10/09/2013 18h15

Comunicado

Compartilhe


A coluna retifica que a reunião entre o prefeito Edgar Bueno e o secretário de Saúde do Estado, Michele Caputo, programada para amanhã (11), foi cancelada e ocorrerá na próxima quarta-feira (18), em Curitiba. O assunto a ser tratado continua sendo o mesmo.



10/09/2013 17h41

Prefeito Edgar Bueno viaja amanhã à Curitiba para se reunir com o Secre

Compartilhe


Depois de antecipado aqui no Portal de que o prefeito de Cascavel estará na Capital amanhã ? quarta-feira (11) - em reunião com o secretário de Saúde do Estado, Michele Caputo, o alcaide não teve como negar os motivos que o levaria a Capital.

CLINICA DE RECUPERAÇÃO
Mesmo timidamente e um pouco exaltado com este colunista, o prefeito respondeu a imprensa hoje a tarde os motivos que o levarão a Curitiba. Segundo ele, a reunião com Michele Caputo, tem o objetivo de firmar acordo de verbas para serem aplicadas na Clinica de Recuperação de Dependentes Químicos de Cascavel - antigo Cetrad -, em parceria com o Estado, conforme convênio já realizado.


PARCERIA
O Estado entra com verbas para equipamentos, o município com a estrutura física que já está pronta, (antigo seminário). Quanto aos números de servidores que deverão ser contratados, o prefeito enfatizou que neste primeiro momento, a contratação dos profissionais para atender a Clinica, será feita através do CISOP - Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste do Paraná. Já que atenderá pacientes dos municípios que tem a cobertura do CISOP.

HOSPITAL MUNICIPAL
O prefeito nas atribuições que lhe cabe, também falou sobre a possível liberação de verbas do Estado para construção do primeiro módulo do Hospital Municipal ? promessa de campanha. Edgar Bueno não entrou muito em detalhes, porém, não negou que o encontro com o secretário de Saúde do Estado, Michele Caputo, tem a finalidade de discutir o Hospital Municipal da Zona Norte.



10/09/2013 16h55

Cascavel deverá gastar cerca de R$ 15 mil/mês para manter UPA Pediátric

Compartilhe


Finalmente a novela de mudanças das UPAs de Cascavel terminou. Hoje (10) o prefeito, Edgar Bueno, se reuniu com o proprietário do Hospital Santa Catarina, Rogério Lunardelli e o acordo foi firmado para que a UPA Pediátrica continuasse no Hospital.

Divulgação
Apesar coluna já ter antecipado o acordo, o prefeito deu entrevista hoje a tarde aos outros meios de comunicação para divulgar o acordo oficialmente. O prefeito declarou que o acordo para que a UPA Pediátrica continuasse atendendo os usuários no Hospital Santa Catarina, teve algumas alterações:
1- Reforma geral na estrutura física no local onde está destinado para atendimento a UPA Pediátrica.
2- Mais espaço físico para um melhor atendimento dos servidores e da população.
3- Entrada exclusiva para os pacientes que serão atendidos pela UPA Pediátrica, separando a recepção e entrada dos demais pacientes do Hospital.
4- Fica por conta do Município arcar com as despesas do espaço utilizado pela UPA Pediátrica como: energia, água e esgoto, oxigênio dentre outros serviços.

Continuação
Com o acordo firmado, o prefeito declarou que os usuários das outras três UPAs, continuarão sendo atendidos normalmente, já que não haverá mudanças.

UPA III
Quanto a UPA III do Jardim Veneza, o prefeito declarou que assim que o governo federal liberar os R$ 500 mil de verbas para compra dos equipamentos, abrirá as portas.



10/09/2013 13h56

UPA Pediátrica de Cascavel, continua no Hospital Santa Catarina

Compartilhe


Reunião nesta manhã entre o prefeito de Cascavel Edgar Bueno (PDT) com o novo proprietário do Hospital Santa Catarina, Rogério Lunardelli, ficou acertado que a UPA Pediátrica continua funcionando no Hospital.

Especulação
Depois de muito "disse me disse" na rodas de conversas e na mídia como um todo, informações eram de que a UPA Pediátrica seria transferida do Santa Catarina para a UPA II, Jardim Brasília. Deste modo a população da Zona Norte ficaria sem a Unidade de Pronto Atendimento, tendo assim, de se deslocar para o UPA I - Alto Alegre, ou para o UPA III - Jardim Veneza - isso quando a prefeitura inaugurar aquela Unidade.

Desfazimento
Nesta manhã, o prefeito reunido com o empresário Rogério Lunardelli, acertou os detalhes e a UPA Pediátrica continuará funcionando na estrutura do Hospital Santa Catarina. Porém, a prefeitura exigiu uma reforma geral nas instalações e na estrutura física do local, o que foi prontamente atendido pelo empresário.

UPAs continuam no mesmo local
Com a situação da UPA Pediátrica resolvida, o prefeito anunciou que as UPAs- I - II e III funcionarão nos mesmo locais, sem a necessidade da população ter a preocupação de se deslocar para outras unidades de saúde. Tudo continua como dantes no quartel de Abrantes. Todavia, é bom lembrar o prefeito que a UPA III, apesar de estar pronta, mesmo em situação precária na estrutura física, precisa entrar em funcionamento.



09/09/2013 23h05

Governo do Paraná e Município de Cascavel terão reunião para tratar da

Compartilhe


A promessa de campanha do prefeito Edgar Bueno (PDT) em construir o Hospital Municipal na Região Norte, pode se tornar realidade ainda esta semana. Fonte palaciana da Capital do Estado informou este colunista há pouco que está agendada uma reunião entre o prefeito de Cascavel, Edgar Bueno com o governador Beto Richa (PSDB) para quarta-feira no Palácio Iguaçu quando deverão assinar o convênio.

VERBA ESTADUAL
Segundo as informações, o governo do Estado vai liberar R$ 3 milhões e o Município entrará com a contrapartida de cerca de R$ 2,5 milhões. Entretanto, a mesma fonte informou que o Secretário do Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, está trabalhando no intuito de liberar R$ 4 milhões.

PRIMEIRO MÓDULO
Com cerca de R$ 6 milhões é possível construir o primeiro módulo do Hospital Municipal da Região Norte de Cascavel, asseguram os técnicos do Estado e Município.

TRÊS LOCAIS
O prefeito viaja a Curitiba com o mapa de três locais onde poderá ser edificado o primeiro módulo do Hospital Municipal. O primeiro é onde hoje possui o MOLIVI - uma clinica de recuperação de dependentes químicos no Bairro Periolo. O segundo no Loteamento onde está sendo construído o IFPR, proximidade do Bairro Floresta. O terceiro é uma área próxima do UPA II, para não dizer ao lado. Só que esta área dependerá de desapropriação.



09/09/2013 10h38

Legislatura de 2013 gasta 2,83% menos por vereador do que gastou no mes

Compartilhe


Depois de divulgado pela Câmara matéria sobre os gastos por vereador nesta Legislatura, comparado com a Legislatura do ano passado, demonstramos acima o verdadeiro comparativo de gastos da Câmara de Vereadores de Cascavel. Comparativo do 1º semestre de 2012 com o 1º semestre de 2013. Vale lembrar que no mês passado a assessoria da Câmara, divulgou matéria comparando o 2º semestre de 2012 com o 1º semestre de 2013. Ainda que a economia nesta legislatura é fato, se comparado quanto custa um vereador ao município, somado todas as despesas do legislativo e dividido pelo número de vereadores.

MÊS 2012 GASTOS
Janeiro 687.794,71
Fevereiro 673.012,47
Março 628.350,07
Abril 668.350,54
Maio 677.540,77
Junho 674.902,93
Total 1º Semestre/2012 - 4.009.951,49

MÊS 2013 GASTOS
Janeiro 146.667,14
Fevereiro 858.615,46
Março 1.623.148,33
Abril 896.175,79
Maio 934.703,48
Junho 1.000.145,30
Total 1º Semestre/2013 - 5.459.455,50


Despesas de janeiro a junho/2012
R$ 4.009.951,49 dividido por 15 vereadores R$ 267.330,67

Despesas de janeiro a junho/2013
R$ 5.459.455,50 dividido por 21 vereadores R$ 259.974,48

Diferença do 1º semestre do ano de 2012 comparado ao 1º semestre do ano de 2013.
A Câmara de Cascavel gastou a mais em 2012 R$ 7.356.19

RESUMO
No ano de 2012 a Câmara Municipal de Cascavel gastou por vereador, 2,83% a mais do que gastou no mesmo período de 2013. A matéria serve para que a população tome conhecimento da ?VERDADE? sobre os gastos da Câmara. Isto mostra que a manipulação da notícia realizada pela assessoria da Câmara durante o mês passado, não é verdadeira no quesito de que a Câmara economizou cerca de 33% de verbas em despesas (por vereador). Vale lembrar que a Câmara manipulou um comparativo para chegar a economia de 33% por vereador, utilizando cálculos dos gastos contabilizados do 1º semestre de 2013 com os gastos 2º semestre de 2012. O comparativo feito pela Câmara, não demonstra a realidade, pois no 2º semestre de 2012, tivemos exonerações de todos os assessores parlamentares dos vereadores e da administração como: pagamentos de 13º salário, férias e salário referente a dezembro. Ainda consta pagamento da reforma do Legislativo, subindo os gastos, o que não aconteceu no 1° semestre de 2013, conforme podem analisar no gráfico acima.

EM TEMPO: De fato a Câmara economizou 2,83% do dinheiro público por vereador neste ano. Porém, é importante ressaltar ou registrar que no ano passado, no 1º semestre, mesmo tendo 15 vereadores, o número de assessores parlamentares era de 6 por cada edil. Neste ano caiu para quatro. Três assessores parlamentares e um chefe de gabinete.



05/09/2013 15h24

Ofício "Meketrefe" encaminhado a secretaria de Educação de Cascavel, ge

Compartilhe


TRANSPORTE ESCOLAR
Requerimento apresentado pelo vereador Paulo Porto (PCdoB) na última sessão, em que requeria junto à secretaria de Educação de Cascavel e Cettrans, informações sobre o transporte escolar da Zona Rural do Município, baseando-se nas denúncias veiculadas na Catve por três oportunidades, diga-se de passagem.

CATVE
O material apresentado pela Catve e que serviu de base para o vereador Paulo Porto (PCdoB) solicitar informações a respeito do assunto, sequer foi levado em consideração. Os ônibus mostrados pela Emissora de TV, se colocado para transportar "porcos", com certeza absoluta não passaria pela vistoria da vigilância sanitária! Vídeo das três reportagens realizadas pela repórter Fernanda Toigo da Catve, foi apresentado em "telão" no plenário da Câmara para os demais vereadores tomar conhecimento, e, mesmo assim, o vereador teve o requerimento rejeitado por 12 votos CONTRÁRIOS, e apenas sete FAVORÁVEIS.

RESULTADO
Com a rejeição dos vereadores ao requerimento do vereador Paulo Porto, iniciou uma cruzada entre os próprios legisladores na Câmara de Cascavel. De um lado, a oposição tentando entender, do outro, o grupo de situação tentando "achar" uma explicação plausível para dar a imprensa e a população.

"Meketrefe"
Após o "magnifico" feito dos "digníssimos edis", eis que surgiu no final da tarde de ontem (04) um "oficio meketrefe" assinado pelos vereadores, Luiz Frare (PDT), Claudio Gaiteiro (PSL) e Romulo Quintino (PSL). O ofício endereçado a Secretaria de Educação solicitando informações sobre as denúncias da Catve a respeito do Transporte Escolar, consta data de 30 de agosto. Ou seja, na última sexta-feira.

OFÍCIO
Depois desses acontecimentos, vereadores foram cobrados, inclusive Rômulo Quintino, que assinou o "ofício meketrefe". Em nenhum momento disse na mídia que votou contra o requerimento de Paulo Porto, por já ter solicitado tal informação ao Executivo Municipal. Então se deduz, que o oficio, fora elaborado com data retroativa para explicar a inexplicável votação contra o requerimento do vereador Paulo Porto, rejeitado na Câmara.

