Cascavel

Pregão para aquisição de dois mil módulos para ossários é fechado em R$ 192 mil

Prioridade será para o Cemitério Central, mas poderão ser comprados blocos para o Cemitério Cristo Redentor

19/05/2017 14h24 | Atualizado em 19/05/2017 15h34
O pregão, na modalidade de registro de preço, foi fechado em R$ 192 mil para a aquisição de dois mil módulos para ossários. A prioridade será para o Cemitério Central, mas também podem ser comprados blocos para o Cemitério Cristo Redentor.

O primeiro empenho será para 300 módulos, com foco em famílias que são donas de terrenos e precisam desocupar os túmulos.

Os valores ainda não foram definidos. O novo ossário é uma tentativa de amenizar a falta de vagas. Hoje, apenas o Cemitério Cristo Redentor ainda tem espaços para novos túmulos.

A porta estava aberta. Há restos mortais no chão com a proteção de uma lona e sobre pedaços de madeira. São muitos! O problema já havia sido citado nos relatórios do início da nova gestão, mas continua da mesma forma. De acordo com o superintendente da ACESC, isso seve ser resolvido com o ossário coletivo no Guarujá.

Jornal da Catve 1ª Edição