Prefeito de São Miguel do Iguaçu renuncia ao cargo

24 de novembro de 2020 | 16h24 | Atualizado há 94 dias

PUBLICIDADE
O prefeito de São Miguel do Iguaçu, Claudiomiro da Costa Dutra, preso de forma preventiva na Penitenciária de Foz do Iguaçu, renunciou ao cargo nesta segunda-feira (23).

A renúncia já está oficializada na Câmara de Vereadores de São Miguel e o vice, Albino Bissolotti (DEM), vai concluir o mandato.

Dutra foi eleito em 2012 e reeleito em 2016. Ele era filiado ao então PR (Partido da República); hoje PL.

A crise política para Dutra começou quando o Ministério Público deflagrou operação investigando supostas fraudes de corrupção em licitações que somam R$ 8,6 milhões entre 2013 e 2020.

"A motivação para esta decisão se dá por motivos de ordem pessoal que impossibilitam de retornar ao cargo, o que poderá prejudicar a municipalidade, não sendo esta intenção do hora renunciante", consta no ofício enviado à Câmara com a renúncia.

A apuração indica que eram feitas cobranças indevidas contratos de transporte, com pagamentos por quilometragens não rodadas e uso empresas abertas em nome de laranjas.

Outros contratos são de fraudes em licitações nas áreas de saúde, limpeza, esporte e cultura, entre os anos de 2013 e 2020.

PRÓXIMO PREFEITO

A partir de 2021, a Prefeitura de São Miguel do Iguaçu será comandada por Boaventura Manoel Joao Motta, do MDB.
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM