15/06/2015 11h55

Permuta de imóveis urbanos em Cascavel gera debates na Câmara

Compartilhe


O Município de Cascavel encaminhou a Câmara de Vereadores de Cascavel mais um projeto solicitando a desafetação e permuta de imóveis urbanos. O projeto que dá prosseguimento a Construção da Mobilidade Urbana que corresponde ao PDI (Plano de Desenvolvimento Integrado), foi aprovado na sessão de hoje (15) em primeira votação com 16 votos favoráveis e dois contrários.


TERRENOS DO MUNICÍPIO
A permuta não deixa de ser salutar, todavia gerou debates na Câmara devido a metragem e valores de avaliações sobre as áreas. O município dá uma área de 3.559,25 M2, situado no ?Jardim das Nações? no Bairro Pacaembu e recebe do empresário quatro terrenos com área de 1.680 M2 situada Bairro São Cristóvão ? Jardim Gramado.

OPOSIÇÃO
Mesmo sendo uma permuta, os valores avaliados das áreas levantou suspeição por parte dos Vereadores Jorge Bocasanta (PT) e Rui Capelão (PPS). Ambos não entenderam porque a diferença de metragem. Também o porquê os valores de avaliação da prefeitura das áreas são tão diferentes se a os terrenos em questão, não são tão distantes um do outro.

TERMINAL DE TRANSBORDO
Segundo a Justificativa do projeto para desafetação e permuta, as áreas permutadas servirão para edificar o Terminal de Transbordo dos Ônibus Coletivo da Região Leste. De outro lado, as explicações na Câmara sobre a diferença de metragem das áreas, foram de que a área permutada do empresário, fica a beira da BR 277 no Jardim Pacaembu, porém em local que não tem saída, a rua acaba antes da BR.

VIADUTO
A única dúvida que gerou é que um viaduto está programado para aquele local, este viaduto irá ligar o bairro Pacaembu com o Cascavel Velho. Ou seja, duas quadras da área do Município. Esta área é justamente a que será permutada com empresário.




15/06/2015 11h53

É constante a ausência de vereador na Câmara de Cascavel

Compartilhe


Parece que virou rotina a ausência do vereador Pedro Martendal (PSDB) nas sessões da Câmara Municipal de Cascavel. Constantemente o vereador não comparece as sessões legislativas. E a explicação sempre a mesma. Viagem a capital do Estado para tratar de assuntos referente a a sua participação em Conselhos públicos de interesse do Estado ou da Federação.

VEREADOR PRA QUÊ?
Perguntamos: Para que ser vereador no município se o que interessa é não lutar para os interesses do município? De que adianta resolver o problema ?Global? se não resolve os assuntos pertinentes daqueles que os representa no município? Afinal de contas, foi eleito para fiscalizar e Legislar para o município de Cascavel e não para resolver problemas de cunho de outros municípios do Estado e do Brasil. Esse problema penso que deveria deixar para os deputados estaduais e federais que representam o município e a Região, ou então que se licencie do cargo de vereador e de oportunidade à outros que possam trabalhar em prol da população de Cascavel.




10/06/2015 12h02

Shopping Catuaí em Cascavel será uma realidade

Compartilhe


Depois de mais de ano, e interdição da obra do shopping Catuaí, em Cascavel finalmente, na semana passada as partes se reuniram e uma pauta de requisitos para a continuidade da obra foi feita entre representantes do shopping, do Executivo municipal de Cascavel, Ibama, IAP e Ministério Público Federal, representado na oportunidade pelo procurador Thales Fernando do Lima.

Nesta manhã

Fontes informaram o portal catve.com e a Catve que o acordo feito na semana passada e, que gerou a pauta de obrigatoriedade por parte do shopping, foi aceita pelos representantes do Catuaí e restando apenas a redação dos itens para que a justiça receba e despache positivamente para que as obras "do tão sonhado shopping Catuaí para Cascavel" reinicie suas obras e que, no contexto, gere divisas e empregos para a população do oeste paranaense.



09/06/2015 11h44

Prefeito Edgar responde pauta de reivindicações do Sismuvel e Siprovel

Compartilhe


Como antecipamos no Bate Rebate de quarta-feira passada, quando o presidente do Sismuvel, Riciery D Estefani participava do programa, que o prefeito deveria responder as reivindicações da pauta no máximo até terça-feria (9).

Como a informação de que isto poderia acontecer foi legítima e confiável o secretário de Administração Alisson da Luz, antecipou na segunda-feira no Bate Rebate que a pauta seria respondida aos dois sindicatos hoje. O prefeito assinou nesta manhã os ofícios respondendo as reivindicações e que deverá ser protocolado nos sindicatos (Sismuvel e Siprovel) no período da tarde.



09/06/2015 11h40

Lei de beber em local público é inconstitucional

Compartilhe


A Câmara de Vereadores de Cascavel aprovou lei no ano passado que proibia o uso de bebidas alcoólicas em locais públicos. O prefeito vetou a lei, porém a Câmara derrubou o veto e promulgou a mesma. A prefeitura entrou com uma ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) e, nesta semana o Tribunal de Justiça julgou e deu no mérito da lei a inconstitucionalidade da mesma, sendo assim, a lei não tem mais validade a partir de então. E os bobódromos poderão continuar consumindo bebida alcoólica a bel prazer.



09/06/2015 11h37

Professores estaduais voltarão às salas de aula

Compartilhe


Acabou há pouco há Assembleia da APP Sindicato em Curitiba e a decisão tomada pelos professores da rede estadual foi de suspender a greve e voltar às salas de aula de imediato. Assim sendo, os alunos deverão retornar às escolas ainda nesta semana.

Mais informações no Jornal da Catve 1ª Edição.



08/06/2015 13h34

Pérolas durante discussão do projeto "Vacinação Gratuita para Idosos"

O vereador Celso Dalmolin disse que "O Idoso saudável, dá lucro para o município"

Compartilhe


A Câmara de Vereadores de Cascavel aprovou hoje (08) pela manhã, projeto assinado pela maioria dos vereadores sobre a Instituição da Campanha Publicitária para "Vacinação Gratuita para Idosos". Com parecer contrário da Comissão de Finanças, os vereadores derrubaram o parecer e aprovaram o projeto com 16 votos favoráveis e 3 contrários.

PÉROLAS I

O vereador Celso Dalmolin (PR), um dos autores do projeto, ao fazer a defesa na Tribuna do projeto, soltou um das pérolas: "O Idoso saudável, dá lucro para o município". Oras; na concepção da argumentação referente ao projeto, seria prudente dizer; Idoso saudável, não dá prejuízo ao município. Até porque, ser saudável não significa arrecadação municipal, e sim, não dar despesas ao município! Fica o registro!



PÉROLAS II

Já o vereador Professor Paulino (PT), no seu discurso, alegou que criança não dá lucro ao município, tudo para fazer uma comparação ou "enfeitar" o discurso quanto ao projeto da campanha publicitária, "Vacinação Gratuita para Idosos".

Como o Município que tem de fazer o papel de administrar para o povo, pode pensar em obter lucros com os cidadãos a não ser com os impostos pagos pelos contribuintes. Deixar de utilizar escolas públicas, UBSs e ou, quaisquer serviços de responsabilidades do estado, não significa lucros ao município, mas sim, deixar de ter prejuízos! Não seria isso vereadores?




08/06/2015 13h32

Desafetação de imóvel público "vira moda" em Cascavel

Câmara Municipal ja aprovou autorização para venda de 116 imóveis públicos

Compartilhe


Desafetar áreas públicas virou praxe em Cascavel. Nos últimos meses alguns projetos para desafetação de imóveis públicos são constantes na pauta de votação da Câmara Municipal.


CONTRAPARTIDA

No mês passado (maio), a Câmara Municipal aprovou autorização para que o município pudesse colocar a "venda" 116 imóveis públicos. Segundo as explicações do Executivo Municipal e acatado pela maioria dos vereadores, foram de que a arrecadação desses imóveis leiloados, servirá para a Prefeitura dar a Contrapartida no projeto do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para execução das obras de Mobilidade Urbana.

PEDIDOS

Nesta gestão que iniciou em janeiro de 2013, alguns imóveis foram solicitados pelo Executivo para desafetação. Para não perder o "costume", hoje durante a sessão da Câmara, mais um projeto do Executivo Municipal pedindo a desafetação de imóvel foi aprovado por 17 votos favoráveis e dois contrários.


RUA

Segundo as discussões em plenário, o imóvel votado hoje para desafetação, trata-se de uma rua, segundo o vereador Jorge Bocasanta (PT).

DA COLUNA

"Se a moda pegar, algumas ruas de Cascavel deverão ser desafetadas em um futuro bem próximo, só falta saber quem serão os beneficiados com tais projetos"!




02/06/2015 16h02

Câmara autoriza concessão de uso para Igreja Evangélica por 10 anos

Compartilhe


A Câmara de vereadores de Cascavel aprovou na tarde desta terça-feira (02), para o Poder Executivo, autorização de Concessão de direito real de uso de bem público a Igreja Assembleia de Deus.

CONTRÁRIOS
Dois vereadores, Paulo Porto e Rui Capelão, votaram contra os dois projetos do Executivo que pedia autorização a Câmara para conceder duas áreas para implantação de escola dominical e ação social aos moradores do Loteamento Lumar- Brasmadeira e no Distrito de São João do Oeste. Para eles, esta concessão abre precedentes para que no futuro, outras entidades poderão solicitar junto ao Poder Executivo, a mesma coisa. Sendo que o Município não vai ter áreas suficientes para atender esta demanda.

ONEROSA
Para os vereadores que votaram a favor, um deles, Rômulo Quintino, pastor da Igreja beneficiada, isto não acontecerá, já que estes dois projetos são os últimos que se enquadra na Lei do Município e também Concidade (Conselho da Cidade). De agora em diante, segundo Rômulo, toda área de concessão que o município fará, será concessão onerosa, ou seja, a entidade que solicitar área de concessão, terá de recolher aos cofres públicos um valor para que seja concedido tal benefício.

MANDA QUEM ...
Pode, obedece quem quiser. Mais ou menos assim funcionou a aprovação deste projeto. Para quem viu, viu, quem não viu, não verá novamente!




02/06/2015 12h35

Projeto do "CASTRA MÓVEL" deverá chegar a Cascavel

Compartilhe


Há tempos se discute em Cascavel a questão dos "caninos e felinos" de rua! O que fazer com esses animais que proliferam dia a dia? As ONGs tentam fazer a sua parte para redução deste animais em situação de rua, porém não tem obtido muito sucesso junto ao poder público municipal.

CONVÊNIOS

Alguns projetos já foram discutidos na Câmara de Vereadores, mas nenhum emplacou. Foram projetos da criação do Centro de Zoonoses e o da colocação de "chip" nos animais de rua e também aqueles que possuem um Lar. O modelo de chipagem gratuita, seria para os animais de rua e aos de propriedade das famílias de baixa renda, estes seriam "bancados" pelo poder público, já que o Centro de Zoonoses segundo o Executivo Municipal é oneroso para o município, todavia, o projeto da chipagem também não entrou em vigor.

CASTRA MÓVEL

O deputado federal, Evandro Roman (PSD) trouxe a Cascavel a ideia existente em outros municípios para implantar o "CASTRA MÓVEL". O que seria isto? Seria um projeto de convenio entre o Município e as ONGs para Castrar os animais de rua e de famílias de baixa renda. Dois Ônibus equipados percorriam nos finais de semana os bairros e periferias de Cascavel, acompanhado por representantes das ONGs castrando os animais de rua e os das famílias de baixa renda.

CONVÊNIOS

O projeto ainda que em seu início, chegou a Câmara de vereadores hoje pela manha, através da assessoria do deputado Evandro Roman. Segundo o assessor Michel Souza, o que precisa é de um convênio entre o Município e as ONGs. A Prefeitura disponibiliza dois médicos veterinários e o aparelhamento da clinica dentro dos ônibus itinerantes. Os ônibus seriam adquiridos como doação da Receita Federal. Se o projeto for aceito, as ONGs acompanhariam e realizariam os trabalhos junto com os profissionais do Município. Para isso, seria necessário um convênio para prestação desses serviços em conjunto. Grande Projeto, caso o Município acate a ideia, não acham?



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY