Curitiba - 27/05/2013 18h29 - Atualizado em 27/05/2013 22h03

Novo lacre de placa guarda todas as informações do veículo

Tecnologia foi desenvolvida para dificultar clonagens

Compartilhe
Publicidade


Os números são alarmantes: segundo informações do Detran, só no ano passado foram registrados 671 pedidos de troca de placa por motivo de clonagem.

Apesar dos vários casos, o Paraná ainda é um dos estados com o menor índice de fraudes. Para evitar que a situação se agrave, a Associação dos Fabricantes de Placas em parceria com o Departamento de Trânsito do Paraná, criaram um lacre que deve principalmente dificultar clonagens.

Segundo o presidente da Afaplacas, Juarez Borges Junior, a nova tecnologia, que é inédita no estado, funciona como um DNA, que contém todas as informações do veiculo.

Se o antigo só tinha o código do fabricante, esse tem até rastreabilidade. A partir do dia 1° de junho, apenas os carros novos ou aqueles que forem trocar de município devem receber o lacre azul.

Ainda segundo o presidente, o sistema é simples: o lacre vem com uma numeração e permite o controle de origem e destino de cada placa. Essas informações podem ser até mesmo escaneadas e lidas pela maioria dos aparelhos celulares.

catve.tv Curitiba




Últimas Notícias
Dia será de temperaturas amenas na região Oeste
Uma pessoa pode morrer se ficar muito tempo sem dormir?
Heinz fará recall de 22 mil embalagens de molho de tomate com pelo de roedor




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY

Maio Amarelo