São Miguel do Iguaçu - 13/05/2013 12h02 - Atualizado em 13/05/2013 20h01

Operação na praça de pedágio de SMI é prorrogada

Foram mais 3 milhões de dólares apreendidos nos últimos 35 dias

Compartilhe


Com mais de 3 milhões de dólares de mercadorias apreendidas e 180 veículos nos últimos 35 dias foi prorrogada na Praça de Pedágio de São Miguel do Iguaçu a concentração das forças policiais estaduais e federais da Operação Fronteira Blindada, coordenada pela Receita Federal de Foz do Iguaçu. A operação terminaria no domingo passado, mas ela continua pelo menos por mais uma semana.

"Pelo sucesso da operação e pelo resultado dela, decidimos prorrogar", contou Giovana Longo, auditora-fiscal da Receita Federal.

A apreensão de droga chamou a atenção, com 320 quilos, entre maconha, crack e cocaína. "Nós tomamos cuidado para ter por 24 horas a presença do cão para detectar droga e também armas e munições", disse Giovana.

Quem compra no Paraguai e gasta acima da cota, que é de 300 dólares, deve regularizar a situação já na entrada do Brasil. "Passou da cota, a pessoa deve pagar o imposto logo na aduana; ou seja, fazer a declaração de bagagem. A pessoa não pode contar com a sensibilidade do agente para não perder a mercadoria irregular. Se fossemos trabalhar com sensibilidade, era melhor ficarmos em casa. Nós somos profissionais", ressaltou a agente administrativo da RF, Josi da Silva.

Mesmo com a operação, algumas pessoas tentam burlar a fiscalização usando certas estratégias. Até no corpo tentam esconder os produtos. "Para a droga, as pessoas colocavam no corpo, mas usavam também muito fundo falso para tentar passar droga e produtos do Paraguai", destacou Giovana.

Redação catve.tv / Foz do Iguaçu





Últimas Notícias
Grave acidente entre caminhonete e caminhão deixa um morto na PR 317
Criança de bicicleta fica ferida ao atingir caminhonete no Cataratas
Jovem motociclista se fere ao bater em traseira de carro no Maria Luíza




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY