13/06/2013 17h02

Bombom com larvas comprado em uma lanchonete no Parque São Paulo

Compartilhe


O internauta Carlos Alberto Fiori Jr, que foi presenteado ontem com teias de aranha em um bombom comprado em um posto de combustíveis, encaminhou para essa coluna o vídeo feito há alguns anos, em que comprou um bombom na época em uma lanchonete no bairro Parque São Paulo, e pasmem, ao abrir as larvas "saíam" sossegadas de dentro do doce.

Confira as imagens.



13/06/2013 15h42

Bombom comprado em posto de combustível com teias de aranha

Compartilhe


Não são raras as vezes que consumidores encontram "incrementos" em alimentos, principalmente bombons e barras de chocolate.

SURPRESA
O internauta do Catve.tv Carlos Alberto Fiori Jr., comprou um bombom ontem (12) em um posto de combustíveis localizado na Avenida Carlos Gomes, em Cascavel e ao chegar em casa encontrou uma surpresa "non grata". O chocolate estava coberto por teias de aranha.

REDE SOCIAL
Ele tirou uma foto, postou nas redes sociais e demonstrou sua indignação com o produto.

SURPRESA II
Logo mais vamos publicar o vídeo que o mesmo internauta fez há algum tempo, em que comprou um bombom em uma lanchonete com larvas dentro.



13/06/2013 14h40

"Dedo duro" da Câmara de Cascavel, apronta mais uma para seus colegas

Compartilhe


É fato que o servidor da Câmara de Cascavel com o nome de Walmir, servidor concursado da guarda Patrimonial (vigia), parece que está disposto mesmo a encarar seus colegas da Câmara. Há dias ele vem denunciando através de ofícios, bem elaborados diga-se de passagem, servidores que exercem cargos de confiança no Legislativo.

DELEGACIA
As denúncias feitas pelo senhor Walmir ao presidente da Câmara, Márcio Pacheco e para alguns vereadores, rendeu a ele um Boletim de Ocorrência (BO) na 15ª SDP e abertura de sindicância na Câmara. Na semana passada ele foi ouvido na Delegacia e pelos membros da Câmara de Vereadores, a oitiva da sindicância, durou cerca de 4 horas.

AJUDA INTERNA
O que ele relatou no inquérito na Polícia, não se tem conhecimento, na sindicância ainda não foi fechado o relatório, mas uma coisa é tido como certo. Existe alguém que está redigindo os textos e formatando as denúncias, pois, o relatado nas denúncias, são simplesmente boatos e comentários e o que ele ouviu falar, mas o servidor utiliza de papel timbrado do Legislativo para elaborar os ofícios e um texto sem colocar ou tirar uma palavra, o que é muito para um guarda patrimonial.

PERGUNTA?
Presidente Márcio Pacheco e diretor da Câmara? Neste momento de corte de gastos que o Legislativo passa, até canetas os vereadores estão comprando do próprio bolso, como é que "um guarda patrimonial" tem materiais gráficos disponível para uso particular? Onde está sendo impresso os ofícios com papel timbrado da Câmara? Vigia tem o direito de ter "impressora, computador e materiais gráficos" no exercício de suas funções? Reservo o direito ao presidente e ao diretor para responder esses questionamentos.

FIM DE SEMANA
No sábado, a Ascamvel - Associação dos Servidores da Câmara Municipal de Cascavel, havia reservado o plenário da Câmara para Assembleia de prestação de contas da entidade. Tudo formulado conforme o estatuto, inclusive solicitado com oficio e protocolado na secretaria da Câmara o pedido de uso do plenário para realizar a Assembleia. Inicio marcado para as 9:00 horas.

GUARDA IMPEDE
Mais nem tudo parece ser como representa: Ao chegar na Câmara os servidores e a diretoria da Ascamvel para realizar a Assembléia, eis que o guarda patrimonial (aquele mesmo das denúncias) impediu que estes utilizassem o eespaço previamente reservado e autorizado pelo diretor Geral da Câmara. Neste momento a confusão foi armada, porém, irredutível o guarda Walmir não obedeceu ordens da Presidência da Câmara e não deixou que a Assembleia fosse realizada.

ESTACIONAMENTO
Para finalizar todo o imbróglio, diretores da Ascamvel e servidores presentes, fizeram a Assembleia no estacionamento da Câmara. Documentos em "capô de carro" foram colocados para realizar a Assembleia.

SÁTIRA E MAIS OFÍCIO
Na segunda-feira, não contente com tudo o que "aprontou", o vigia patrimonial, Senhor Walmir, elaborou outro ofício com papel timbrado da Câmara, e, encaminhou ao presidente da Câmara, Márcio Pacheco, relatando os fatos. Tudo certo se no bojo do ofício com papel timbrado da Câmara, este não tivesse satirizado os diretores da Ascamvel. Neste contexto todo, vemos com tristeza que além de utilizar de materiais gráficos da Câmara, computador e impressora, este cidadão ainda quer se passar por um "cuidadoso" do erário.

PROCESSO
Com mais esta atitude, diretores da Ascamvel e servidores, deverão colocar mais um processo de crime contra o servidor Walmir. O caso deverá ser resolvido na Justiça. Ele tendo de provar o que denunciou, demonstrar o porque de esbanjar materiais gráficos da Câmara com assuntos particulares, e quem está por detrás disso tudo. Ajudando o na redação dos ofícios, e imprimindo estes documentos. Presidente Marcio Pacheco, isto é normal?



12/06/2013 15h49

Comissão de Economia e Finanças, abre as portas para reuniões

Compartilhe


A comissão de Economia e Finanças da Câmara de Vereadores de Cascavel, composta pelos vereadores, Luiz Frare (PDT), Claudio Gaiteiro (PSL) e Walmir Servignini (PSD), depois de ser severamente criticada por estar se reunindo sem data e hora marcada, além de fazer as reuniões a portas fechadas, com suspeita de que as análises estavam sendo feitas por pessoas que não pertencem aos quadros de servidores da Câmara, resolveu:

PORTA ABERTA
A Comissão de Economia e Finanças se reuniu hoje pela manha, no gabinete do vereador Luiz Frare, desta vez com a "PORTA ABERTA" e com a presença do advogado designado para auxiliar nas análises. A pessoa suspeita de até agora exarar pareceres, esteve na Câmara, mas não participou da reunião. Também não participou da reunião o vereador Walmir Servignini (PSD).

SIGNIFICADO
Tudo isso tem um significado, os vereadores membros da comissão de Economia e Finanças, parece que assimilaram as críticas da imprensa local e perceberam que "ESTÃO" vereadores e não donos vitalícios dos cargos que a eles foram atribuídos, o de ser representante da população com transparência nos atos Legislativos. Parabéns pela atitude de abrir as portas para as análises dos projetos!



12/06/2013 15h27

Partido Político não respeita vaga de estacionamento reservada para "de

Compartilhe


Cascavel mesmo com a pujança no desenvolvimento sócio econômica, ainda vive as margens daqueles que por estar em um Partido Político, pensa que tem o "poder" de fazer e desfazer sobre as Leis que eles mesmos criam.

A FOTO
A foto que estamos publicando, foi enviada a este colunista pelo leitor do portal catve.tv, Maicon da Cunha Cantelli.

"FAZENDA ILUMINADA"
Cascavel que virou chacota nacional com a Lei dos "fraldões" para cavalos, emplacamento de carroças, e até aulas para condutor de veículo animal para dirigir dentro da lei seus "pangarés" ao puxar carroças. Cascavel que tem projeto para ser apreciado na Câmara para "chipagem" - colocação de chip em cachorros de rua e de "madames". Esta Cascavel também tem seus motoristas, membros de partidos, políticos que não se interessa pelo próximo, não se interessa pela população, o importante é saber que tem o "poder" de fazer e desfazer. O resto, bem o resto, fica por conta do apelido de nossa cidade. Continua "uma fazenda iluminada"!



12/06/2013 14h53

Curso em Curitiba para Assessores de Câmaras e Vereadores

Compartilhe


Vereadores de Cascavel se articulam para para participarem de curso em Curitiba. A Convite do ISAP (Instituto Sul Brasileiro de Administração Ltda - ME) com sede em Toledo/PR, Rua Raimundo Leonardi, nº 1417, Complemento Sala 12B, CEP- 85.900-110, o Curso terá várias palestras, como administração pública e Técnica Legislativa.

NA CAPITAL
O que gerou e vem gerando conversas nos corredores da Câmara de Cascavel, é o porque do curso ser realizado em Curitiba. Como muitos cursos "mandraques" desta natureza já foram denunciados na mídia, ao receber os convites, vereadores de Cascavel estão com um pé atrás quanto em aceitar ou não. Até para indicar seus assessores, estão tendo dificuldades.

CUSTO
Para cada inscrito, a Câmara terá de pagar R$ 350,00 de taxa de inscrição e mais as despesas de estadia e refeições em diárias. Não temos nada contra o aperfeiçoamento de nossos vereadores e assessores Legislativos, porém, é dever nosso, deixar aqui o repúdio sobre os gastos que teremos com diárias e taxa de inscrição, principalmente neste momento em que a Câmara de Cascavel passa por recuperação de credibilidade. Investir em treinamento e aperfeiçoamento de assessores nomeados é no mínimo jogar dinheiro fora!



11/06/2013 06h45

Cunha Júnior, Hélio Nethson, Paulo Carlesso e Luiz Carlos Marcon, agora

Compartilhe


Após cinco meses de gestão, e com os cortes nos gastos com folha de pagamento para recompor o limite prudencial da folha de pagamento da prefeitura de Cascavel, o prefeito Edgar Bueno, nomeou mais quatro secretários e pagará integralmente o salário dos demais secretários retroativos a primeiro de junho.

PELA METADE
Os secretários que até o mês de maio recebia salários pela metade, tudo para ajudar no corte de gastos com a folha de pagamento, tem motivo para sorrir! no próximo mês, receberá salário integral referente ao mês de junho. Mais de R$ 12 mil.

OS QUATRO
Conforme a coluna já havia antecipado, foram nomeados ontem os secretários: Paulo Carlesso, Secretaria do Meio Ambiente. Hélio Nethson, Presidente da Cohavel. Luiz Carlos Marcon, Secretaria de Agricultura e João Cunha Junior, presidente da Fundetec.

FOTO: João Cunha Júnior com o prefeito Edgar Bueno (assessoria)



10/06/2013 15h59

Comissão de Economia e Finanças da Câmara, se reúne a portas fechadas

Compartilhe


Uma das duas Comissões mais ativa na Câmara Municipal de Cascavel é a de Economia e Finanças. Porém, não segue o rito de fazer as reuniões para deliberar pareceres de projetos em audiência aberta ao público e a imprensa.

Portas fechadas
A comissão sequer utiliza os trabalhos dos advogados da Câmara, designados para acompanhar as reuniões de deliberações dos pareceres de projetos.

Sem data e horas
Não se sabe quais os dias da semana e que horário a Comissão se reúne. Os membros desta tão importante Comissão, parece não estar nem aí para com a imprensa e população.

Quem é?
Ainda que os vereadores membros da Comissão de Economia e Finanças tenham dado pareceres nos projetos, o que levanta suspeita é porque não utilizar o método de audiência aberta nas reuniões. Também porque dispensar os trabalhos dos advogados da Câmara que recebem para ajudar nos pareceres. Quem é que está por de traz disso tudo? Talvez "Freud" possa explicar, porque este colunista aqui, ainda não consegue!!! Quem é o cara que dá os pareceres!



