Lito Cavalcanti

Cingapura: uma prova de muitos atrativos

16/09/2019 15h56

A chegada da Fórmula 1 a Cingapura, onde será disputado o 15º dos 21 grandes prêmios que compõem o calendário deste ano, vai ser marcada por diversas novidades. Algumas serão vistas como inovações, caso das eternas evoluções aerodinâmicas; outras, como a aceleração da dança das cadeiras para a formação das equipes para 2021; e a última, a ameaça do fim de um sonho de toda a categoria.

No primeiro caso, destaque para a Ferrari. Vencedora incontestável em Spa e em Monza, a equipe de Maranello luta contra a insuficiência de pressão aerodinâmica. Batida amplamente neste setor pelas rivais Mercedes e Red Bull, é enorme a possibilidade de que ela volte à incômoda posição de terceira força do grid.

Foto:Massimo Pinca/Reuters

Leia outros artigos de Lito Cavalcanti