09/09/2013 10h38

Legislatura de 2013 gasta 2,83% menos por vereador do que gastou no mes

Compartilhe


Depois de divulgado pela Câmara matéria sobre os gastos por vereador nesta Legislatura, comparado com a Legislatura do ano passado, demonstramos acima o verdadeiro comparativo de gastos da Câmara de Vereadores de Cascavel. Comparativo do 1º semestre de 2012 com o 1º semestre de 2013. Vale lembrar que no mês passado a assessoria da Câmara, divulgou matéria comparando o 2º semestre de 2012 com o 1º semestre de 2013. Ainda que a economia nesta legislatura é fato, se comparado quanto custa um vereador ao município, somado todas as despesas do legislativo e dividido pelo número de vereadores.

MÊS 2012 GASTOS
Janeiro 687.794,71
Fevereiro 673.012,47
Março 628.350,07
Abril 668.350,54
Maio 677.540,77
Junho 674.902,93
Total 1º Semestre/2012 - 4.009.951,49

MÊS 2013 GASTOS
Janeiro 146.667,14
Fevereiro 858.615,46
Março 1.623.148,33
Abril 896.175,79
Maio 934.703,48
Junho 1.000.145,30
Total 1º Semestre/2013 - 5.459.455,50


Despesas de janeiro a junho/2012
R$ 4.009.951,49 dividido por 15 vereadores R$ 267.330,67

Despesas de janeiro a junho/2013
R$ 5.459.455,50 dividido por 21 vereadores R$ 259.974,48

Diferença do 1º semestre do ano de 2012 comparado ao 1º semestre do ano de 2013.
A Câmara de Cascavel gastou a mais em 2012 R$ 7.356.19

RESUMO
No ano de 2012 a Câmara Municipal de Cascavel gastou por vereador, 2,83% a mais do que gastou no mesmo período de 2013. A matéria serve para que a população tome conhecimento da ?VERDADE? sobre os gastos da Câmara. Isto mostra que a manipulação da notícia realizada pela assessoria da Câmara durante o mês passado, não é verdadeira no quesito de que a Câmara economizou cerca de 33% de verbas em despesas (por vereador). Vale lembrar que a Câmara manipulou um comparativo para chegar a economia de 33% por vereador, utilizando cálculos dos gastos contabilizados do 1º semestre de 2013 com os gastos 2º semestre de 2012. O comparativo feito pela Câmara, não demonstra a realidade, pois no 2º semestre de 2012, tivemos exonerações de todos os assessores parlamentares dos vereadores e da administração como: pagamentos de 13º salário, férias e salário referente a dezembro. Ainda consta pagamento da reforma do Legislativo, subindo os gastos, o que não aconteceu no 1° semestre de 2013, conforme podem analisar no gráfico acima.

EM TEMPO: De fato a Câmara economizou 2,83% do dinheiro público por vereador neste ano. Porém, é importante ressaltar ou registrar que no ano passado, no 1º semestre, mesmo tendo 15 vereadores, o número de assessores parlamentares era de 6 por cada edil. Neste ano caiu para quatro. Três assessores parlamentares e um chefe de gabinete.


05/09/2013 15h24

Ofício "Meketrefe" encaminhado a secretaria de Educação de Cascavel, ge

Compartilhe


TRANSPORTE ESCOLAR
Requerimento apresentado pelo vereador Paulo Porto (PCdoB) na última sessão, em que requeria junto à secretaria de Educação de Cascavel e Cettrans, informações sobre o transporte escolar da Zona Rural do Município, baseando-se nas denúncias veiculadas na Catve por três oportunidades, diga-se de passagem.

CATVE
O material apresentado pela Catve e que serviu de base para o vereador Paulo Porto (PCdoB) solicitar informações a respeito do assunto, sequer foi levado em consideração. Os ônibus mostrados pela Emissora de TV, se colocado para transportar "porcos", com certeza absoluta não passaria pela vistoria da vigilância sanitária! Vídeo das três reportagens realizadas pela repórter Fernanda Toigo da Catve, foi apresentado em "telão" no plenário da Câmara para os demais vereadores tomar conhecimento, e, mesmo assim, o vereador teve o requerimento rejeitado por 12 votos CONTRÁRIOS, e apenas sete FAVORÁVEIS.

RESULTADO
Com a rejeição dos vereadores ao requerimento do vereador Paulo Porto, iniciou uma cruzada entre os próprios legisladores na Câmara de Cascavel. De um lado, a oposição tentando entender, do outro, o grupo de situação tentando "achar" uma explicação plausível para dar a imprensa e a população.

"Meketrefe"
Após o "magnifico" feito dos "digníssimos edis", eis que surgiu no final da tarde de ontem (04) um "oficio meketrefe" assinado pelos vereadores, Luiz Frare (PDT), Claudio Gaiteiro (PSL) e Romulo Quintino (PSL). O ofício endereçado a Secretaria de Educação solicitando informações sobre as denúncias da Catve a respeito do Transporte Escolar, consta data de 30 de agosto. Ou seja, na última sexta-feira.

OFÍCIO
Depois desses acontecimentos, vereadores foram cobrados, inclusive Rômulo Quintino, que assinou o "ofício meketrefe". Em nenhum momento disse na mídia que votou contra o requerimento de Paulo Porto, por já ter solicitado tal informação ao Executivo Municipal. Então se deduz, que o oficio, fora elaborado com data retroativa para explicar a inexplicável votação contra o requerimento do vereador Paulo Porto, rejeitado na Câmara.

JORGE GUIRADO DISSE NO FACE
"Não sei sinceramente como avaliar esta CÂMARA DE VEREADORES. É perversa ou é pervertida" Até Pastor mente descaradamente em entrevista pós repercussão negativa de uma ação. Se tinha, por requerimento, feito o pedido de informação do caso dos ônibus escolares antes de irem contra o pedido do vereador Paulo Porto por que não disseram isto na entrevista do Bate Rebate? Por que não enfiaram na cara do Luiz Nardelli quando ele falou do absurdo de irem contra aos interesses, da segurança e do conforto das crianças transportadas? Teria vergonha de aconselhar meu rebanho, especialmente depois de dizer que votou contra porque o vereador é a favor do aborto... O que uma coisa tem com a outra" PAI ! Perdoa-os, eles não sabem o que fazem...".


SÓ UMA PERGUNTA?
O ofício foi enviado utilizando a instituição "CÂMARA MUNICIPAL DE CASCAVEL". Vereador pode assinar pela Câmara ou é somente uma prerrogativa do presidente assinar ofícios em nome da Câmara?


03/09/2013 17h39

TCE do Paraná poderá desaprovar contas do Município e Câmara de Cascave

Compartilhe


O TCE (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) se levar ao pé da letra o controle que possui sobre os municípios do Estado, poderá desaprovar as contas da Prefeitura de Cascavel (Prefeito Edgar Bueno - PDT) e da Câmara (presidente Marcio Pacheco - PPL).

ENTENDA O CASO
O TCE até 31/12/2012 usava uma determinada metodologia para recolher as informações dos Municípios e Câmaras do Paraná.

MUDANÇAS NO SISTEMA (SIM - AM)
Para 2013, o TCE promoveu algumas mudanças no SIM - AM (Sistema de Informações Municipais - Acompanhamento Mensal). Implantou uma nova metodologia para obter as informações on-line dos Municípios e Câmaras mensalmente.

NBCASP
Com a implantação das mudanças no sistema de prestação de contas on-line para 2013, veio o conhecido NBCASP (Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público). E é aí que Cascavel poderá sofrer prejuízos inimagináveis quanto a não prestação de contas conforme a normatização do TCE para o exercício de 2013.

ALIMENTAÇÃO DO SISTEMA
Para alimentar o Sistema de Informações ao TCE, tanto Prefeitura como Câmara se utilizam do sistema integrado dentro de cada poder legitimado em que, as informações dos departamentos de finanças, patrimônio, contabilidade, frota, Recursos Humanos (RH) departamento Jurídico entre outros.

DEPARTAMENTO JURÍDICO
Na prestação de contas pela NBCASP, é obrigatório anexar junto a prestação de contas mensalmente, cópia da Lei, Resolução, Decreto e Convênio que gerou despesas. Não mais somente a Nota Fiscal ou cópia da transação financeira que foi realizada pelos dois poderes, seja no Executivo ou no Legislativo.


03/09/2013 17h37

Câmara de Cascavel poderá ser multada e contas desaprovadas na gestão P

Compartilhe


Câmara de Cascavel poderá ter as contas desaprovadas e multas por não prestar contas dos primeiros sete meses de 2013. O TCE (Tribunal de Contas do Estado) normatizou a prestação de contas mensalmente no conhecido sistema NBCASP. Em abril deste ano, o plenário do TCE aprovou a ampliação do prazo para 30 de agosto e deixou estipulado que o Sistema de Informações relativas ao período de Janeiro a Julho deste ano, como última data para ser cumprida as normativas. Todavia, a Câmara, através da Administração do presidente Marcio Pacheco, não o fez. Agora resta esperar o bom senso do TCE, para que a população não pague por mais esta desatenção no trato do erário realizado pelo presidente Marcio Pacheco.


03/09/2013 17h35

Prefeitura de Cascavel não cumpre determinação do TCE na prestação de c

Compartilhe


A Prefeitura de Cascavel não cumpriu integralmente a prestação de contas junto ao TCE conforme normas do Tribunal de Contas. Por isso, poderá sofrer multa e desaprovação das contas do exercício de 2013. Depois de várias situações caóticas que passa o município, ainda resta mais essa por não ter prestados contas como determina a NBCASP implantada dentro do SIM - AM pelo TCE do Paraná.


03/09/2013 12h47

Vereador Capelão (PPS) dá (Ctrl/C - Ctrl/V) em projeto já rejeitado pel

Compartilhe


O Projeto de Lei n° 158/2013, de autoria do vereador Fernando Winter (PTN), que estabelece a obrigatoriedade de os Hospitais localizados no Município de Cascavel
afixarem, em lugar visível, a lista dos médicos plantonistas e do responsável pelo plantão, recebeu parecer contrário da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Segundo o parecer, a Lei existente no Paraná, já estabelece a obrigatoriedade.


"REPETECO" I
Já o Projeto de Lei n° 159/2013, de autoria do Vereador Rui Capelão (PPS), que proíbe a atribuição de funções e cobrança de passagens aos motoristas de ônibus - dupla função - no Município de Cascavel, recebeu parecer contrário por ser um projeto inconstitucional. A inconstitucionalidade, segundo a procuradoria da Câmara e os membros da CCJ, se deu quando este mesmo projeto já foi rejeitado em plenário pela maioria dos vereadores quando votado este ano.

"REPETECO" II
Segundo os vereadores da Comissão e da procuradoria, torna-se um projeto inconstitucional quando apresentado (repeteco) na mesma sessão Legislativa, que segundo eles, compreende-se como sessão Legislativo, todo o ano. Baseado neste artigo constitucional, os projetos apresentados no mesmo ano, ou seja, na mesma sessão legislativa, torna-se inconstitucional pela repetição do mesmo conteúdo.


03/09/2013 12h08

CCJ da Câmara de Cascavel dá dois pareceres contrários e quatro favoráv

Compartilhe


A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Vereadores de Cascavel, reuniu-se hoje (03), no Plenário da Câmara Municipal para mais uma Reunião Ordinária.

SEIS PROJETOS FORAM ANALISADOS

1 - Projeto de Lei Ordinária n° 158/2013
Estabelece a obrigatoriedade de os Hospitais localizados no Município de Cascavel afixarem, em lugar visível, a lista dos médicos plantonistas e do responsável pelo plantão. Autor: Vereador Fernando Winter (PTN). (Parecer contrário).

