23/01/2014 10h33

Advogados do prefeito cassado continuam afirmando que Cascavel tem pref

Compartilhe


A coluna publicou há pouco, nota de que Cascavel amanheceu sem prefeito. A coluna tem o objetivo de informar o leitor e não de debater o assunto com qualquer um dos lados políticos que envolve esta situação de quem é, e para quem vai a cadeira de prefeito. A realidade é uma só, Cascavel com a publicação do Acórdão pelo TRE-PR, amanheceu sem prefeito, uma opinião deste colunista e que é rebatida pela "cúpula" de defesa do prefeito e do vice cassados, Edgar Bueno e Mauricio Theodoro.

AFIRMAÇÃO
Bastou a coluna publicar o caso hoje pela manhã, para que a "cúpula" do Paço iniciasse uma corrente de ligações telefônicas para este colunista, alegando que a publicação feita não está correta. No entendimento deles, e dos próprios advogados de defesa, o prefeito continua sendo Edgar Bueno e o vice Maurício Theodoro, até que a Justiça Eleitoral de Cascavel, intime, notifique, o prefeito Edgar para deixar o cargo e convoque imediatamente professor Lemos para assumir.

"BALELA"
Por mais que este colunista não possui o conhecimento que os advogados, ou os profissionais do Direito que defendem Edgar Bueno e Theodoro têm, é salutar informar que do outro lado também existem advogados e profissionais que conhecem do Direito, então volto a dizer que a defesa tem mesmo de argumentar no contraditório do que foi escrito, até para ganhar tempo e o recurso com pedido de uma medida cautelar seja protocolada e despachada pelo Ministro do TSE. Do contrário, tudo isso é "balela", e continuo afirmando, Cascavel amanheceu sem prefeito e vice.

ACÓRDÃO
A Legislação Eleitoral enfatiza que todo processo se tornará válido após a publicação do Acórdão. Então como o Acórdão do recurso de admissibilidade foi acatado pelo presidente do TRE-PR e nele revogada a liminar que mantinha o prefeito Edgar Bueno no cargo, o prefeito não possui mais esta prerrogativa de se manter no cargo, haja vista que foi cassado e afastado ainda no ano passado, e se mantinha no cargo através da liminar. Com a liminar revogada pelo próprio TRE-PR, Cascavel até que dê posse à Lemos e Walter, continua sem prefeito sim. Ou então podemos acabar com essa história de que o Acórdão é documento válido quando na sua publicação. Se é fato que que o Juiz Eleitoral desta Comarca, precisa intimar as partes para que deixe ou assuma a cadeira de prefeito, para que serve este tal de ACÓRDÃO?


23/01/2014 09h20

TRE-PR publica Acórdão e Cascavel amanhece sem prefeito no cargo

Compartilhe


Cascavel vive no momento uma grande instabilidade política administrativa. A cassação do prefeito Edgar Bueno (PDT) e do vice Maurício Theodoro (PSDB) no final do ano passado, tem causado especulações de bastidores de quem será o gestor municipal, além de um grande atrapalho na administração pública administrativa. São idas e vindas tanto de um lado como de outro. Ora a população discute a "posse" de Lemos (PT) e Walter Parcianello (PMDB), ora, Edgar e Mauricio são mantidos no cargo. É o verdadeiro "samba do crioulo doido"!

PUBLICAÇÃO
Depois do Portal Catve.tv (coluna Luiz Nardelli) publicar com exclusividade o Acórdão do recurso de admissibilidade interposto por Edgar e Theodoro, na qual, foi acatado pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Desembargador, Rogério Coelho e revogado a Liminar antes concedida, empurrou para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a "bucha" para que Edgar Bueno e Maurício Theodoro, consiga junto aquele Órgão, outra Liminar (cautelar) para se manter no cargo de prefeito e vice, até que se discuta o mérito do processo de cassação que tramita no Tribunal Eleitoral.

SEM PREFEITO E VICE
Todavia, Cascavel amanheceu sem prefeito e vice. Apesar de profissionais do Direito, cada um com uma análise diferente do outro, manter a premissa de que existe tempo para recorrer junto ao TSE, o certo mesmo é que Cascavel no momento não possui prefeito e nem vice prefeito empossado no cargo. Haja vista, o afastamento imediato após a publicação do Acórdão que ocorreu no primeiro minuto desta madrugada (23) no Diário Oficial do TRE-PR.

LIMINAR
Advogados de Edgar Bueno e Theodoro, tentam em Brasília uma liminar para se manter no cargo, enquanto isso, Professor Lemos e Walter Parcianello não se manifestam quanto ao assunto. Tudo porque Lemos corre o risco de renunciar o mandato de deputado estadual para assumir a prefeitura e, caso Edgar consiga a liminar nas próximas horas, Lemos ficará sem mandato de deputado e de prefeito. Assim sendo, o corpo jurídico de Lemos e Walter não irão executar o junto a Justiça o cumprimento do Acórdão para que Lemos não seja prejudicado neste sentido.

Etaaaaaa Cascavelão!!!!


21/01/2014 16h58

TRE empurra para o TSE pedido de admissibilidade de Edgar Bueno e Maurí

Compartilhe


O desembargador e presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, Rogério Coelho, proferiu seguimento ao recurso especial eleitoral impetrado pela coligação Cascavel é minha vida, do prefeito Edgar Bueno e do vice Maurício Theodoro, que dispõe sobre: alegou que considerando que na ação cautelar a liminar foi deferida "até que seja proferida a decisão do juízo de admissibilidade do recurso especial" - para que não se extrapolasse os limites da competência desta Presidência, nos termos da Súmula nº 635, do Supremo Tribunal Federal, impõe-se sua revogação desde logo, incumbindo ao interessado, se assim o quiser, renovar o pedido perante ao TSE, competente para tanto.


16/01/2014 14h44

Ministério Público recomenda que seja mantida cassação de Edgar Bueno

Compartilhe


A Procuradoria Regional Eleitoral (Ministério Público) juntou manifestação nos autos da Ação Cautelar nº 57771.2013.616.0000, na qual foi concedida liminar pelo presidente do TRE-PR, Rogério Coelho, que tem mantido Edgar Bueno e Maurício Theodoro no poder, mesmo cassados.

O Ministério Público manifestou-se ontem (15) pela improcedência da Ação Cautelar, pugnando para que o efeito suspensivo concedido liminarmente ao recurso especial eleitoral ser revogado.

Com a revogação da liminar, Edgar Bueno deve ser afastado do cargo com a imediata posse de José Lemos, após ser julgado o mérito da admissibilidade de recurso do prefeito Edgar Bueno e do vice Maurício Theodoro pelo relator do TRE-PR.


13/01/2014 08h58

Paulo Tonin deixa PPL

Compartilhe


O ex-vereador e atual presidente do PPL/Cascavel, Paulo Tonin, deixará logo mais a presidência do partido e protocola no Fórum Eleitoral de Cascavel seu pedido de desfiliação. A situação se deve ao fato de Paulo Tonin deixar no momento a lida política e cuidar de seus negócios na rede privada.

FUTURO
O futuro político de Paulo Tonin ainda é incerto, haja vista de não ser candidato a qualquer dos cargos eletivos neste ano. Porém, é salutar informar que para 2016 Paulo Tonin deverá pleitear novamente uma cadeira no legislativo cascavelense.


13/01/2014 08h55

Feliz 2014. A coluna volta a relatar

Compartilhe


A todos àqueles que acompanhar a coluna aqui no portal, o nosso desejo é de que 2014, ano político, e de esportes (Copa do Mundo), seja promissor e que traga bons frutos a todos.


20/12/2013 15h35

Câmara de Vereadores de Cascavel, entra em recesso parlamentar

Compartilhe


Seguindo a Legislação vigente, a Câmara de Vereadores de Cascavel entra hoje em recesso parlamentar. Apesar de ser o último dia de trabalho, poucos foram os vereadores que apareceram, não mais de meia dúzia deles.

"Funebre"
Se nos últimos dias o Legislativo cascavelense parecia um funeral, por conta do anúncio da cassação do prefeito e do vice de Cascavel, a partir de hoje, não vai parecer, será um local "fúnebre". Alguns dos vereadores iniciaram hoje mesmo a caminhada nos bairros para visitação aos eleitores.

Pensando no futuro
Uns para realmente fazer uma visita de cortesia, outros para quando a campanha do próximo ano iniciar, tentar demonstrar que voltaram nos bairros por onde passaram no ano passado pedindo votos. Tudo para não ser taxados de que só vão aos bairros quando é para pedir votos!


18/12/2013 12h47

Sessão Extraordinária da Câmara de Cascavel hoje, promete muito "xabú"

Compartilhe


Depois do episódio da cassação do prefeito de Cascavel, Edgar Bueno (PDT) e do vice, Mauricio Theodoro (PSDB) pelo TRE do Paraná, e da expectativa da oposição local e de alguns intitulados analistas políticos em "pensar" que haveria mudanças no comando do Município, restou apenas a "ESPERANÇA", já que o presidente do mesmo Tribunal Regional Eleitoral, concedeu liminar para que os dois gestores permanecesse no cago.

"XABÚ"
Na linguagem coloquial, descrevemos que a sessão Extraordinária de logo mais na tarde de hoje (18), está programado para dar o maior "xabú" durante o processo de votação das emendas relativas a LOA (Lei Orçamentária Anual). Segundo fontes de um vereador, ele vai mostrar aos demais vereadores que as coisas não são como o executivo Municipal e os vereadores da "base" pensam. Segundo a fonte, o cerceamento ao direito de colocar emendas parece que virou "praxe" na Câmara Municipal.

IMBRÓGLIO
Se não bastasse o aumento 15% no IPTU de 2014, aprovado na terça-feira, com direito a rejeitar emendas do s vereadores da oposição, eis que surge ao meio da votação do ISS para os profissionais liberais da saúde, hospitais, clinicas e similares, um aumento de 50% da alíquota que vinha sendo praticado pelo poder público Municipal.

PARECER
A Comissão de Finanças, Economia e Orçamento da Casa, deu parecer contrário a emenda do vereador Robertinho Magalhães (PMN) que dispunha sobre o dispositivo de não alterar a alíquota, deixando claro que a prefeitura busca arrecadar e sufocar ainda mais os empresários e trabalhadores que fazem acontecer o desenvolvimento do Município. O parecer contrário da Comissão acusa a emenda de RENÚNCIA de receita. Segundo o vereador e o diretor Legislativo, Otto Reis, não há renúncia de receita, até porque, o projeto que aumenta a alíquota, foi votado após a rejeição da emenda.

JUSTIÇA
Justiça seja feita! Segundo os membros da Comissão de Finanças, o parecer baseia-se na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentária), aprovada no mês passado. Todavia, vale salientar que o projeto que aumenta o valor do ISS dos profissionais liberais da saúde, hospitais, clinicas e similares em 50%, foi aprovado ontem depois de derrubada a emenda que solicitava o não aumento, e sim, deixando a cobrança desta alíquota, no mesmo índice que sendo praticada pelo poder Executivo.

CERTEZA
De duas a uma, ou a Prefeitura sabia um mês antes que o projeto do aumento da alíquota do ISS dos empresários, e profissionais liberais da saúde iria ser aprovada, para ter colocado, ou a Comissão de Finanças, sem argumentos específicos, foram iludidos a dar parecer contrário a emenda sobre uma lei que sequer está em vigor no município. Ou seja, o parecer de Renuncia de receita, não existe sobre algo ou lei que não vigora. manter a mesma alíquota não é renuncia de receita nem em Cascavel, nem no Paraná, muito menos no Brasil. Mais aqui nesta terrinha de faz de conta, o "poder" manda".

MAIS CARO
A partir do aumento de 50% no ISS deste segmento, Planos de Saúde, hospitais, clinicas e profissionais Liberais, deverão ajustar também sua arrecadação, em consultas, exames e internamentos. Deste modo, quem pagará por esse aumento? Pode ter certeza, mais uma vez a população.


16/12/2013 19h39

Presidente do TRE concede liminar que mantém Edgar Bueno no cargo

Compartilhe


O presidente do TRE do Paraná, Rogério Coelho concedeu uma liminar pleiteada na medida cautelar que foi ajuizada hoje (16) pela coligação de Edgar Bueno.

Com isso o prefeito Edgar Bueno e o seu vice Maurício Theodoro se mantém em seus cargos por tempo indeterminado, enquanto tramita no TSE em Brasília um outro pedido de liminar, desta vez pedindo a suspensão dos efeitos do acórdão que cassou e afastou Edgar Bueno e Maurício Theodoro da prefeitura de Cascavel.


16/12/2013 14h43

Falta de informação do TRE-PR, gera especulação de todo tipo quanto ao

Compartilhe


Na semana passada o Acórdão dos embargos de declaração do prefeito foi divulgado. Nele o Tribunal Regional Eleitoral, manteve a cassação do Prefeito Edgar Bueno e do vice, Mauricio Theodoro. Também acatou os Embargos do segundo colocado da eleição de 2012, Professor Lemos e Walter Parcianello como futuro prefeito e vice da cidade.

INCERTEZAS
Hoje (16), até o momento, Cascavel vive no campo das incertezas e desmandos por parte do TRE-PR. O Tribunal, cassou, indicou quem assume, porém, ainda não se manifestou quanto que dia e hora isso deverá acontecer junto ao Fórum Eleitoral de Cascavel, ou ao Juízo da 68ª zona eleitoral da Comarca. Segundo conversas de bastidores a notificação (oficio) ao Juízo de Cascavel, ainda não apareceu por aqui.

COMO DANTES
"Tudo continua como Dantes, no quartel de Abrantes". O prefeito ainda é Edgar Bueno, o vice ainda é Mauricio Theodoro e nada mudou com o julgamento do TRE. Ou melhor, tudo isso até o momento. Pode ser que até o final da tarde desta segunda-feira, alguma coisa aconteça, ou para manter Edgar no Cargo, ou para Lemos assumir. do Contrário, tudo não passa de conversa fiada de bastidores e rodas de conversas políticas de Cascavel.

Aguardaremos.......


Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY