Foz do Iguaçu - 12/04/2016 13h30 - Atualizado em 12/04/2016 15h34

Apenas um vereador de Itaipulândia não teve prisão decretada

Quatro funcionários da Câmara de Itaipulândia, também foram presos, entre eles um advogado

Compartilhe
Publicidade


Na Câmara de Itaipulândia apenas uma servidora comissionada, duas zeladores e um vereador continuam trabalhando.

Dos nove vereadores de Itaipulândia, oito tiveram prisão temporária decretada. Já estão presos os vereadores: Silvani Olivia Groth Mendes (PV), Marlei Kaefer (PSL), Jair Jose Escher (PR), Gelson Lautert (PR), Diacir Ferreira da Silva (PSB) e Adolfo Florencio Preis (PSB).

Quatro funcionários da Câmara de Itaipulândia, também foram presos, entre eles um advogado.

O presidente da Câmara, Vilso Nei Serena e o vereador Claudinei Vieira não foram encontrados e se não se apresentarem nas próximas horas serão considerados foragidos.

Foram duas ações simultânea, sem ligações, mas pelo mesmo motivo, farra nas diárias liberadas.

Enquanto as prisões aconteciam em Itaipulândia, policiais apreendiam documentos em Santa Terezinha de Itaipu.

Os 12 mandados de prisão e os 10 de busca e apreensão foram expedidos pela justiça de São Miguel do Iguaçu.

Entre julho de 2013 e julho de 2015, a Câmara de Santa Terezinha de Itaipu, gastou R$ 615 mil em diárias para cursos que não aconteceram em Itaipulândia, o gasto foi ainda maior, R$ 690 mil reais. Além Da prisão, os vereadores também serão afastados dos cargos.

O único vereador não investigado na cidade é Roberto Piana do PT.

Jornal Catve 1ª edição





Últimas Notícias
Beletti lamenta morte de vítimas do Chapecoense
GDE prende um dos autores do assalto à tabacaria
Prefeitura não descarta reintegração de posse no Veneza




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY