Restrições são impostas em São Miguel do Iguaçu para conter avanço da Covid-19

A regulamentação foi oficializada através do decreto n° 176/2021

22 de fevereiro de 2021 | 18h57 | Atualizado há 12 dias

(Foto: assessoria)
PUBLICIDADE
Em reunião realizada pelo COE (Comissão de Operações Emergenciais) de São Miguel do Iguaçu na manhã desta segunda-feira (22), foram definidas novas medidas restritivas para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A regulamentação foi oficializada através do decreto n° 176/2021, publicado no Diário Oficial Eletrônico.
De acordo com a publicação, estão suspensas as seguintes atividades:

I - Atividades esportivas coletivas recreativas, em quadras e campos públicos e privados;

II -Associações recreativas, clubes privados e balneários;

III -Reuniões ou festas domiciliares, sociais, políticas, científicas e de trabalho, acima de 10 (dez) pessoas;

IV -Salões de dança, boates, casas noturnas, festas comunitárias e bailes;

V-Eventos sociais públicos e privados;

VI ?Terminal Turístico Balneário Ipiranga.

O decreto também autoriza a celebração de cultos religiosos, desde que sejam respeitadas as orientações para preservação do afastamento físico entre as pessoas, sendo observada, entre outras situações, a ocupação máxima de 30% (trinta por cento), garantido o afastamento mínimo de dois metros entre as pessoas, em todas as direções, salvo se pertencerem ao mesmo núcleo familiar.

Determina ainda que os estabelecimentos comerciais que permanecerão abertos deverão adotar as medidas de prevenção estabelecidas, bem como aquelas que forem determinadas pelas autoridades sanitárias, sem prejuízo das que forem impostas pelos Órgãos de Saúde Federal e Estadual competentes.

A Administração Municipal, através da equipe da Defesa Civil e da Guarda Municipal, irá intensificar a fiscalização ostensiva referente às barreiras sanitárias impostas às empresas comerciais, através de servidor que estará autorizado a entrar no estabelecimento e ali permanecer para verificar o regular cumprimento das exigências e em caso de descumprimento, comunicar as autoridades para que sejam tomadas as medidas cabíveis para o caso, podendo ser aplicada multa de até R$ 5 mil, após 2ᵃ notificação e/ou a cassação do alvará de funcionamento do estabelecimento, independente de prévia notificação.

Fica recomendado, ainda, que os munícipes não circulem em vias públicas sem justificativa considerável, estabelecendo-se "Toque de Recolher" diário no município de São Miguel do Iguaçu, das 23h às 05h.
As restrições foram estabelecidas devido a situação atual da pandemia da Covid-19 no município, bem como, a situação da 9ᵃ Regional de Saúde onde em Foz do Iguaçu, encontra-se com ocupação de leitos de UTI exclusivos para a COVID nos hospitais locais, próximo a 100% .
Redação Catve.com/Assessoria
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM