Campo Largo

Promotoria oferece denúncia contra homens acusados de matar motorista do Uber

Trio foi denunciado por latrocínio e ocultação de cadáver

12/08/2017 07h49 | Atualizado em 12/08/2017 07h49
Nesta sexta-feira (11), a 2ª Promotoria de Justiça do Foro Regional de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, ofereceu denúncia contra três homens acusados de participarem do roubo e morte de um motorista do aplicativo de transporte de passageiros Uber. O trio foi denunciado por latrocínio e ocultação de cadáver e pela prática de uma sequência de roubos.

O latrocínio ocorreu no dia 18 de julho, após os réus, acompanhados de um adolescente, solicitarem uma corrida ao motorista, de 37 anos. Ao chegar ao destino combinado, o grupo começou a agredir a vítima, que foi asfixiada com um cadarço de tênis e recebeu golpes de garrafa na cabeça que, segundo laudo do Instituto Médico Legal, causaram a morte.

Em seguida, o corpo do motorista foi abandonado num matagal. Os três homens e o adolescente levaram, então, o carro da vítima, que foi usado numa sequência de assaltos (três mulheres foram as vítimas).

Informações MPPR