São Paulo foi responsável por 85% das contaminações no início da pandemia, diz estudo

Pesquisa mapeou doença nas primeiras três semanas da pandemia

21 de junho de 2021 | 15h57 | Atualizado há 96 dias

PUBLICIDADE
Pesquisa publicada nesta segunda (21) na revista britânica Scientific Report mostrou o mapeamento da Covid-19 no Brasil. Encabeçado pelo médico Miguel Nicolelis, o estudo revelou que a cidade São Paulo foi responsável por 85% das transmissões da doença nas primeiras três semanas de pandemia.

"Se nos tivéssemos feito um lockdown ou um bloqueio sanitário pra impedir as pessoas de levarem o vírus pro interior nos teríamos tido uma primeira onda muito mais branda e provavelmente teríamos evitado uma explosão que nos tivemos um ano depois", disse Nicolelis.

O estudo mapeou o trânsito de pessoas no país tanto por via aérea quanto terrestre para entender como a transmissão da Covid-19 se deu a partir das capitais para o interior. Nos primeiros 21 dias da pandemia, 26 rodovias federais foram responsáveis por aproximadamente 30% da disseminação do vírus.

"O efeito boomerang explica a dinâmica do espalhamento de casos que começa nas capitais, essa dinâmica começa com a transmissão comunitária de casos de Covid-19 nas capitais. As estradas estavam abertas, pessoas infectadas foram pra o interior e levaram esse vírus para as comunidades mais interioranas do pais", explicou o médico.

Mesmo o estudo sendo do início da pandemia, o médico acredita que ele pode ser usado para prever o que irá acontecer daqui pra frente. Segundo ele, a pesquisa oferece uma receita de bolo para o que precisa ser feito nas próximas semanas para evitar uma tragédia ainda maior.
Com informações da TV Cultura
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<