Quedas do Iguaçu

Sem-terra sai do hospital e é levado para a cadeia

Henrique Gustavo Souza ficou internado no Hospital Universitário quatro dias e foi liberado

12/04/2016 10h19 | Atualizado em 12/04/2016 12h27

O integrante do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), Henrique Gustavo Souza, que estava internado no Hospital Universitário foi liberado no início da tarde de segunda-feira (11), e levado para a carceragem da 15ª SDP. Depois Henrique passou por exames no Instituto Médico Legal (IML), de Cascavel.

Ele foi atingido por um tiro na noite de quinta-feira (7), após confronto com a Polícia Ambiental e trabalhadores rurais, em Quedas do Iguaçu. O homem foi levado para o Hospital Universitário com ferimentos graves, sem risco de morte. Ele ficou quatro dias internado e passou por cirurgia na perna, onde a bala atingiu.

O outro integrante do MST, Pedro Francelino está internado no Hospital São Lucas. Ele estava com ferimentos graves na UTI, mas nestes quatro dias foi transferido para uma ala do hospital. Ele também deve passar por uma cirurgia. Assim que receber alta será levado para a cadeia.

Henrique deverá ser ouvido na tarde desta terça-feira (12), pelo Ministério Público.