Rússia bate recorde de novos casos e mortes causadas pela Covid-19

De acordo com os dados, foram 1.159 óbitos e 40.096 novas infecções nas últimas 24 horas

28 de outubro de 2021 | 10h27 | Atualizado há 32 dias

Foto: Unsplash / Cultura
PUBLICIDADE
A Rússia bateu um novo recorde de casos e mortes causadas pela Covid-19 nesta quinta-feira (28). De acordo com os dados divulgados pelo governo foram 1.159 óbitos e 40.096 novas infecções nas últimas 24 horas. Os números obrigaram o país a adotar novas medidas de restrições.

A chamada quarta onda de Covid - que atinge o continente europeu como um todo - tem sido impulsionada pelos baixos índices de vacinação e pela disseminação da variante delta. Para conter a propagação do vírus, a capital do país, Moscou, criou um "megaferiado" que tem início nesta quinta e vai até o dia 7 de novembro.

Serviços considerados não essenciais como restaurantes, salões de beleza, lojas de roupas e academias ficarão fechados durante o período.

Na Rússia, o número de casos e mortes em decorrência da Covid-19 tem apresentado crescimento desde junho. Já neste mês de outubro, foram 843 mil novos casos e quase 27 mil vítimas da doença. O país é o 5° no mundo com mais de 8,2 milhões de infectados e 229 mil mortos. Os Centros de Tratamento Intensivo (CTIs) dos hospitais russos estão sobrecarregados. Com isso, Moscou pediu aos idosos que permaneçam em casa por quatro meses.

Ainda que os dados apresentem piora na situação da pandemia no país, a população continua se recusando a tomar os imunizantes. Apenas 33% dos russos estão com o esquema vacinal completo, e 36% tomaram a primeira dose das vacinas disponíveis, entre elas a Sputink V, desenvolvida pelo próprio país.
Cultura
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<