Por que o melhor jogador do País é esquecido pelo Tite na Seleção?

24 de setembro de 2020 | 09h05 | Atualizado há 386 dias

PUBLICIDADE
Esses dias o técnico Tite convocou a Seleção Brasileira para a estreia das Eliminatórias da Copa do Catar (será?) em 2022. Ele divulgou a lista com os 23 jogadores que disputarão as duas primeiras partidas na competição. A equipe estreia na disputa contra a Bolívia, no dia 9 de outubro, na Neo Química Arena, em São Paulo. Quatro dias depois, em Lima, enfrentará o Peru.

E pelo visto as injustiças continuaram. Pra mim a maior delas é simplesmente ignorar o Marinho, atacante do Santos. O cara é simplesmente na minha visão o melhor jogador desse início de Brasileirão. Impressionante como sua força e poder de decisão revolucionaram tecnicamente a equipe do Santos. Vale lembrar que ele é o atual vice-artilheiro do campeonato com 7 gols. Só um atrás do colorado Galhardo.

Aí fui ver a lista e o que me cansa é ver sempre os mesmos nomes. Pelo amor de Deus! Até quando ele vai insistir no Thiago Silva? Para! É bom zagueiro mas já tem quase 40 anos. Chega! Não vai pra próxima Copa (ou pelo menos não deveria!). Prepara um novo defensor de qualidade. E falando dos atacantes mesmo? Sempre os mesmos? O que um cara como o Marinho precisa fazer pra ter uma oportunidade?

Tá louco. Esse tipo de injustiça me consome. Até por isso a cada dia que passa fortaleço ainda mais minha opinião de que não basta só jogar bola para estar na Seleção.
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<