2 - Projeto de Lei Ordinária n° 159/2013
Proíbe a atribuição de funções de cobrança de passagens aos motoristas de ônibus -
dupla função - no Município de Cascavel. Autor: Vereador Rui Capelão (PPS). (Parecer contrário)

3 - Projeto de Lei Ordinária n° 161/2013
Dispõe sobre a instalação de equipamentos especialmente desenvolvidos para pessoas
cadeirantes nas academias ao ar livre do Município. Autor: Vereador Rui Capelão (PPS). (Parecer favorável).

4 - Projeto de Lei Ordinária n° 163/2013
Regulamenta a Feira do Pequeno Produtor em Cascavel. Autor: Executivo Municipal. (Parecer favorável).

5 - Projeto de Lei Ordinária n° 165/2013
Dispõe sobre a Política Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, da criação
do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA. Autor: Executivo Municipal. (Parecer favorável).

6 - Projeto de Lei Ordinária n° 167/2013
Dispõe sobre a desafetação de segmento de Rua no Loteamento Jardim Guarujá. Autor: Poder Executivo Municipal. (Parecer favorável).


02/09/2013 14h59

Vereadores da "base" do prefeito em Cascavel, mantiveram veto do Execut

Compartilhe


Durante a sessão de hoje (02) na Câmara Municipal de Cascavel, os vereadores mantiveram o Veto Total do Projeto de Lei nº. 079/2013, que dispõe sobre a afixação em local visível, nos veículos de aluguel - táxis - os valores estabelecidos das tarifas máximas a serem cobradas no Município de Cascavel. Vale lembrar que o projeto é de autoria do vereador Jorge Bocasanta (PT), que faz oposição a administração público (executivo) na Câmara de vereadores. O Veto foi mantido com 8 votos contrários e 11 votos favoráveis.

A FAVOR DO VETO
Aldonir Cabral, Claudio Gaiteiro, Gugu Bueno, Fernando Winter, Jaime Vasatta, Robertinho Magalhães, Luiz Frare, Nei Haveroth, Paulo Bebber, Romulo Quintino e Pedro Mardental.

CONTRA O VETO
Ganso sem limite, Jorge Bocasanta, João Paulo, Jorge Menegatti, Paulo Porto, Rui Capelão, Vanderlei do Conselho, Walmir Severgnini.


02/09/2013 14h11

O projeto que define regras para instalação de novos postos de combustí

Compartilhe


O Projeto de Lei nº 125/2013, do vereador Nei Haveroth (PSL) teve pedido de vistas mais uma vez e só entra em votação daqui a três sessões. A proposta que define regras para instalação de novos postos de combustíveis a uma distância mínima de 200 metros de locais de aglomeração de pessoas, como supermercados, shoppings centers, hospitais e postos de saúde, pontes e viadutos, universidades e escolas, teatros, igrejas e locais que abriguem produtos explosivos, parece não estar agradando alguns vereadores, o que ainda não sabemos o motivo.


30/08/2013 15h20

Deputado Eduardo Sciarra participa de reunião na Câmara de Vereadores

Compartilhe


Acontece neste momento na Câmara de Vereadores de Cascavel, mais uma reunião do Programa Representante Próximo do Povo. A presença hoje é do deputado federal, Eduardo Sciarra (PSD). A intenção é difundir e apresentar a população e aos vereadores sua atuação com Representante do Paraná e da Região Oeste.

Manifestação
Servidores do município se fazem presente no plenário manifestando com cartazes contra a atitude do vice-presidente do PSD de Cascavel, Luciano Braga Cortes e ao PSD, por este ter obtido uma Liminar na Justiça suspendendo os efeitos da lei de adequação de cargos comissionados, gratificados para servidores efetivos e aumento dos demais servidores.

Justificativa
O deputado Sciarra iniciou sua fala, enaltecendo a manifestação, porém explicou que não particular do PSD tal ação. Segundo ele apesar de Braga Cortes ser do PSD, a ação não é de autoria do Partido, e sim, do cidadão cascavelense Braga Cortes, por entender que a lei foi aprovada de forma irregular.


Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY