03/10/2016 12h01

Secretário de esportes de Cascavel pede exoneração

Compartilhe


O secretário de esportes de Cascavel, Wanderley Faust pediu exoneração do cargo ao prefeito Edgar Bueno nesta manhã (3). Alegando necessidade para tratar de assuntos particulares, Faust entregou o pedido de exoneração e agradeceu a oportunidade por desempenhar a função de secretário ao prefeito.

ACEITO

O prefeito aceitou o pedido de exoneração e imediatamente nomeou interinamente o diretor de esportes, Fabio Brugnerotto para exercer a função.

Na página do facebook Faust anunciou a saída com um agradecimento " Os quase quatro anos a frente dessa pasta foram bastante gratificantes por tudo que conseguimos construir pelo município graças a ajuda dos colaboradores da Semel, do prefeito Edgar Bueno, do vice-prefeito Mauricio Theodoro e demais colegas secretários. Acredito que fizemos, juntos, um bom trabalho por Cascavel, alcançando títulos e garantindo apoio ao esporte de nossa cidade tanto do governo municipal, quanto do estadual e do federal. Não foi uma missão fácil, ainda mais considerando a crise financeira pela qual passamos, mas fazer parte da administração pública nunca deveria ser fácil. A todo momento precisamos refletir sobre nossas prioridades de coração aberto, pensando na população com carinho, mas com muita responsabilidade, pois o dinheiro investido em cada ação sai do bolso de todos nos."



03/10/2016 09h05

Cascavel amanheceu com prefeito novo!

Compartilhe


Passado o pleito eleitoral, Paranhos (PSC) eleito prefeito de Cascavel para 2017 à 2020, Cascavel amanheceu mais feliz!!! Paranhos eleito no primeiro turno com 86.099 votos (51.17%), fez o amanhecer dos cascavelenses, na sua maioria, mais alegre!!!

MITO MANTIDO

Alguns mitos são trazidos a discussão nas eleições de Cascavel. EXEMPLO: um deles era de que, quem tinha votos na família Seibert`s, era o Mauro, e não o Mário. Pois bem, o Mito é real neste caso! Mauro Seibert (PP), saiu candidato e fez 1.328 votos, se elegendo vereador.

MITO DERRUBADO I

Alguns MITOS foram derrubados, como por exemplo: Apoio da máquina pública, que segundo a lenda, transforma o candidato apoiado pela maquina em um possível eleito! Caiu o mito: Marcos Vinícius do PSB de Cascavel, teve o apoio da máquina pública na esfera municipal e estadual. Prefeito Edgar Bueno (PDT) e do governador Beto Richa (PSDB) e mesmo assim, ficou em 5º lugar na eleição de prefeito com 6.327 (3,76%) votos.

MITO DERRUBADO II

Outro mito derrubado nesta eleição vai de encontro com uma realidade a muito descartada pelos políticos "SÉRIOS" ; Trata-se de materiais "APÓCRIFOS", distribuídos durante a campanha. A coligação do candidato Marcos Vinicius distribuiu material denegrindo seus opositores. RESULTADO: caiu nas pesquisas e nos votos, a população repudiou tal atitude. Outras situações de materiais apócrifos são as montagens feitas e postadas nas redes sociais, não teve recepção pelo "e-leitor". A sacanagem na mídia eletrônica não deu certo em Cascavel, tão pouco em Toledo. Que diariamente Newsletter era distribuído na cidade na tentativa de denegrir Tita Furlan vice e Lucio de Marchi prefeito. Não deu certo, foram eleitos com mais de 20% de vantagem em cima do atual prefeito, Beto Lunitti.

FINAL

Com tudo isso, fica os indicativos para o próximo pleito. Candidatos tem de ter projetos e plano de governo, não basta dinheiro, não basta apoio da máquina pública, não basta a sacanagem na mídia eletrônica, não basta distribuir apócrifos. O que RESTA é a lição: PLANEJAMENTO para entrar numa disputa eleitoral, o resto, é tudo balela!!!



23/09/2016 17h11

Tribunal de Justiça libera licitação do lixo em Cascavel

Compartilhe


O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, suspendeu na tarde desta sexta-feira (23) as liminares que haviam sido deferidas pelo Juiz da Vara da Fazenda de Cascavel em quatro ações judiciais que questionam o processo de licitação modalidade concorrência pública nº 10/2016, que visa contratar empresa para coleta do lixo urbano de Cascavel, entre outros serviços.

Na decisão o Desembargador Paulo Roberto Vasconcelos afirma que: "Conquanto a suspensão do certame vise à legalidade do procedimento licitatório, a efetivação das liminares neste momento poderia trazer mais malefício do que o proveito esperado. Não se está com isso a chancelar possíveis ilegalidades discutidas nos processos em que as decisões foram dadas - mérito sobre o qual a Presidência do Tribunal não se pronuncia -, mas a reconhecer que tutela melhor o interesse público imediato a contratação que advenha de algum procedimento licitatório, mesmo com os critérios discutidos."

Das razões que o levaram a decidir, segundo informou no texto decisório, destaca-se: "Há, pois, concreta possibilidade de interrupção de serviço essencial relativo à preservação do meio ambiente e manutenção da saúde pública do Município de Cascavel. Ainda que se admita que se abriria a possibilidade de contratação emergencial, diante do término do contrato anterior e da suspensão do procedimento licitatório por força das liminares ora questionadas, não pode ser desconsiderada a evidência de que nessa situação haveria o Município de Cascavel de suportar custos por certo superiores aos que obteria por meio do certamente suspenso, quando então essa suspensão, se não determinasse prejuízo à saúde pública, traria malefício à economia pública."

Portanto, com a decisão, o Presidente não entrou no mérito da decisão do juiz de Cascavel, mas a suspendeu por entender que manter o edital suspenso poderá ser mais prejudicial ao povo de Cascavel do que o prosseguimento do feito, ressaltando que não entra no mérito da discussão.

Licitação foi suspensa em agosto; Veja aqui


21/09/2016 18h09

Dono do jornal diz que publicação é indevida e falsificada

Compartilhe


O empresário Alexandre Zanetti Holleben de Mello, filho do candidato a prefeito Aderbal de Mello, negou qualquer ligação com o jornal apreendido nesta semana no bairro Parque São Paulo, em Cascavel.

A publicação distribuída em bairros de Cascavel leva o nome de Tribuna das Cidades e traz conteúdo para denegrir os candidatos Leonaldo Paranhos e Marcio Pacheco.

O jornal oficial pertence a Alexandre, porém na resposta protocolada nesta tarde na justiça, ele garante que se trata de uma falsificação e que a marca do jornal foi usada de forma indevida.

Durante a apreensão do material na noite segunda-feira (19), o detido declarou que trabalhava para a coligação do candidato a prefeito Marcos Vinicius.

A manifestação de Alexandre foi protocolada no Fórum Eleitoral após solicitação da justiça que avalia a denúncia de material apócrifo, sem assinatura de jornalista responsável.

O inquérito foi entregue na zona 184ª pela Polícia Federal e está nas mãos do promotor eleitoral daquela vara. Corre em segredo de justiça!!!

Jornais são apreendidos pela Polícia Federal; veja aqui








12/09/2016 10h56

Intervenção nacional do PEN na comissão provisória de Cascavel!!!

Compartilhe


No dia 05/09/2016, a Executiva Nacional do PEN se reuniu e, por decisão unanime, decidiram por intervir da comissão executiva do município de Cascavel, nomeando como membros interventores os srs. Presidente, Silmar seibert; vice-presidente, Clovis Renato Petroceli Dias; secretário geral - Renato Armiliado Dias; 1º secretário, Jorge Vilmar Menegatti; secretário comunicação, Rafael Girelli; tesoureiro - Anderson Rodrigo Kachuba; 2º vogal - Ladimir Pietraczk; 3º vogal - Andressa Regina Kachuba.

Após isso, os interventores, por decisão unanime dos presentes, em data de 12 de setembro, decidiram por deixar a coligação majoritária "É a Hora do Novo, Muda Cascavel", que tem como candidato a Prefeito Marcio Pacheco, passando a integrar a Coligação de Paranhos/Jorge Lange.

Em relação à coligação proporcional, decidiram manter todos os candidatos a vereador que formalizaram seus pedidos de registro de candidatura perante a Justiça Eleitoral, entretanto, passam a coligar com o Partido Social Democrático - PSD, formando a Coligação PEN/PSD!

Segundo informações do PEN Nacional, hoje no período da tarde será protocolado no Fórum eleitoral a mudança de coligação do PEN de Cascavel...



08/09/2016 18h12

Pacheco pede bloqueio de WhatsApp de servidor público

Compartilhe


A Coligação "É hora do novo, Muda Cascavel" do candidato a prefeito de Cascavel Marcio Pacheco (PPL), impetrou ação no Fórum eleitoral da Comarca de Cascavel na zona eleitoral 185ª solicitando o bloqueio do WhatsApp do servidor público proibindo ele de continuar postando vídeos que venha denegrir o candidato.

Também solicita a coligação que o judiciário apreenda o aparelho de telefone e bloquei o aplicativo DO REPRESENTADO SERVIDOR PÚBLICO, MARCELINO BRANDÃO.

RESULTADO

O magistrado deu a sentença na seguinte forma: "Deixo de determinar o bloqueio do serviço WhatsApp pela desproporcionalidade da medida, em prejuízo a milhões de usuários".


AINDA ...

...o Magistrado Carlos Eduardo Stella Alves da zona eleitoral 185ª sentenciou o servidor Marcelino Brandão para não mais veicular videos no aplicativo e se isso voltar acontecer, será multado em R$ 10 mil a cada publicação.



02/09/2016 11h28

Prefeito explica obras do BID em reunião secreta - por Luiz Nardeli

Compartilhe



Mais uma peça foi exibida no Teatro Municipal de Cascavel na manhã desta sexta-feira (02). O protagonista: o prefeito Edgar Bueno.

O chefe do executivo inovou durante a apresentação. A exposição entra para o currículo na carreira política e profissional no que diz respeito a aparições na mídia.

Ele convocou uma reunião com todos os candidatos a prefeito de Cascavel para explicar o andamento das obras do PDI financiadas pelo BID e assim abrir a possibilidade que os prefeituráveis pudessem questionar sobre os aspectos do investimento milionário.

No início da reunião Edgar Bueno divulgou o teor da explanação e ao mesmo tempo exercer o poder da "democratura" ? democracia, ditatura ? e disse que a explanação seria "apenas" para os candidatos e servidores da prefeitura que o acompanhavam.

Ele solicitou que todos os jornalistas presentes, as assessorias dos políticos e até mesmo dos assessores da SECOM deixassem a sala.

Ao ser questionado sobre o motivo do ato confidencial ele afirmou que não queria intimidar os candidatos que sentem dificuldade de expressão. Disse que a presença da mídia poderia dificultar questionamentos, e ainda que qualquer deslize pudesse ser usado por adversários políticos neste período de campanha.

Uma coisa é certa a população desta vez a população não vai ficar sabendo o que acontece no projeto do BID.



01/09/2016 10h08

Paranhos lidera pesquisa de intenção de votos - por Luiz Nardeli

Compartilhe


Pesquisa contratada pela (CBN Cascavel) Telecomunicações Campos Dourados Ltda junto ao Instituto Datasonda Pesquisas Ltda, registrada junto ao TSE com o Nº PR-03023/2016 divulgada na manhã de hoje (01/09) trouxe os números de cada candidato a prefeito de Cascavel, conforme segue abaixo:


Para divulgação dos dados presentes nesta pesquisa são necessários - segundo o Tribunal Superior Eleitoral - que TODAS as 7 (sete) informações a seguir estejam contidas da veiculação, juntamente com os dados divulgados:

1. Período de Realização - 27 A 30 de Agosto de 2016.

2. Margem de Erro - 3,0%

3. Intervalo de Confiança - 90%

4. Amostra - 400 Entrevistas

5. Instituto Responsável pela Pesquisa - Datasonda Pesquisas Ltda.

6. Contratante - (CBN Cascavel) Telecomunicações Campos Dourados Ltda - EPP.

7. Número do Registro Perante O TSE - Nº Pr-03023/2016

Se a publicação não contiver alguma das informações acima, poderá ser alvo de sanções (multa), como regula a lei eleitoral.

O registro foi realizado no dia 26/08/2016 e o resultado poderá ser divulgado a partir do dia 01/09/2016.


Pergunta: espontânea | Respostas: únicas | Base: toda a amostra (400) | Tabulação: por candidato INTENÇÃO ESPONTÂNEA DE VOTOS PARA PREFEITO

Paranhos 24,3%
Márcio Pacheco 14,8%
Marcos Vinícius 1,5%
Hélio Laurindo 1,3%
Walter Parcianello 1,0%
Edgar Bueno 0,5%
Salazar Barreiros 0,3%
Aderbal 0,3%
Prof. Ivanildo Claro 0,3%
Branco/Nulo 3,3%
Não Sabe/Nr 52,8%
Total 100,0%



Pergunta: estimulada | Respostas: únicas | Base: toda a amostra (400)

INTENÇÃO ESTIMULADA DE VOTOS PARA PREFEITO

Paranhos 44,3%

Márcio Pacheco 24,8%

Walter Parcianello 4,0%

Hélio Laurindo 2,8%

Aderbal 2,8%

Professor Ivanildo 2,3%

Marcos Vinícius 2,0%

Branco/Nulo 8,5%

Não Sabe/Nr 8,8%

Total 100,0%


Pergunta: estimulada | Respostas: únicas | Base: toda a amostra (400)

REJEIÇÃO ESTIMULADA DE VOTOS PARA PREFEITO

Aderbal 22,8%

Paranhos 9,5%

Marcos Vinícius 6,8%

Hélio Laurindo 6,5%

Márcio Pacheco 5,5%

Walter Parcianello 4,3%

Professor Ivanildo 3,3%

Não Sabe/Nr 41,5%

Total 100,0%



Pergunta: estimulada | Respostas: únicas | Base: toda a amostra (400)

EXPECTATIVA DE VITÓRIA DOS CANDIDATOS A PREFEITO

Paranhos 53,3%

Márcio Pacheco 17,0%

Walter Parcianello 2,8%

Hélio Laurindo 1,5%

Aderbal 1,0%

Marcos Vinícius 0,8%

Professor Ivanildo 0,3%

Não Sabe/Nr 23,5%

Total 100,0%

Pesquisa registrada no TSE com o Nº Pr-03023/2016


19/08/2016 13h24

Tempo e inserções para Rádio e Televisão dos candidatos de Cascavel

Veja como ficou a divisão

Compartilhe


Tempo de Rádio e Televisão por Coligação

Tempo para o cargo de prefeito e vice-prefeito

COLIGAÇÃO TEMPO INSERÇÕES
Partido dos Trabalhadores (PT) 01,22 min. 402 ins.

Amor por Cascavel
(PSB/PTN/PR/PDT/PSDB/PPS) 03,01 min. 887 ins.

Partido Progressista (PP) 00,50 seg. 249 ins.

É Hora do Novo, Muda Cascavel!
(PPL/PRB/PHS/PMN/PMB/
PEN/PCdoB/PROS) 01,03 min. 309 ins.

Partido do Movimento Democrático

Brasileiro (PMDB) 01,22 min. 402 ins.

Se Cascavel Fosse Nossa

(PSol/PCB) 00,14 seg. 69 ins.

Cascavel Mais Humana, Sem Corrupção, Sem Desperdício

(PSC/PSD/PRP/DEM/PTC/

PSDC/PTB/PV/PRTB/

PSL/PTdoB/PSD) 02,08 min. 620 ins.


Tempo de Rádio e Televisão por Coligação

Inserções para o cargo de VEREADOR


COLIGAÇÃO INSERÇÕES

Chapa Helio Laurindo
Partido Progressista (PP) 145

Chapa Walter Parcianello
Partido do Movimento
Democrático Brasileiro (PMDB) 242

Chapa Aderbal Melo
Partido dos Trabalhadores (PT) 242

Chapa Professor Ivanildo
Se Cascavel Fosse Nossa (PSol/PCB) 30

Chapa Marcos Vinicius
Unidos Pelo Trabalho (PSDB/PDT/PPS) 300
Cascavel Para Todos (PTN/PR/PSB) 263

Chapa Paranhos
Partido Social Cristão (PSC) 58
Partido Social Liberal (PSL) 17
Partido Social Democrático (PSD) 137
Mudança com Qualidade (PTC/PTB/PRP/DEM) 189
Cascavel Verde e Solidária (PV/SD) 93
Renova Cascavel PRTB/PTdoB/PSDC 31

Chapa Márcio Pacheco
Por uma Cascavel de Todos (PMB/PCdoB) 44
A Mudança Começa Agora (PPL/PRB) 86
Unidos Por Cascavel (PEN/PHS/PROS/PMN) 83



17/08/2016 11h00

Reunião do Lixo teve bate-boca e surpresa desagradável

Compartilhe


A reunião para apresentação de uma "nova fórmula" para o edital de licitação do lixo em Cascavel acabou em bate-boca.

O encontro na Câmara de vereadores ocorreu na manhã desta quarta-feira (17) na presença de vereadores, imprensa e do secretário municipal de Meio Ambiente, Luiz Carlos Marcon. O ex-proprietário da empresa Engelétrica - que durante 10 anos executou a limpeza pública da cidade - Zequinha Biasio (engenheiro civil e sanitário José Eugênio de Biasio) também esteva presente.

Biasio e Marcon discordaram de alguns itens e houve bate-boca. (Veja o vídeo)

Quando a reunião acabou, o empresário teve uma surpresa desagradável. Um oficial de justiça o esperava no lado de fora e entregou a José Eugênio de Biasio uma intimação judicial que envolve questões econômicas sobre empréstimos contraídos no Banco do Brasil.







Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY