Lito Cavalcanti

Calor volta a ameaçar Mercedes no GP da Alemanha

25/07/2019 20h55

Temperatura ambiente próxima dos 40 graus pode fazer do GP da Alemanha uma réplica do ocorrido na Áustria.

Lá, o calor forçou a Mercedes a abrir mão de potência e a alterar suas formas aerodinâmicas, abrindo as portas para a vitória da Red Bull de Max Verstappen e o segundo lugar da Ferrari de Charles Leclerc.

Leia outros artigos de Lito Cavalcanti