JORGE GUIRADO DISSE NO FACE
"Não sei sinceramente como avaliar esta CÂMARA DE VEREADORES. É perversa ou é pervertida" Até Pastor mente descaradamente em entrevista pós repercussão negativa de uma ação. Se tinha, por requerimento, feito o pedido de informação do caso dos ônibus escolares antes de irem contra o pedido do vereador Paulo Porto por que não disseram isto na entrevista do Bate Rebate? Por que não enfiaram na cara do Luiz Nardelli quando ele falou do absurdo de irem contra aos interesses, da segurança e do conforto das crianças transportadas? Teria vergonha de aconselhar meu rebanho, especialmente depois de dizer que votou contra porque o vereador é a favor do aborto... O que uma coisa tem com a outra" PAI ! Perdoa-os, eles não sabem o que fazem...".


SÓ UMA PERGUNTA?
O ofício foi enviado utilizando a instituição "CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAVEL". Vereador pode assinar pela Câmara ou é somente uma prerrogativa do presidente assinar ofícios em nome da Câmara?



03/09/2013 17h39

TCE do Paraná poderá desaprovar contas do Município e Câmara de Cascave

Compartilhe


O TCE (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) se levar ao pé da letra o controle que possui sobre os municípios do Estado, poderá desaprovar as contas da Prefeitura de Cascavel (Prefeito Edgar Bueno - PDT) e da Câmara (presidente Marcio Pacheco - PPL).

ENTENDA O CASO
O TCE até 31/12/2012 usava uma determinada metodologia para recolher as informações dos Municípios e Câmaras do Paraná.

MUDANÇAS NO SISTEMA (SIM - AM)
Para 2013, o TCE promoveu algumas mudanças no SIM - AM (Sistema de Informações Municipais - Acompanhamento Mensal). Implantou uma nova metodologia para obter as informações on-line dos Municípios e Câmaras mensalmente.

NBCASP
Com a implantação das mudanças no sistema de prestação de contas on-line para 2013, veio o conhecido NBCASP (Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público). E é aí que Cascavel poderá sofrer prejuízos inimagináveis quanto a não prestação de contas conforme a normatização do TCE para o exercício de 2013.

ALIMENTAÇÃO DO SISTEMA
Para alimentar o Sistema de Informações ao TCE, tanto Prefeitura como Câmara se utilizam do sistema integrado dentro de cada poder legitimado em que, as informações dos departamentos de finanças, patrimônio, contabilidade, frota, Recursos Humanos (RH) departamento Jurídico entre outros.

DEPARTAMENTO JURÍDICO
Na prestação de contas pela NBCASP, é obrigatório anexar junto a prestação de contas mensalmente, cópia da Lei, Resolução, Decreto e Convênio que gerou despesas. Não mais somente a Nota Fiscal ou cópia da transação financeira que foi realizada pelos dois poderes, seja no Executivo ou no Legislativo.



03/09/2013 17h37

Câmara de Cascavel poderá ser multada e contas desaprovadas na gestão P

Compartilhe


Câmara de Cascavel poderá ter as contas desaprovadas e multas por não prestar contas dos primeiros sete meses de 2013. O TCE (Tribunal de Contas do Estado) normatizou a prestação de contas mensalmente no conhecido sistema NBCASP. Em abril deste ano, o plenário do TCE aprovou a ampliação do prazo para 30 de agosto e deixou estipulado que o Sistema de Informações relativas ao período de Janeiro a Julho deste ano, como última data para ser cumprida as normativas. Todavia, a Câmara, através da Administração do presidente Marcio Pacheco, não o fez. Agora resta esperar o bom senso do TCE, para que a população não pague por mais esta desatenção no trato do erário realizado pelo presidente Marcio Pacheco.



03/09/2013 17h35

Prefeitura de Cascavel não cumpre determinação do TCE na prestação de c

Compartilhe


A Prefeitura de Cascavel não cumpriu integralmente a prestação de contas junto ao TCE conforme normas do Tribunal de Contas. Por isso, poderá sofrer multa e desaprovação das contas do exercício de 2013. Depois de várias situações caóticas que passa o município, ainda resta mais essa por não ter prestados contas como determina a NBCASP implantada dentro do SIM - AM pelo TCE do Paraná.



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY