Curitiba - 12/04/2016 13h44 - Atualizado em 12/04/2016 13h44

Reunião tenta definir convívio entre integrantes do MST e Araupel

Os representantes do Movimento Sem Terra não participaram da reunião

Compartilhe
Publicidade


A reunião aconteceu na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, o Incra, em Curitiba. O ouvidor agrário nacional, Gercino Jose da Silva Filho e representantes do Ministério Público, polícia e Governo do Estado se debruçaram para discutir sobre os últimos conflitos agrários entre MST e polícia nas áreas da empresa Araupel em Quedas do Iguaçu. Hoje, o advogado da companhia trouxe uma nova proposta.

"Queremos permitir que os acampados permaneçam no local, desde que os trabalhadores possam trafegar no local tranquilamente", diz o advogado.
A ideia é buscar um convívio pacífico entre as partes até que a decisão final sobre o litígio da terra seja deferido pela Justiça.

Os representantes do Movimento Sem Terra não participaram da reunião. Mas, a proposta deve ser apresentada à eles ainda hoje.

As mortes de integrantes do MST na semana passada serão investigadas pelo Gaeco.

Jornal Catve 1ª edição




Últimas Notícias
Paraguaio suspeito de ter participado em assalto no Paraguai é preso em Cascavel
Justiça aceita denúncia contra 59 investigados na Operação Carne Fraca
Covas e o marketing eleitoral - por Hélio Duque




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY