Luiz Aparecido

Cascavel de Ouro irá integrar o calendário turístico do Paraná

21/08/2019 01h24

Apresentado pelo deputado Márcio Pacheco, o Projeto de Lei 219/2019 que dispõe sobre a inserção da Cascavel de Ouro no Calendário Oficial de Eventos Turísticos do Paraná foi aprovado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Assembleia Legislativa do Paraná. Agora ele vai para a aprovação do plenário.

"A Cascavel de Ouro é um grande orgulho para os paranaenses, principalmente para os cascavelenses, que viram a prova crescer junto com a cidade. A prova é reconhecida pelo traçado desafiador e a longa duração, o que faz dela única. A Cascavel de Ouro é um clássico do automobilismo brasileiro", disse o autor do projeto, o deputado Márcio Pacheco (PDT).

Edson Massaro, promotor da prova, está empolgado com a inserção da Cascavel no calendário turístico do Paraná. Ele tende que a prova ganhará muito mais dimensão, destacando que ele é importante para Cascavel e para o Paraná pelo volume de pilotos que ela atrai, pelos recursos que ela movimenta e a projeção que ela proporciona à cidade e ao Estado.

HISTÓRIA
A Cascavel de Ouro chega a sua 33ª edição como uma das grandes provas do automobilismo brasileiro. Desde a primeira prova, disputada no final da década de 60, grandes pilotos do cenário nacional já estiveram no Oeste do Paraná para vivenciar uma experiência impar. Dentre os grandes nomes está o do tri-campeão mundial de Fórmula 1, Nelson Piquet.

As primeiras provas aconteceram em pista de terra. Depois investimentos aconteceram e o Autódromo Zilmar Beux consolidou seu nome no cenário nacional por, além de sediar a icônica prova, oferecer disputas acirradas em seu traçado desafiador. Desde a última grande reforma, em 2012, a Cascavel de Ouro tem acontecido anualmente.

A última prova, realizada em 2018, contou com 55 carros no grid de largada e foi vencida pelo trio cascavelense formado por David Muffato, Edgar Favarin e Israel Favarin. O resultado permanece subjudice em função de recurso de Leandro Totti, integrante da dupla vice-campeão, junto ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo).

A 33ª edição será disputada no dia 3 de novembro.

(Fotos: Vanderley Soares/Divulgação)

Leia outros artigos de Luiz Aparecido