26/05/2015 15h00

Tumulto na Câmara para aprovação de aumento dos servidores

Daqui a pouco mais informações.

Compartilhe


A Câmara de vereadores de Cascavel vota hoje (26) em primeira discussão o projeto de lei 49/2015 que trata do reajuste no vencimento dos servidores públicos municipais e o projeto de lei 50/2015 que altera o valor da cesta básica previsto na lei municipal 5.693 de 25 de maio de 2011.

6%

O poder executivo do município enviou a câmara o anteprojeto que prevê um reajuste no vencimento do servidores públicos de 6% sendo 3% para o mês de maio e o restante para outubro, da mesma forma o reajuste da cesta básica.

Em massa

Os servidores do município compareceram em massa no plenário da câmara nesta tarde, a sessão que estava prevista para início às 14h30, teve um atraso de meia hora, sendo que esse atraso se dá ao fato de que os servidores querem a retirada do projeto (conforme vídeo) e os vereadores se reuniram na antessala para discutir o projeto.

Daí o atraso para o início da sessão. Os servidores pedem a retirada do projeto, mas se ele for retirado de votação os prejudicados serão eles, que ficarão sem o aumento no mês de maio.

Daqui a pouco mais informações.






25/05/2015 11h46

Por 12 votos a 5, Ganso Sem Limite continua vereador

Votação ocorreu na manhã desta segunda-feira (25) em Cascavel

Compartilhe


Terminou a votação do pedido de cassação do vereador Ganso Sem Limite, Jeovane José Machado (PSD), nesta segunda-feira (25) em Cascavel. Por 12 votos a 5, o parlamentar não foi cassado.

Antes mesmo da votação nominal, o resultado já era certo. Vários vereadores falaram e todos, menos o presidente Comissão de Ética e o relator, Paulo Porto, defenderam a não cassação de Ganso.

Segundo a maioria, o possível crime cometido não foi para benefício próprio e sim para ajudar a população.

VOTAÇÃO
17 vereadores votaram

A FAVOR DA CASSAÇÃO

5 votos

Celso Dal Molin (PR)
Jorge Menegatti (PSC)
Paulo Porto (PCdoB)
Pedro Martendal (PSDB)
Professor Paulino (PT)

CONTRA A CASSAÇÃO

12 vereadores

Aldonir Cabral (PDT)
Cláudio Gaiteiro (PSL)
Fernando Winter (PTN)
Carlinhos (suplente de Jaime Vazatta)
João Paulo de Lima (PSD)
Jorge Bocasanta (PT)
Luiz Frare (PDT)
Luiz Burgarelli (PDT)
Nei Haveroth (PSL)
Robertinho Magalhães (PMN)
Rui Capelão (PPS)
Walmir Severgnini (PROS)

Faltaram a sessão

Rômulo Quintino (PSL)
Vanderlei do Conselho (PSC)

O Presidente da Casa determinou o arquivamento do relatório e o vereador Ganso continua legislando e sem punição alguma sobre a denúncia.


25/05/2015 09h32

Ganso sem Limite vai a julgamento pela cassação

O tema está na pauta de votação desta segunda-feira (25)

Compartilhe


O vereador de Cascavel, Ganso Sem Limite (PSB), depois de várias oitivas e responder ao processo investigativo por ter supostamente burlado a fila do SUS vai a julgamento de cassação nesta segunda-feira (25).
Cassação

Nos bastidores da Câmara Municipal de Cascavel os comentários são de que se Ganso for cassado pelo o ato praticado outros vereadores devem seguir o mesmo caminho, ou seja, responder pelo mesmo crime de burlar a fila o SUS.

O vereador demonstra-se tranquilo quanto à votação de cassação ou não do mandato legislativo.

- Advogado do vereador Ganso Sem Limite fala por 30 minutos

O advogado de defesa do vereador Ganso Sem Limite, João Paulo Pyl usou a tribuna da Câmara de Vereadores para defender o parlamentar das acusações e da possível cassação indicada pelo relatório do conselho de ética da casa.

Durante 30 minutos, o defensor falou e exibiu um vídeo para expor falhas apontadas por ele no processo de investigação.

Segundo ele, pessoas ligadas ao fato não foram ouvidas, tais como o médico que atendeu a paciente e a servidora que autorizou o atendimento no Cisop.

Também argumentou a defesa que ?na dúvida o voto deve ser em favor do réu, já que o relatório apresentado não tem consistência para cassar o vereador?, argumentou Pyl na tribuna.





21/05/2015 11h28

Conselho de Ética aprova cassação de Ganso sem Limite

Compartilhe


Acabou neste momento a votação dos membros do Conselho de Ética da Câmara de Vereadores de Cascavel, em que o relatório do vereador Paulo Porto indicando a cassação do vereador Ganso sem Limite, por burlar atendimento de saúde no CISOP. Foram 3 votos favoráveis ao relatório e 2 contrários. Votaram a favor o relator Paulo Porto, o presidente do Conselho Pedro Martendal e vereador Jorge Menegatti. Contra o relatório Walmir Servegnini e Robertinho Magalhães.

PARA O PLENÁRIO
Agora aprovado o relatório segue protocolo para a secretaria da Câmara, em que o presidente colocará em pauta de votação em plenário na próxima sessão. O processo de cassação se Ganso será ou não cassado só será definido na próxima semana, quando será submetido a todos os vereadores da Casa, para cassar ou não Ganso sem Limite.

Mias informações no Jornal da Catve às 12h25



21/05/2015 10h11

Conselho volta à mesa e dá direito a defesa de Ganso

Compartilhe


O presidente do Conselho de Ética, Pedro Martendal retornou a sessão e concedeu 30 minutos para o advogado de defesa Ganso sem Limite, e este declarou ser humanamente impossível analisar um relatório em 15 minutos de intervalo. Todavia o vereador Walmir Servegnini baseado no artigo 15 no inciso 6º do Regimento Interno pedirá vista e dará 10 dias de prazo para a defesa se manifestar. No momento ainda não foi pedido as vistas, porém pode acontecer em instantes.

Mesmo tendo possibilidade do pedido de vista de um dos membros do Conselho, não será feito na sessão, e o advogado continua fazendo a defesa do vereador com suas alegações contrárias a indicação do relatório. De antemão vale ressaltar que a defesa ressalta tempo curto e documentações vazias e encaminhada para elaborar uma defesa mais consistente com provas, inclusive citou que dvds foram encaminhados a ele (defesa) sem conter nada gravado.




21/05/2015 09h54

Paulo Porto termina leitura de relatório do vereador Ganso

Compartilhe


O vereador Paulo Porto (relator) do processo instaurado junto ao Conselho de Ética da Câmara de Vereadores de Cascavel acabou a leitura deste que, está sendo tramitado na denúncia de burlar o Sistema Único de Saúde.

RELATÓRIO
O relatório do Conselho de Ética feito pelo relator indicou a CASSAÇÃO do vereador Ganso sem Limite.

DEFESA
Após o término da leitura os encaminhamentos que a defesa fizesse oralmente em plenário o procurador do vereador denunciado Paulo Pyl pediu aos membros da Comissão direcionando ao presidente do Conselho de Ética um tempo para que pudesse analisar mais detalhadamente a indicação do relator, haja vista que o relatório só foi divulgado durante a sessão que acontece no momento. O presidente suspendeu a sessão por 15 minutos e deverá voltar logo mais. Não se sabe se em 15 minutos dará para a defesa elaborar seus questionamentos.



21/05/2015 09h00

Conselho de Ética começa sessão para julgar Ganso sem Limite

Compartilhe


O vereador Ganso sem Limite (PSD) que vem respondendo na Câmara de Vereadores sobre possíveis irregularidades quando tentou "burlar" a fila de atendimento no CISOP, neste momento está no plenário para se defender do relatório que indica cinco itens para punir o vereador.

SUSPENSÃO
Os itens indicados para que Ganso possa responder pelo ato praticado vai desde suspensão até cassação de mandato. No entanto, o relatório só apareceu em plenário para que os demais membros do Conselho de Ética possam votar com o relator, vereador Paulo Porto (PCdoB) há pouco, porém, seja o que for que esteja indicado no relatório ainda não se tem um parecer para que possamos divulgar a população cascavelense.

CASSAÇÃO
O portal catve.com e a CATVE acompanharam passo a passo o desenrolar deste processo e, neste momento como colunista do portal posso arriscar um palpite: "o relatório será pela cassação de Ganso sem Limite", no entanto, resta saber como serão os votos demais membros do Conselho, se acompanhar o relator ou se votam contrário ao relatório. De qualquer maneira o relatório vai ao plenário na próxima segunda-feira. Daqui a pouco mais informações sobre o assunto.





12/05/2015 16h31

Projeto para asfaltar 4 bairros é aprovado em Cascavel

Compartilhe


O projeto de lei nº 33/2015 - que o Executivo pede autorização a Câmara para contratar operações de crédito junto ao BRDE - foi aprovado nesta tarde (12), por unanimidade de votos pelos vereadores presentes no plenário.

QUATRO BAIRROS
O financiamento no valor de R$ 7,115 milhões beneficiará os bairros Cataratas, Interlagos, Presidente e Santa Felicidade. De antemão mais uma vez vereadores de oposição e situação travaram um debate "nada" político e democrático, mas sim um debate político partidário entre oposição e situação. A oposição tentava inserir no debate que o projeto tinha cunho eleitoreiro, enquanto a situação se defendia alegando comprometimento com o bem estar dos moradores destes bairros. No entanto o projeto foi aprovado até porque a oposição queria de qualquer forma se somar aos "louros" que os gestores investidos em cargos públicos terão no final da obra realizada.

"BUNDA NA CADEIRA"
Está difícil de acompanhar as sessões da Câmara Municipal de Cascavel. Vereadores "ignorantes políticos" e que não sabem o que é legislar não conseguem distinguir um projeto de um anteprojeto. Membros da oposição tais como: Jorge Bocasanta e Rui Capelão jogavam palavras ao vento, inclusive alegando Jorge Bocasanta, que neste projeto poderia ter falcatrua, ou seja, muito pobre em discurso de verba carimbada. Quanto a bunda na cadeira, nenhum desses vereadores que compõem o legislativo cascavelense levantam a "bunda da cadeira" para sequer ir a secretaria de Obras pegar o nome das ruas que irão ser asfaltadas para poder ter argumento no debate em plenário. Tão pouco os vereadores de situação também o faz para defender o projeto. Ou seja, a Câmara de Vereadores de Cascavel gasta cerca de R$ 1,2 milhão por mês simplesmente para debater e jogar palavras ao vento enquanto a mídia fica de "bobo" escutando tais asneiras. O dever do vereador é fiscalizar, mas nem isso eles fazem nos últimos tempos.



12/05/2015 14h38

Vereador Luiz Frare assume presidência da Câmara

Compartilhe


A sessão da Câmara de Vereadores de Cascavel que está sendo realizada neste momento tem novo presidente mediando as votações. O vereador Luiz Frare (PDT), primeiro vice-presidente da Casa assumiu a presidência da 30ª sessão ordinária da 3ª sessão legislativa da 15ª legislatura, haja vista que o presidente titular, vereador Gugu Bueno (PR), encaminhou a Casa hoje (12) ofício informando sua ausência na sessão para fins de tratamento de saúde. Luiz Frare abriu a sessão e solicitou ao vereador Robertinho Magalhães para que assumisse a primeira vice-presidência ao seu lado, já que tem experiência quando foi presidente em 2012 por 8 meses. Vale ressaltar que a sessão de hoje conta com apenas dois titulares na mesa diretora, já que Jaime Vasatta, Gugu Bueno e Marquinhos Rios estão ausentes para tratamento de saúde. Só resta saber quem será o próximo a deixar a mesa diretora, Rômulo Quintino ou Luiz Frare.



11/05/2015 10h48

Financiamento para asfalto gera debates acalorados na Câmara

Compartilhe


O projeto de lei do Executivo Municipal de número 33/2015, que autoriza o poder executivo a contratar operações de crédito junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), gerou debates acalorados durante a votação do mesmo na Câmara de Vereadores de Cascavel nesta manhã (11).

R$ 7,115 milhões
A prefeitura de Cascavel está solicitando empréstimo junto ao BRDE de R$ 7,115 milhões para asfaltamento total em quatro bairros da cidade. São eles: bairro Interlagos, Cataratas, Santa Felicidade e Presidente. Durante a votação o objeto do projeto gerou desconfiança dos vereadores de oposição. A desconfiança é que ao financiar R$ 7,115 milhões e ao término da obra este valor ficar abaixo do solicitado o restante das verbas serão utilizados para outra obra - fazendo politicagem às custas do erário público.

ENDIVIDAMENTO
O vereador Jorge Bocasanta fez uso da palavra e disse que a prefeitura teria de enviar a Câmara um projeto com análise mais apurada, para que o município no futuro não fique sem poder de novos financiamentos, já que, a próxima administração se seguir o rito que vem sendo seguido - de financiamento em cima de financiamento - não terá suporte para investimentos para a próxima gestão.

VEREADOR MENEGATTI
Para Menegatti o prefeito está cumprindo o prometido em campanha eleitoral, ou seja, asfaltar 100% o município de Cascavel até o final da gestão, porém, disse que o asfalto também é importante no Lago Azul, já que foi prometido e este não consta neste projeto. Falou ainda: "fazer a obra pública com financiamento qualquer município faz, seja Santa Tereza, Curitiba, Maringá e, até Cascavel". Também adiantou que a próxima administração vai ficar ingovernável para quem assumir, uma vez que os endividamentos que vêm sendo realizados no momento ficarão inviáveis para a próxima gestão buscar verbas para investir em Cascavel.

VEREADOR CABRAL
O vereador que passados dois anos nunca se vê abrir a boca nas discussões políticas no plenário da Câmara pediu a palavra hoje. Mas, quando a palavra lhe foi dada percebeu que o pedido era tão somente para auxiliar seus "colegas da base". Concedeu aparte para Luiz Frare e Claudio Gaiteiro que não podiam mais pedir a palavra e defender o projeto sobre o mesmo assunto, pois já haviam feito. Então: não foi desta vez que ouvimos a voz do vereador Cabral. Nem para defender e nem para criticar um projeto sequer na Câmara de Vereadores.

GUGU BUENO
O presidente da Casa, Gugu Bueno, fez uso da tribuna e, disse em alto e bom som: "nunca ouvi tantas bobagens serem ditas em um debate como hoje". E acrescentou: "temos que ser responsáveis pelo menos para termos conhecimento da administração pública, haja vista que ouvi tantos discursos da oposição que as sobras das verbas deste financiamento serão utilizados em outras obras, ora, se a prefeitura contratar um serviço por menos do que o pedido de empréstimo de R$ 7,115 milhões, o município ficará devendo tão somente o valor utilizado, não existe sobra de verbas em financiamento que é verba carimbada para os projetos que já foram analisados pelo BRDE". Sendo assim, o município só vai se endividar com o valor utilizado para pagamento da obra do asfalto. O projeto foi aprovado por unanimidade de votos, ou seja, oposição e situação votaram juntos no projeto por entender que isto beneficiará a população dos bairros de Cascavel.



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY