São Miguel do Iguaçu - 13/05/2013 12h02 - Atualizado em 13/05/2013 20h01

Operação na praça de pedágio de SMI é prorrogada

Foram mais 3 milhões de dólares apreendidos nos últimos 35 dias



Com mais de 3 milhões de dólares de mercadorias apreendidas e 180 veículos nos últimos 35 dias foi prorrogada na Praça de Pedágio de São Miguel do Iguaçu a concentração das forças policiais estaduais e federais da Operação Fronteira Blindada, coordenada pela Receita Federal de Foz do Iguaçu. A operação terminaria no domingo passado, mas ela continua pelo menos por mais uma semana.

"Pelo sucesso da operação e pelo resultado dela, decidimos prorrogar", contou Giovana Longo, auditora-fiscal da Receita Federal.

A apreensão de droga chamou a atenção, com 320 quilos, entre maconha, crack e cocaína. "Nós tomamos cuidado para ter por 24 horas a presença do cão para detectar droga e também armas e munições", disse Giovana.

Quem compra no Paraguai e gasta acima da cota, que é de 300 dólares, deve regularizar a situação já na entrada do Brasil. "Passou da cota, a pessoa deve pagar o imposto logo na aduana; ou seja, fazer a declaração de bagagem. A pessoa não pode contar com a sensibilidade do agente para não perder a mercadoria irregular. Se fossemos trabalhar com sensibilidade, era melhor ficarmos em casa. Nós somos profissionais", ressaltou a agente administrativo da RF, Josi da Silva.

Mesmo com a operação, algumas pessoas tentam burlar a fiscalização usando certas estratégias. Até no corpo tentam esconder os produtos. "Para a droga, as pessoas colocavam no corpo, mas usavam também muito fundo falso para tentar passar droga e produtos do Paraguai", destacou Giovana.



Últimas Notícias
Dupla é detida com produtos furtados de barraca de lanches
Rotam e PRE apreendem 17 caixas de relógios contrabandeados
Católicos revivem última ceia de Jesus Cristo




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - MOBILE READY