Motorista que matou três índios recebe alta e é levado para a cadeia

Cleiton Pereira Azevedo, 28 anos, estava bêbado quando dormiu ao volante

31 de agosto de 2015 | 07h48 | Atualizado há 2247 dias

PUBLICIDADE
O motorista que atropelou e matou quatro indígenas, Cleiton Pereira Azevedo, 28 anos, foi levado para a cadeia de Laranjeiras do Sul na manhã desta segunda-feira (31).

O acusado permanecia internado no hospital São José e recebeu alta por volta de 7h30.

Cleiton não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e atropelou sete índios no domingo na BR 277, no trecho da aldeia Rio das Cobras por volta de 5h30, no quilômetro 477 da rodovia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor estava bêbado quando atingiu o grupo que caminhava pelo acostamento.

Três morreram no local e a quarta vítima continua internada no hospital de Guarapuava (PR). O quinto pedestre atropelado, de 39 anos, teve lesões leves.

Na Parati havia cinco pessoas, três adolescentes, que retornavam de uma casa noturna "Beco da Folia", em Nova Laranjeiras. Eles são de Diamante do Sul.

Cleiton perdeu o controle em uma curva, invadiu a faixa e o acostamento do sentido contrário e atropelou o grupo de índios.

Todos os ocupantes do carro ficaram feridos. O teste do bafômetro feito pelo motorista apontou 0,51 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, superior ao patamar mínimo de 0,34 que resulta em crime de trânsito.

O motorista e duas adolescentes, de 14 e 15 anos de idade, foram encaminhados ao Hospital São José, de Laranjeiras do Sul. Uma outra passageira, de 19 anos, foi encaminhada para Guarapuava.

Segundo um dos passageiros do carro, o motorista dormiu ao volante. A PRF encaminhou a testemunha para a Delegacia da Polícia Civil em Laranjeiras do Sul.

Cleiton vai responder por homicídio e embriaguez ao volante.
Redação catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM

<