16/08/2013 17h40

Almoço em churrascaria para discutir verbas do Fundeb em Cascavel

Compartilhe


Hoje (16) o secretário de Educação do município de Cascavel, Valdecir Nath, reuniu em uma churrascaria da cidade cerca de 20 servidores da Educação, para discutir verbas e assuntos referentes ao Fundeb. Na reunião o que se viu foi conversas fora do contexto, e, uma boa degustação das guloseimas que a churrascaria oferece aos seus clientes.

VEREADOR CRÍTICO
O vereador Rui Capelão (PPS), crítico contumaz da atual administração pública municipal estava presente e também degustando o belo almoço oferecido para que pudessem discutir as questões do Fundeb.

A CONTA
Os comentários em volta da grande mesa onde o almoço estava sendo realizado eram de que, quem pagaria a conta, pois um almoço em espeto corrido nesta churrascaria não sai por menos de R$ 35,00 a cabeça. Então fica o questionamento: o vereador Rui Capelão e os demais servidores da Educação se submeteram a almoçar e receber ainda de cortesia o pagamento de suas refeições?



15/08/2013 17h43

Loteamento Curitiba gera devolução de R$ 4,3 mi ao Estado por parte de

Compartilhe


Atendendo a apelação ajuizada pela Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público da capital, a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná condenou o ex-governador Jaime Lerner, e outros dois requeridos, a pagar indenização ao Estado no valor de R$ 4,3 milhões, devidamente corrigidos, além de outras sanções.

O acórdão reformou sentença proferida em primeira instância, em ação civil pública por ato de improbidade administrativa, que havia absolvido os réus, reconhecendo que o ex-governador, então no exercício do cargo, deferiu o pagamento indevido de indenização no valor de R$ 40 milhões em favor de Antonio Reis, mesmo tendo sido alertado sobre inúmeros vícios e óbices ao pagamento. A indenização teria sido paga em função de alegado ato de exceção durante o regime militar, quando cerca de 200 lotes no município de Cascavel teriam sido expropriados. A autorização para pagamento da indenização foi feita em 26 de dezembro de 2002, cinco dias antes do término do mandato do governador, com base em Emenda Constitucional Estadual (n. 14) cuja legalidade o próprio Governo do Estado questionava judicialmente em ação direta de inconstitucionalidade. Além disso, não existia comprovação do domínio dos terrenos e havia parecer contrário ao pagamento da indenização emitido pela Procuradoria-Geral do Estado.

Em um dos trechos, o acórdão do TJ-PR traz a seguinte afirmação: "(...) tem-se que há no caderno processual um conjunto robusto de provas apontando que o ex-Governador agiu com grave desídia ao deferir o pagamento de indenização pleiteado por ANTONIO REIS, o que permite o enquadramento da sua conduta no artigo 10, caput e inciso XII da Lei de Improbidade Administrativa. (...) No caso sub judice, dúvida não há de que a desídia grave do apelado JAIME LERNER concorreu para a prática do ato lesivo ao erário, pois ao deferir a indenização pleiteada, agiu com falta de cuidado e cautela, de forma imprudente".

O ex-governador foi condenado a ressarcir o dano causado ao erário solidariamente com os demais réus, no valor de R$ 4,3 milhões, devidamente corrigido, acrescido de perda da função pública (se tivesse), suspensão dos direitos políticos por cinco anos e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

Antonio Reis e José Marcos de Almeida Formighieri, além do ressarcimento integral do dano causado ao erário, solidariamente com o apelado Jaime Lerner, foram condenados à perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco anos; pagamento de multa civil no valor de 5% do valor do dano causado ao erário, devidamente atualizado e corrigido; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios por três anos.



15/08/2013 12h04

Secretário do Estado, Ratinho Júnior participa neste momento de reunião

Compartilhe


O deputado federal e no momento secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Ratinho Júnior (PSC) está neste momento reunido com prefeitos da AMOP (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná), discutindo projetos com os prefeitos que venha a desenvolver os municípios da Região.

IFPM e Asfalto
Na pauta, consta a discussão do IFPM dos município, que teve repasses baixados pela presidente Dilma Roussef e entendimento de aumentar a pavimentação asfáltica nos municípios, debatendo técnicamente a redução da espessura da camada asfáltica de 7 cm para 4 cm.

Técnica
Segundo Ratinho Junior, este projeto de aumentar a pavimentação asfaltica com a redução dos centímetros da massa asfaltica, é uma questão técnica e que já vem sendo discutido com os prefeitos. Para ele, não se pode construir asfalto "casca de ovo", porém, alimenta a esperança aos prefeitos de que, tecnicamente é possível construir mais asfalto nas ruas dos municípios, com a mesma verba.

Diretores
O secretário Ratinho Junior (PSC), chegou na AMOP, acompanhado de alguns diretores da secretaria (SEDU), como Ortega e Cláudio Stábille. O Deputado Estadual, Leonaldo Paranhos (PSC) também participou da discussão da AMOP, representando a Região.Leonaldo Paranhos veio junto com a comitiva do Secretário Ratinho Junior!



15/08/2013 11h49

Título de Cidadão Benfeitor do Oeste vira impasse entre prefeitos da AM

Compartilhe


Discutido nesta manhã na AMOP (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) entre ops prefeitos da Região este, o nome para entrega da Comenda de Cidadão Benfeitor do Oeste, porém, não se chegou ao consenso.

Títularidade
O título de Cidadão Benfeitor do Oeste é dado ao político que no exercício das funções eletivas, trouxe verbas aos municípios para o desenvolvimento.

Ano passado
A comenda no ano passado foi dada a Senadora Gleisi Hoffmann (PT), atualmente Ministra da Casa Civil do governo Dilma, pelos trabalhalhos prestados e verbas para o desenvolvimento da Região Oeste.

Nomes discutidos
Hoje (15), durante a discussão foram colocados os Nomes do Governador Beto Richa (PSDB) pelo prefeito em exercício de |Cascavel, Mauricio Theodoro (PSDB). Nome do deputado federal, Dilceu Sperafico (PP) e do deputado estadual, Duílio Genari (PP).

Política
Os nomes não foram aceitos, visto haver eleição no próximo ano e , uma comenda dada neste momento a políticos que buscam candidaturas, pode ser prejudicial para um ou outro partido, e assim, a AMOP demonstrar lado no processo eleitoral no ano que vem.



14/08/2013 14h41

Exoneração do gerente do RH da Câmara de Cascavel, gera expectativa ent

Compartilhe


A exoneração do gerente do Recursos Humano (RH) da Câmara Municipal de Cascavel, Emerson Rozentalski, no cargo há mais de 20 anos, sempre exercendo cargo de confiança, está sendo motivo de preocupação aos demais servidores, concursados e nomeados.

APREENSIVOS
É conversa corrente dentro do Legislativo que a exoneração repentina do gerente do RH, feita na segunda-feira, quando este voltou da licença, pode gerar problemas na elaboração da folha de pagamento deste mês.

SISTEMA
Segundo as conversas, o sistema do RH é informatizado, porém, é integrado com a contabilidade, finanças e Tribunal de Contas do Estado. Os rumores ainda são de que, a Câmara de Cascavel, mesmo contando com mais de 180 servidores nomeados e concursados, não possui servidor apto a assumir o comando do RH, uma vez que, o gerente Rozentalski foi exonerado sem que a administração da Câmara, tivesse designado alguém que pudesse acompanhar os trabalhas e assim, saber como fazer os lançamentos e gestionar o RH de acordo com o sistema informatizado que possui.

ROLO, CONFUSÃO E COISARADA
Toda mudança gera expectativa, mas esta que ora acontece na Câmara, é que vai dar muito ROLO, CONFUSÃO E COISARADA.. Sem falar no processo que a Câmara deverá responde, já que comentários dão conta que ele vai entrar na Justiça para que seja reparado os danos que lhe foram causados.



13/08/2013 16h23

Resolução da CPI das Pedras foi aprovada por 14 votos favoráveis e três

Compartilhe


A resolução da CPI das Pedras em que indicava o arquivamento das investigações, devido dois membros da comissão, Presidente vereador Cláudio Gaiteiro (PSL) e Membro vereador Paulo Bebber (PR) terem votados em separados e rejeitado o relatório do Vereador Relator Paulo Porto (PCdoB), foi aprovada por 14 votos favoráveis ao arquivamento e três contrários.

INCOMPETÊNCIA
O presidente da Câmara, Marcio Pacheco, usou a tribuna (como vereador) no final do debate sobre a resolução, e citou o vereador presidente da CPI, Claudio Gaiteiro de incompetênte quanto ao desenrolar dos trabalhos da CPI. Citou também que um ex-servidor exonerado por ele - Marcio Pacheco - é quem elaborou o segundo relatório e que, foi mote de rejeição por ele, Márcio, por não seguir o rito Regimental da Câmara de vereadores. Os ânimos se exaltaram, mais tudo ficou como "Dantes, no quartel de abrantes!".



13/08/2013 15h00

Prefeito de Cascavel Edgar Bueno e o vice Mauricio Theodoro são absolvi

Compartilhe


Com (5) votos contra dos membros da Corte do TRE: Doutor Marcos Roberto Araújo dos Santos, Doutor Josafá Antonio Lemes, Doutor Jean Carlo Leeck, Desembargador Edson Luiz Vidal Pinto, Doutor Marcos Araújo e (1) favorável a cassação do mandato de prefeito de Cascavel Edgar Bueno (PDT) e do vice, Mauricio Theodoro (PSDB): Relatora Doutora Renata Estorilho Baganha, a Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná, absolveu o Prefeito e o vice do processo impetrado pela coligação ?A Cascavel Que Queremos Inclui Você? pedindo a cassação por entender que a Coligação do prefeito eleito ?Cascavel é Minha Vida?, se utilizou de caixa II no processo eleitoral do ano passado. A coligação do candidato derrotado a prefeito, Professor Lemos (PT) e do vice Walter Parcianello (PMDB), autora o processo de denúncia de caixa II na campanha de prefeito, deverá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já em seguida, assegurou o advogado da coligação.



13/08/2013 14h37

O Julgamento termina com UM voto favorável a cassação e CINCO contra a

Compartilhe


Placar no TRE é de CINCO a NÃO cassação e UM a favor a cassação!!!

1 - Relatora Doutora Renata Estorilho Baganha (votou SIM, pela cassação)

2 - Doutor Marcos Roberto Araújo dos Santos (votou pela NÃO cassação)

3 - Doutor Josafá Antonio Lemes (Votou pela NÃO cassação)

4 - Doutor Jean Carlo Leeck (votou pela NÃO cassação)

5 - Desembargador Edson Luiz Vidal Pinto (Votou pela NÃO cassação)

6 - Doutor Marcos Araújo (votou pela NÃO cassação)



13/08/2013 14h12

Começou no TRE o julgamento do prefeito Edgar Bueno e Mauricio Theodoro

Compartilhe



7 - Presidente Desembargador Rogério Coelho

1 - Relatora Doutora Renata Estorilho Baganha (votou SIM, pela cassação)

2 - Doutor Marcos Roberto Araújo dos Santos (votou pela NÃO cassação)

3 - Doutor Josafá Antonio Lemes (Votou pela NÃO cassação)

Desembargador Edson Luiz Vidal Pinto
Doutor Jean Carlo Leeck
Doutor Marcos Araújo



13/08/2013 13h54

Resolução da CPI das Pedras será votado hoje na Câmara de Veeadores de

Compartilhe


Em única discussão e votação o Projeto de Resolução nº. 15/2013 - que determina o arquivamento do inquérito realizado pela Comissão Parlamentar de Inquérito proposta pelo Requerimento nº. 26/2013, conhecida como ?CPI
das Pedras?. (Autor - Claúdio Gaiteiro, Paulo Dileto Bebber e Paulo Porto).



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY