Paranhos quer uma resposta do Estado sobre decreto já nesta sexta

02 de julho de 2020 | 22h00 | Atualizado há 31 dias

PUBLICIDADE
O prefeito de Cascavel Leonaldo Paranhos, participou do Programa EPC nesta quinta-feira (2) e disse que tem pressa para uma resposta do governo do Estado sobre os questionamentos do decreto da quarentena que atinge 134 cidades, muitas delas da região oeste.

"Pedimos de forma respeitosa que a resposta seja dada até amanhã para já tomarmos outra decisão. Se for uma negativa em relação ao que solicitamos vamos reunir o setor produtivo. Tomaremos alguma decisão no fim da tarde de sexta ou no máximo sábado de manhã".

Paranhos destacou que na segunda-feira (6) começa a safra agrícola e uma paralisação neste momento paralisaria a cadeia produtiva que envolve vários segmentos.

Dois caminhos estão previstos pelo Município, a depender da resposta da Secretaria de Estado da Saúde ao recurso apresentado hoje.

Um deles é a autorização de circulação de pessoas por faixa etária.

"Apresentamos a proposta de circulação por idade, diante da demografia, faríamos uma organização por faixa de circulação", afirmou o prefeito.

A segunda proposta, já exposta aqui no blog, que é a do rodízio de funcionamento, por segmentos comerciais.

"A outra seria o rodízio de mercado, por setores. Foi discutido com o G8 e ficou stand by devido a esse decreto do Estado. Temos essas duas propostas que podem ser implantadas".

O prefeito expôs um raciocínio em relação a alguns segmentos comerciais para citar que não é o trabalho que dissemina o vírus, mas a falta de cuidado.

"Quantas pessoas entraram em uma loja de calçados por dia". Acaba não sendo justo. Eu sei que o mercado é um serviço de primeira necessidade, mas lá entram 500 pessoas. O comércio tem que fazer sua parte sem precisar ser fiscalizado, respeitando a restrição e não deixar ninguém entrar sem máscara, e a população também precisa fazer a sua, pois se não fizer, ela será a principal vítima disso tudo".

Acompanhe na íntegra, a participação do prefeito, no EPC.
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM