saber lidar com as próprias emoções, validá-las e reconhecê - las, evitando muitos conflitos familiares.
- Avançar no atendimento à Saúde mental do município, fortalecendo o atendimento com mais equipes no CAPS AD, CAPS i e CAPS II;


Coligação RENOVA CASCAVEL
Prefeito - Evandro Roman (PATRIOTA)
Vice-prefeito - Gustavo Ferlin (PSL)

SAÚDE
- Ampliar o atendimento das unidades de Saúde, tanto UBS como USF, que hoje funcionam das 08h00 às 17h00 para atender das 07h00 às 19h00;
- Implantar atendimento até às 22h00 em 6 unidades (das 07h00 as 22h00), sendo elas 3 lado direito da Avenida Brasil e 3 à esquerda da Avenida Brasil, com atendimento de rotina, inclusive vacinação;
- Implantar atendimento aos sábados das 07h00 as 19h00 em 4 unidades, sendo 2 lado direito da Avenida Brasil e 2 lado esquerdo da Avenida Brasil, atendendo a todo Município, contando com atendimento de rotina, inclusive vacinação, para facilitar aos pais que trabalham durante a semana;
- Implantar Plantão de Laborátório aos sábados das 07h00 as 19h00;
- Implantar a UPA 4 na Região do Sanga Funda, Floresta, Melissa e Riviera para atender a população mais distante da Região Norte;
- Implantar Entrega de Medicamentos Diariamente, de segunda à segunda, nas farmácias das UPAS, para que todos os pacientes que consultam nas UPAS já saiam do atendimento médico com medicamentos na mão, sem necessidade de procurar uma Farmácia Básica, como acontece hoje;
- Criar o programa Remédio em Casa, que entrega o medicamento no endereço do paciente, para idosos, deficientes físicos e doentes crônicos que faz uso de Medicamentos de uso contínuo;
- Criar Programa CASCAVEL SORRINDO: tendo 2 (dois) Trailers montados com consultório odontológico que irá nos CMEIS e escolas para realizar o atendimento integral;
- Ampliar o Programa de Vacinação,com atendimento em tempo integral em todas as unidades e também nas 6 unidades até às 22:00 horas e nas 4 unidades que atenderão aos sábados;
- Ampliar o atendimento de Saúde Mental com CAPS I, CAPS 3 sistema de plantão 24 horas;
- Criar um centro de atendimento integrado para pessoas portadoras de deficiência, contemplando com atendimento médico, de enfermagem, fisioterapia e terapia ocupacional onde a pessoa possa participar de atividades de inclusão social;
- Universalizar o acesso à Clínica Escola para as Pessoas com Transtorno do Espectro Autista;
- Implantar 6 Distritos no Município, sendo 5 na região Urbana e 01 no interior, para que a população possa ser melhor assistida, tendo em cada distrito um gerente mais perto da população para dar agilidade em seu atendimento;
- Implantar o CONSELHO DISTRITAL, com representante de cada distrito para fazer avaliação das ações trimestralmente e sugerir melhorias para as unidades;
- Ampliar a LINHA DA SAÚDE NO INTERIOR;
- Implantar o Centro de Atendimento à Criança 24 Horas, com pediatra para os atendimentos;
- Alterar o Plano de Cargos salários e vencimentos dos SERVIDORES PÚBLICOS da Prefeitura, dando o direito de elevação de NÍVEL tanto horizontal (através de graduação,
especialização, mestrado ou doutorado) e vertical (através de cursos) automático quando este atingir os critérios para cada nivel;
- Ampliar em 100% a cobertura do Programa de Saúde da Familia, através da implantação de novas equipes;
- Implantar Unidade para Tratamento de Dependentes de Álcool e Drogas;
- Implantar Mini Hospitais para cirurgias de pequeno porte, como Apendicectomia, hernioplastia (Baixa complexidade);
- Transformar a saúde em gestão plena, onde o Município é quem faz o gerenciamento dos recursos, destinando-os para as necessidades das pessoas;
- Criar Sistema de Gerenciamento de Filas das Especialidades onde o usuário ao consultar seja inserido na fila de espera para especialidade na própria unidade e seja atendido dentro de 6 meses e não em 2 ou 3 anos;
- Implantar Abertura das Unidades de Saúde na madrugada, para que as pessoas possam aguardar o atendimento na parte interna da unidade; - Facilitar o agendamento de consultas e exames por meio de central telefônica e aplicativos para telefone celular/Smartphone;
- Fortalecer o Conselho Municipal de Saúde;
- Fortalecer e ampliar as Redes de Assistência à Saúde (mental, psicossocial, idoso, urgência/emergência e pacientes com necessidades especiais) com aperfeiçoamento de
linhas de cuidado e protocolos de atendimento;
- Implantar o Centro de Imagens Municipal, com aparelhos de RAIO-X, tomografia computadorizada, ultrassonografia, eletrocardiograma e ecocardiograma.
- Criar a Semana da Saúde de Cascavel, em alusão ao Dia Mundial da Saúde - 7 de abril.


Coligação AVANTE
Prefeito - Carlos Moraes (AVANTE)
Vice-prefeito - Samoel Mattos (AVANTE)

SAÚDE
- Acabar com as filas e o tempo de espera dos pacientes, nas unidades básicas de saúde e consequentemente deslogar as UPAS (Unidade do Pronto Atendimento) para um atendimento mais eficaz e sem espera, nos casos de urgência e emergência.
- Implantar clinica online, para consultas, exames, e tratamentos possíveis de serem feitos remotamente. Com a "teleconsulta" grande parte dos encaminhamentos serão feitos diretamente aos especialistas encurtando o vai e vem dos pacientes.
- Implantar o agendamento eletrônico através de SMS ou WhatsApp. Universalizar o prontuário eletrônico contando com o apoio da associação médica, do conselho regional de medicina, clinicas, hospitais e farmácias básicas.
- Fortalecer o programa Federal Saude da Familia, incrementando auxiliando as equipes de trabalho, visando diminuir ainda mais a demanda na rede básica de saúde.
- Valorizar os Agentes de Combate a Endemias para evitar o aumento de doenças que contribuem com a procura no atendimento nos postos de saúde.
- Implantar novas terapias alternativas, fortalecer as já existentes, para auxiliar o conjunto de ações preventivas. Fortalecer e adotar novas politicas no SIM PR (Serviço Integrado de Saúde Mental).
- Viabilizar e construir o Hospital da Zona Norte.
- Construir um centro de atendimento especifico para Idosos. Viabilidade de Construção do Hospital da criança, com o apoio e a força política da macrorregião.
- Tornar a saúde pública atrativa para todos os profissionais da área, pagado bons salários e gratificações, motivando assim o seu interesse e rendimento profissional.
Luiz Nardelli/Laís Laíny
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM