Escolas passam por adaptação para receberem crianças a partir de quatro anos

A secretaria de educação reconhece que há falhas, mas afirma que algumas adaptações ainda serão feitas

02 de junho de 2016 | 14h05 | Atualizado há 1730 dias

PUBLICIDADE
Ainda na porta a mochila troca de ombros. O pai passa para o filho como quem diz "daqui para frente é com você". E é mesmo, obrigatoriamente desde janeiro deste ano, crianças de quatro anos devem estar nas escolas. É dever dos pais cumprir com a obrigação e é difícil encontrar quem descorde da lei.

Para dar conta dessa nova demanda, as escolas municipais passaram a abrir turmas para dividir a responsabilidade com os Cmeis. Claro quem foram necessários algumas readequações. A didática, por exemplo, precisa ser diferente. O sistema adotado deve ser lúdico e mais prático para atrair a atenção dos alunos e dar inicio à alfabetização e não é só isso, uma mudança estrutural também é necessária.

O problema é que nem todas tem estrutura para receber este novo público. Os pais percebem que ainda há muito a melhorar.

A secretaria de educação reconhece que há falhas, mas afirma que algumas adaptações ainda serão feitas.

Além disso, as escolas que não tem condições agora não precisam receber esses alunos.

Cascavel atualmente tem 60 escolas. Todas elas têm pré II para crianças de cinco anos. Já o pré I para os pequenos de quatro anos, apenas 26 delas tem turmas.

Embora o número seja reduzido de acordo com a secretaria de educação, não há fila de espera. Cerca de três mil crianças estão matriculadas no pré I e mais de 3,5 mil no pré II.

Não existe uma fiscalização para saber se há alunos fora da sala de aula. Mas quando há denúncia, o Conselho Tutelar assume o trabalho de orientação. Ainda não foram registrados casos.
Jornal Catve 1ᵃ edição
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM