agenda de eventos ao vivo
QUARTA 01/10
20:00:00FC Cascavel x PSTC - direto do Estádio Olímpico Regional

SÁBADO 04/10
15:30:00Nacional e FC Cascavel - direto de Rolândia



Cascavel - 07/02/2013 10h15 - Atualizado em 08/02/2013 11h55

Denúncia afirma que Câmara teria alterado regimento para aprovar IPTU

O denunciante enviou uma carta ao Gaeco que deve investigar a Câmara



No e-mail o denunciante que se intitula cidadão indignado, acusa a Câmara de Vereadores de Cascavel de ter alterado o regimento interno com a intenção de acelerar a aprovação de projetos. A denúncia diz respeito ao artigo 120. O denunciante diz que foi até a Câmara pedir esclarecimentos sobre a aprovação do aumento do IPTU, como resposta recebeu um livrinho com as normas do regimento interno, comparando o livro com o regimento publicado no Diário Oficial, percebeu uma diferença, segundo ele, no livro existe um inciso a mais que na prática daria direito aos vereadores de aprovar um projeto as pressas.

Por telefone o promotor do Gaeco, Sergio Machado, informou que recebeu a denúncia no final da tarde de ontem (06). Ele reuniu mais documentos e disse que a tendência é que o caso seja encaminhado a Promotoria do Patrimônio Público.

Os responsáveis pela elaboração e revisão do regimento, são três servidores da Câmara, sendo um deles o diretor técnico Mário Galavotti, ele nega que houve fraude e diz que se equivocou ao enviar um arquivo errado para a gráfica.

"Na época a mesa diretora da Câmara, pediu para que eu e mais dois servidores da casa fizéssemos uma consolidação do regimento interno, e a redação do regimento havia muitos erros e fizemos a consolidação com todas as correções. Foram feitas uma parte do regimento interno com a revisão e a parte final para ser deliberada em plenário", diz Mário.

Segundo ele o erro foi percebido e comunicado a mesa diretora da época, mas nada foi feito.

O atual presidente da Câmara, Márcio Pacheco, informou em entrevista coletiva que até então desconhecia o erro no Regimento Interno, mas que a partir de agora todas as orientações da Promotoria Jurídica da Câmara serão seguidas para investigar o caso.

Na Câmara alguns computadores já foram apreendidos pela Procuradoria da Casa de Leis para análise.


Redação catve.tv

CLIQUE AQUI E VEJA A ENTREVISTA DE LUIZ NARDELLI COM ITACIR GONZATTO DIA 29/01/2013




Últimas Notícias
Produtores rurais ficam 16 horas sem energia elétrica
Motociclista se fere em acidente no bairro Universitário
Jovem fratura punho ao cair de bicicleta no Parque dos Ipês




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - MOBILE READY