Política

TRE-PR nega acusação de fraude que ameaçava cadeira de Santello em Cascavel

Corte votou por unanimidade negar a denúncia contra a chapa por fraude


PUBLICIDADE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) negou por unanimidade a acusação que ameaçava a vaga do vereador professor Santello (PTB) de Cascavel.

A corte julgou nesta tarde (24) improcedente o recurso que pedia a cassação da chapa de vereadores do PTB de Cascavel, nas eleições de 2020. Em primeira instância, a justiça já tinha negado a existência de fraude e arquivou a denúncia, que partiu do ex-vereador Fernando Hallberg (PDT). Agora o Ministério Público pedia a reforma da sentença e isso ameaçava a vaga de Santello na Câmara de Cascavel.

A defesa de Santello, o advogado Marcos Espínola afirmou que a candidatura laranja não existiu. Que a mulher inscrita na chapa estava grávida e por causa da covid-19 não fez campanha.


** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Política
Últimas notícias de Política