agenda de eventos ao vivo
SÁBADO 25/10
19:00:00FC Cascavel e Nacional - final da Divisão de Acesso - ao vivo

DOMINGO 26/10
17:00:00ELEIÇÕES 2014 - CATVE E TV CULTURA DE OLHO NO VOTO
12:30:00Moto 1000 GP - ao vivo / Etapa de Curitiba
12:00:00Catve de olho no voto



Brasília - 20/08/2012 20h55 - Atualizado em 21/08/2012 18h39

Usina de Baixo Iguaçu começa a sair do papel

Ministro Lobão assinou hoje (20), contrato para construção da hidrelétrica



Os prefeitos de Capitão Leônidas Marques, Claudiomiro Quadri, e de Capanema, Milton Kafer, participaram nesta segunda-feira (20), em Brasília, da solenidade de assinatura do contrato de concessão da Usina Hidrelétrica Baixo Iguaçu. Licitada em 2008, mas com questionamentos na Justiça desde então, a obra agora deve sair do papel.

A previsão é de que a construção comece no início do próximo ano e que a hidrelétrica comece a operar em 2016. A usina de Baixo Iguaçu terá capacidade de 350 megawatts, e será construída no Rio Iguaçu entre os municípios de Capanema e Capitão Leônidas Marques. O investimento será de R$ 1,6 bilhão.

O contrato foi assinado pelo ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, e pela ministra de Relações Internacionais, Ideli Salvatti. "Lutamos há muito tempo pela construção da usina de Baixo Iguaçu. Enfrentamos dificuldades em aspectos ambientais que finalmente foram removidos. Agora poderemos trabalhar nessa obra que garantirá maior suprimento de energia à região Sul do Brasil", comemorou o ministro Lobão.

O prefeito de Capitão Leônidas Marques, Claudiomir Quadri, diz que os gestores públicos de toda a região recebem a notícia com muito entusiasmo. "É uma alegria muito grande recebermos um empreendimento dessa envergadura", destaca Quadri, lembrando que as tratativas para a liberação da obra se estendem há pelo menos oito anos. "É um investimento que movimentará toda a economia da região e do estado desde agora", completa. A expectativa é de que 3 mil trabalhadores sejam contratos para a construção da usina Baixo Iguaçu.

Para o prefeito de Capanema, Milton Kafer, a assinatura do contrato coroa de êxito todo trabalho dos municípios da região. Ele destaca a satisfação de acompanhar um projeto de geração de energia com baixo impacto ambiental. "Só temos a ganhar", comemora.

Redação Catve.tv / Brasília





Últimas Notícias
Voyage é abandonado no meio da avenida Barão do Rio Branco
Casal morre após ser baleado em casa no Centro
Bandido realiza assalto e ainda larga arma para contar dinheiro




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - MOBILE READY