07/04/2014 13h56

Vereador do PMN de Cascavel pede licença e dá vaga ao 4º suplente

Compartilhe


Seguindo um compromisso de campanha, o vereador de Cascavel Robertinho Magalhães (PMN) protocolou na Câmara pedido de licença por 60 dias para tratar assuntos particulares. No pedido está estipulado que ele poderá retornar a cadeira antes mesmo do término do pedido da licença.

QUARTO SUPLENTE
Assume a cadeira do titular Robertinho Magalhães o quarto suplente do partido. Um acordo com o 1º suplente, Sadi Kisiel, a segunda suplente, Dani de Paula, hoje no solidariedade e o terceiro suplente, Oracildes Tavares, estes abriram mão em assumir a cadeira, deixando assim ao quarto suplente o cargo de vereador a partir da próxima segunda-feira (14), para Jean Moura.



03/04/2014 09h58

Delegado faz busca e apreensão de documentos e CPU do vereador Bebber

Compartilhe


Cumprindo parte das investigações que a Polícia Civil de Cascavel faz sobre a denúncia de suposta propina ao vereador Paulo Bebber (PR), o delegado Edgar Santana cumpriu nesta manhã (3), a busca e apreensão de documentos e o CPU (computador) utilizado por Paulo Bebber em seu gabinete. O delegado na diligência se apresentou ao presidente da Câmara, Marcio Pacheco, e este o acompanhou até o gabinete do vereador Celso Dal Molin (que ocupa a cadeira de Bebber), e o mesmo liberou aos dois que fizessem a apreensão que ora consta no mandado.



02/04/2014 17h31

Michele Caputo garante verba para construção da UBS do Universitário

Compartilhe


O vereador Rômulo Quintino (PSL) de Cascavel, solicitou junto a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, verbas para a construção de uma nova UBS (Unidade Básica de Saúde) no Jardim Universitário.

Nesta tarde (2), Rômulo e o deputado Adelino Ribeiro (PSL) se reuniram em Curitiba com o secretário Michele Caputo Neto, e receberam a garantia de que em 60 dias R$ 1 milhão, estará disponibilizado para iniciar a obra de 600 metros quadrados, que contará com a contrapartida do município. Michele Caputo garantiu ao vereador que também serão implantadas nesta nova UBS três equipes de saúde da família.



01/04/2014 09h25

Vereador Paulo Porto "satiriza" verbas para Cascavel trazidas por deput

Compartilhe


Durante a sessão de segunda-feira (31), quando na palavra livre aos vereadores de Cascavel, o vereador Claudio Gaiteiro (PSL), fez um relato das "verbas" trazidas para Cascavel pelo deputado estadual e presidente do PSL do Paraná, Adelino Ribeiro. Durante a explanação, Gaiteiro mencionou valores e onde serão aplicadas as verbas das emendas parlamentares do deputado.

MAIS VERBAS
Acompanhando o discurso de Gaiteiro (PSL), o vereador Celso Dal Molin (PR) declarou que hoje (01) fará um relato das verbas trazidas para Cascavel do deputado federal e também presidente estadual do partido, Fernando Giacobo. Vale ressaltar que apesar de hoje ser o "dia da mentira", tudo isso aconteceu na data de ontem, então....

SÁTIRA
Ao ouvir atentamente os discursos, o vereador do PCdoB, Paulo Porto ao fazer uso da Tribuna, "satirizou"! Alegou que se essas verbas dos deputados vierem para Cascavel conforme o relato dos nobres colegas, os valores são maiores que o financiamento do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

JUSTA
Tal satirização tem sentido, já que os deputados colocam emendas parlamentares no orçamento e já saem divulgando como dinheiro no caixa da prefeitura, mas o que parece não é bem assim. A própria Prefeitura não confirma o total de valores empenhados junto aos órgãos desses valores propagados em Outdoor e na mídia como um todo. Então deduzimos: Se toda essa "grana" vier pela divulgação dos deputados, sejam desses narrados ou dos outros que representam nossa cidade, Cascavel terá de verbas somente esse ano, cerca de R$ 1 Bilhão. Pode ou quer mais? ...



31/03/2014 14h35

Quando vão iniciar os "trabalhos" na Câmara Municipal de Cascavel?

Compartilhe


A pergunta que ainda não se tem resposta. O ano começou, o carnaval passou e a Câmara de Vereadores de Cascavel parece que ainda está em "recesso". Não basta apenas "caçar", é preciso colocar em prática atos legislativos que possa dar um olhar diferenciado aos nossos representantes.

COBRANÇAS
Hoje (31), presenciei assessor questionar um vereador sobre o que fazer. Disse: "quando vamos começar a trabalhar?". O vereador olhou e respondeu: "eu estou trabalhando desde o inicio da legislatura". A conversa parou, porém ficou no ar uma certa desconfiança!

CAÇA AS BRUXAS
Alguns dos vereadores de Cascavel não fazem e pensam em outra coisa a não ser, ir a "caça as bruxas". Como se o passado, não os condenassem. Seria mais prudente esquecer os resquícios e iniciasse um trabalho voltado à população. Buscar uma resposta a sociedade sobre o que aconteceu, todavia, trabalhar um pouco mais para o bem da população, seria o importante. Como é ano eleitoral, então imagine como será 2014...



27/03/2014 15h09

Comissão Processante deve se reunir até o final da tarde

Compartilhe


A Comissão Processante criada na segunda-feira (24) na Câmara de Vereadores de Cascavel, para investigar o caso que envolve o vereador Paulo Bebber (PR), deverá ter seu desfecho até o final da tarde de hoje (27).

COMISSÃO
A comissão criada por sorteio entre os blocos de representatividade na Câmara, bloco dos independentes, bloco da oposição e bloco da situação, tem os vereadores João Paulo (PSD), Jaime Vasatta (PTN) e Rui Capelão (PPS).

FORMAÇÃO
Há vários rumores sobre a formação dos cargos dentro da comissão. O vereador Jaime Vasatta e o vereador João Paulo já são membros da CPI da Saúde, porém, foram sorteados para compor a Comissão Processante. Deste modo a comissão deverá ser eleita no voto entre os três da seguinte maneira: presidente - Rui Capelão, relator - Jaime Vasatta e membro - João Paulo. Dificilmente será mudada esta composição!



25/03/2014 11h06

"Bate boca" entre presidente Márcio Pacheco e vereador Marcos Rios

Compartilhe


Durante a sessão de ontem (24) na Câmara Municipal de Cascavel, quatro vereadores de oposição, presidente Marcio Pacheco (PPL), vereadores Paulo Porto (PC do B), Jorge Menegatti (PSC) e Rui Capelão (PPS), ao entrar em votação o projeto 007 que prevê a mudança no plano diretor de área rural para área urbana para que sejam construídas 2.089 casas do projeto Minha Casa Minha Vida, se retiraram do plenário da Câmara para não votar nem SIM, nem NÃO, embora o presidente não vote sem que seja para desempatar a votação.

ABSTENÇÃO
Como o Regimento Interno da Câmara de Cascavel não prevê abstenção na hora do voto, a válvula de escape para os vereadores que não tinham uma "posição" definida sobre o projeto, haja vista tal projeto ser pauta de matérias que envolve corrupção, acharam uma maneira de abster do voto e não se comprometer nem com um SIM e nem com um NÃO, se retirando do plenário sem uma justificativa plausível.

PAPELÃO
O papelão ficou por conta de três vereadores, o presidente Marcio Pacheco, os vereadores Rui Capelão e Jorge Menegatti, que ao passar a votação do projeto e para não se comprometer na votação, nem no SIM e nem no NÃO, voltaram ao plenário para o encerramento da sessão. Oras, eu não sou muito de dar opinião, mas que faltou coragem para os nobres vereadores, isso ninguém tem dúvida. Fugir de uma votação alegando posição de contrariedade ao projeto é no mínimo um ato inusitado, imagina se outros vereadores fizerem o mesmo em projetos que deverão chegar a Câmara de Vereadores?

BATE BOCA
O vereador Marcos Rios (Solidariedade) ao fazer uso da palavra durante a votação do projeto enfatizou que deveria ser descontado dos proventos dos vereadores a ausência na sessão, quando ao retorno do presidente Marcio Pacheco, este mencionou ao vereador Marcos Rios de ter falado asneiras... veja o vídeo.



25/03/2014 10h56

Líder da base defende projeto e ataca oposição na tribuna da Câmara

Compartilhe


O vereador Gugu Bueno (PR), líder da base de governo na Câmara Municipal de Cascavel fez uso da palavra na sessão ordinária de ontem (24), com o intuito de defender o projeto da transformação de área rural para urbana com a prerrogativa da construção de inicialmente serem construídas 2.089 residências do projeto federal Minha Casa Minha Vida. Durante o discurso Gugu defendeu com veemência a aprovação do projeto, embora tenha desferido críticas a base de oposição pelo comportamento que naquele momento fora registrado quando na discussão do projeto.



21/03/2014 13h32

Bebber solicita extrato de seu telefone junto a Câmara

Compartilhe


O vereador licenciado Paulo Bebber (PR), solicitou nesta manhã (21) junto a administração da Câmara de Vereadores de Cascavel, o extrato de sua conta telefônica para que possa não só abrir o seu sigilo telefônico, como também anexar junto ao processo de defesa.

NEGADO
A administração respondeu ao interlocutor de Bebber que não disponibilizaria os extratos, haja vista ordens superiores de não fornecer documentos ao vereador licenciado. Nem mesmo o aparelho telefônico e o número pertencerem a Câmara, porém por uso do vereador licenciado seria possível adquiri-la. Diante do fatos Bebber através do seu assessor protocolou o ofício ao presidente da Casa, Márcio Pacheco. Caso isso não ocorra Bebber solicitará através da justiça.



20/03/2014 17h31

Filho de Paulo Bebber protocola pedido de licença do pai na Câmara

Compartilhe


O filho do vereador Paulo Bebber (PR), protocolou nesta tarde (20), na Câmara de Vereadores de Cascavel, o pedido de licença por 30 dias para tratar de assuntos particulares.

Em seu lugar assumirá Celso Dal Molin, que deverá ser convocado pelo presidente da Casa amanhã (21).

EXPECTATIVA
Dentre as expectativas também existe a possibilidade de o advogado de Paulo Bebber impetrar pedido de afastamento do presidente da Casa, Marcio Pacheco, para que este seja impedido de conduzir as investigações. Com a convocação de Dal Molin este não terá direito a voto na criação da sindicância para apurar as denúncias até agora contra o vereador Paulo Bebber, tão pouco votará no processo que se acontecer, de cassação do vereador denunciado.

RUMORES
Corre a boa pequena de que outro vereador poderá ter pedido de mandato de cassação protocolado também na segunda-feira (24).



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY