Paraná

Motoristas usam acostamento na BR 116 e impedem passagem de socorristas

"Caminhoneiro poderia ter sobrevivido", diz soccorista do samu sobre infração de motoristas

29/12/2016 14h24 | Atualizado em 29/12/2016 15h38
O grande número de motoristas dirigindo pelo acostamento da BR-116 complicou o trabalho de socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em acidente que terminou com a morte de um caminhoneiro na tarde desta quarta-feira (28). O vídeo mostra a dificuldade da ambulância de passar pelos veículos para chegar até o local da colisão que envolveu duas carretas em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

As imagens foram gravadas por um socorrista do Samu, que prefere não se identificar, mas fez um desabafo. "Hoje, no acidente grave entre dois caminhões tivemos bastante dificuldade para chegar até a ocorrência por causa de pessoas bloqueando o acostamento e dificultando a nossa passagem. No local em que condutor do caminhão veio a óbito, talvez se tivéssemos passagem livre teríamos salvo essa vida", lamentou.

A vítima fatal foi identificada como Sérgio Luiz Martins, de 54 anos. Ela dirigia o caminhão de combustíveis, com placa de Paranaguá, que bateu contra a traseira de outro, carregado de fertilizantes. O motorista estava preso contra as ferragens, inconsciente e morreu por uma parada cardiorrespiratória.

Veja mais na Banda B