Agro

Clima têm colaborado para a colheita do milho na região oeste do Paraná

Colheitadeiras estão em operação desde o fim do mês de junho e seguirão até a primeira semana de agosto


Foto: Catve

São quilômetros cercados por lavouras que fazem do Brasil um dos maiores produtores mundiais de grãos. São 73 milhões de hectares de culturas destinados ao cultivo especialmente de soja e milho.

No oeste do Paraná, a safra de milho do ano passado teve quebra de 80% por causa das geadas.

Nos períodos de maio, junho e julho de 2022 os episódios de geada vieram menos frequentes, mais fracos e em pontos bem isolados. Além disso, choveu na quantidade adequada e no tempo certo, o que possibilitou o bom preenchimento das espigas.

Nos milharais da região de Cascavel, as colheitadeiras estão em operação desde o fim do mês de junho e seguirão até a primeira semana de agosto.

O tempo no campo pode mudar de uma hora para outra, especialmente por causa da cigarrinha.

Outra preocupação é se a produção deste ano vai compensar a falta do ano passado.

Confira a reportagem completa:

JC1

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Agro
Últimas notícias de Agro