10/06/2013 15h41

Novos fatos podem mudar rumo da CPI das Pedras

Compartilhe


Falso testemunho

A CPI das Pedras instalada na Câmara de Vereadores de Cascavel continua ouvindo os envolvidos na retirada das pedras da BR 163 que foram utilizadas no aeroporto quando na revitalização daquela obra. Mas nem tudo é real, é verdadeiro. Para surpresa dos membros da CPI, apareceu um "gaiato" e no seu depoimento, direcionou para um novo fato. As pedras não foram utilizadas somente no aeroporto, declarou o depoente. Foi descarregada também na SRO (Sociedade Rural do Oeste do Paraná). Novo fato, novos rumos.


Não há pedras

Durante a semana, os membros que compõe a CPI das Pedras foram até a SRO para verificar as informações do depoente. Nada foi constatado. Não havia pedras da BR 163 depositadas e tão pouco utilizadas pela Sociedade Rural. E agora? O depoente que assegurou ter visto descarregar caminhões naquele local, mentiu? Se mentiu, quais as sanções que serão tomadas contra este cidadão que se utilizou de uma CPI para atender pedido "escuso" de alguém que possui divergência com a administração municipal? Quem responderá por este falso testemunho?



06/06/2013 16h46

Câmara de Cascavel paga Instituto, mas SENHA de acesso, SUMIU !!!

Compartilhe


Chegou ao conhecimento do Diretor Legislativo da Câmara de Cascavel esta semana, que a Casa de Leis possui um contrato com o IBAM (Instituto Brasileiro de Administração Municipal) para que seja pesquisados, todos os projetos de Lei, análises e pareceres técnicos de projetos que tramitam no Legislativo cascavelense. Uma espécie de "JURISPRUDÊNCIA" sobre fatos já ocorridos em outras Câmaras Municipais de todo o País.

CONTRATO VENCIDO
Pois bem, agora explicaremos o fato: O contrato que custa aos cofres do Legislativo, mais de R$ 4 mil anual, terminou, então, o IBAM, contactou com o Diretor Legislativo para renovar o contrato, uma vez que para se inteirar de assuntos referentes a elaboração de projetos, dar pareceres e análises técnicas, são, e, estão sendo pesquisados junto a página do IBAM na Internet, argumentou o representante do instituto ao Diretor Legislativo.

SENHA DE ACESSO
Para surpresa de Diretor Legislativo e do Procurador da Câmara, a SENHA DE ACESSO, não foi repassada ao servidor que utiliza estes dados para pesquisas junto ao Site do IBAM. Apesar de haver suspeita de uso, já que o representante do IBAM alega que está sendo utilizado, ninguém sabe, ninguém viu. Mesmo os servidores que trabalham com este mecanismo dentro da Câmara, desconhece o número da SENHA. Portanto, não fizera uso dos serviços do Instituto neste quesito de pesquisas, este ano.

IBAM
Instituto que possui em seus arquivos, projetos, pareceres de comissões de assuntos ligados a Administrações Públicas Municipais de todo o País. Pesquisas são feitas para nortear os projetos que são elaborados e que possui "JURISPRUDÊNCIA" em algum outro Município. O serviço de pesquisa é feito para que não ocorra erros em dar pareceres ou elaborar projetos que no futuro, podem acarretar em prejuízo ao Município.

LEVANTAMENTO
Depois que a Câmara de Cascavel tomou conhecimento sobre algo que está sendo pago, mas que não está sendo utilizado por ela, já que a SENHA SUMIU, foi dado a ordem parta buscar Junto ao Instituto (IBAM) quem e quantos acessos foram feitos este ano. Há suspeita de que a Câmara está pagou contrato para uso de algum servidor ou ex-servidor se beneficiar com as pesquisas e assim, se locupletar com o erário.



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY

Maio Amarelo