Maringá

Farmacêutico é morto pelos próprios amigos em emboscada

Os autores do crime já foram identificados e seriam amigos da vítima, que teriam matado para roubar

20/05/2018 15h55 | Atualizado em 20/05/2018 15h55
Foto: Reprodução/ Massa News
O farmacêutico Carlos Henrique Hortêncio, de 55 anos, que estava desaparecido desde o dia 9 de maio, foi encontrado morto, enterrado nos fundos da própria residência, em Maringá. Os autores do crime já foram identificados e seriam amigos da vítima, que teriam matado para roubar.

Carlos foi atraído para uma emboscada preparada por um suposto amigo, identificado como Sandro Marcelo, de 23 anos e um outro homem, identificado como Luiz Fernando Prestes da Silva, de 20 anos.

Sandro teria ligado para Carlos a fim de devolver um computador portátil que estaria emprestado. Ao chegar ao local combinado, os falsos amigos convidaram o farmacêutico para ir a um churrasco em outro bairro da cidade.

De acordo com as informações da Polícia Civil, Luiz Fernando confessou que matou o farmacêutico. Sandro o teria ajudado a amarrar e ocultar o cadáver.

Familiares e amigos estão desolados e descrevem Carlos Henrique como sendo uma pessoa generosa e gentil. Não é a primeira vez que um crime dessa natureza acontece na mesma família. Em 2015, José Hamilton Hortêncio, irmão de Carlos Henrique, foi morto durante um assalto a sua residência, também em Maringá.

Massa News