Covid-19: ocupação de leitos de UTI exclusivos na 20ᵃ RS cresce em setembro

Até às 9h desta quarta-feira (23), a taxa de ocupação regional estava em 63,16%

23 de setembro de 2020 | 17h59 | Atualizado há 28 dias

PUBLICIDADE
A melhora no quadro epidemiológico e a inclusão de mais oito leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) no Hospital Bom Jesus passou a impressão, no começo de agosto, de que o pior da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) já tinha passado em Toledo. Contudo, este sentimento veio acompanhado de desleixo de muitas pessoas, que passaram a formar aglomerações e deixaram de usar máscara, fazendo o número de novos casos e de óbitos causados pela Covid-19 aumentar consideravelmente neste período.

O reflexo disso se vê na taxa de ocupação dos 38 leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para pacientes (confirmados ou suspeitos) com Covid-19 na área de abrangência da 20ᵃ Regional de Saúde (RS) - 24 no Bom Jesus e 14 no Hospital Moacir Micheletto, em Assis Chateaubriand. Se em agosto esta média foi de 47,37%, nos 23 primeiros dias de setembro chegou-se ao índice de 56,18%, crescimento relativo de 18,60%.

O viés de aumento se confirma nas informações mais recentes. Até às 9h desta quarta-feira (23), a taxa de ocupação regional estava em 63,16% - 54,17% em Toledo e 78,57% em Assis Chateaubriand.

No âmbito da Macrorregional Oeste, que reúne também as RS de Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão e Pato Branco, também houve aumento na taxa de ocupação dos 158 leitos de UTI disponíveis para o tratamento de Covid-19. A média de agosto, que já estava acima da registrada na Regional de Toledo (56,72%), subiu ainda mais: 62,03% nos 22 primeiros dias de setembro, crescimento relativo de 7,77%.


Enfermaria

Outro dado que confirma a situação nada tranquilizadora da Covid-19 em Toledo diz respeito às internações em leitos de enfermaria do SUS para pacientes com diagnóstico suspeito ou confirmado da doença. A demanda por este serviço, concentrado no Pronto Atendimento Municipal (PAM) Doutor Jorge Milton Nunes, aumentou consideravelmente na última semana. Da última quarta-feira (16) até hoje, a soma de internações de moradores de Toledo em leitos de UTI com os que estão em enfermaria nunca esteve abaixo de 40, um índice de hospitalização (proporção entre pessoas que necessitam de atendimento hospitalar permanente e o total de casos ativos) de 5,53%.

Este quadro desfavorável faz a secretária de Saúde, Denise Liell, voltar a pedir à população para que redobre os cuidados com o Sars-Cov-2, higienizando as mãos (incluindo os pulsos, as unhas e os espaço entre os dedos) com água e sabão ou álcool em gel várias vezes ao dia, evitando estar ou formar aglomerações, mantendo os ambientes sempre ventilados e arejados, e cobrindo o rosto com o braço ou um lenço descartável ao tossir ou espirrar. "Ainda não é momento de fazer reuniões com amigos, colegas ou familiares. Sempre que possível, fique em casa e só saia quando realmente for preciso e use sempre máscara do jeito certo, cobrindo toda a boca e o nariz. Assim, poderemos evitar a contaminação de mais pessoas e conter a pandemia em Toledo", salienta.
Assessoria
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM