31/01/2017 15h44

Prefeito Paranhos quer acabar com a "farra" do "faz de conta"

Compartilhe


Eleito com uma proposta de inovação administrativa, o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC) vem implantando um sistema rígido nos primeiros 30 dias de governo. Três vezes por semana acontece a Escola de Governo, onde os gestores de cada pasta - secretarias-, fazem uma explanação para todos os secretários, diretores, gerentes e chefes de setores das outras secretarias no auditório da Prefeitura.

RESULTADO

O resultado parece não muito satisfatório para ele e para a população. A cada explanação feita, falhas ocorridas na administração passada (Edgar Bueno PDT) são mostradas no "TELÃO" da verdade! Cada secretaria que demonstra a situação caótica que foi encontrada nestes 30 dias de governo, a preocupação aumenta no terceiro Piso do Paço.

CEREJA DO BOLO

É nítido que as explanações feitas e divulgadas à população sobre a situação que o município se encontra, é um ato de se aplaudir.

Todavia, não podemos esquecer que ao se candidatar a prefeito, e eleito posteriormente, Paranhos sabia que a cidade não era A CEREJA DO BOLO que enxergávamos. Então fica o questionamento ao Prefeito: o que fazer para resolver os problemas deixados pela administração anterior? 30 dias se passaram e ainda faltam algumas secretarias para fechar o ciclo do primeiro turno de explanações. E AGORA? O que fazer?

FAZ DE CONTA

Na política parece que tudo não funciona, é o tal do "FAZ DE CONTA". A população reclama, os gestores faz de conta que atende, mais na realidade, tudo vai sendo empurrado com a "barriga". Será que até o "coelhinho da Páscoa" passar, um novo ciclo de explanações será feito? Cerca de 90 dias terão passados, aqueles que apontaram o caos de suas pastas, já terão definidos ou executados a implantação de um novo sistema para resolver os apontamentos e assim, iniciar a reconstrução de Cascavel?

PAREDES

As paredes de um gabinete importante da prefeitura de Cascavel nos informaram que quando o segundo ciclo de explanações chegar, aqueles que mostraram os problemas de suas respectivas pastas e não resolveram, no caso os secretários e diretores da atual administração, podem preparar a "MALA". Segundo as paredes, o prefeito Paranhos quer competentes a seu lado, e não amigos para massagear seu ego! Será?



30/01/2017 15h03

Estamos de volta: Feliz 2017 aos amigos e inimigos!

Compartilhe


A volta das férias sempre há situações inesperadas! Para nós, sempre há uma esperança de que o início de ano mudanças vão acontecer. Principalmente em se tratando de nova gestão administrativa do Executivo Municipal e Legislativo!

Mas pelo jeito em Cascavel, "tudo continua como Dantes no Quartel de Abrantes". De todo modo, nós do Portal Catve.com, continuaremos levando a informação, opinião e críticas para nossos leitores.

TRABALHAR É PRECISO

A nova administração que iniciou 2017, encontrou uma cidade esburacada, matagal tomando conta dos terrenos baldios e dos próprios públicos, saúde com as grandes filas no atendimento, alguns Postos de Saúde sem a mínima condição de dar ao povo um atendimento digno, tal são as condições precárias na estrutura física de algumas UBSs.

Reclamações sobre a falta de vagas nos Cmei´s, escolas sem condição para receber professores e alunos. Enfim, o prefeito Paranhos terá que trabalhar muito para deixar o Município na lista das cidades boas para se viver!


FELIZ 2017 à TODOS!!!



13/12/2016 16h42

Cordeiro terá último ato na quinta-feira (15)

Compartilhe


O coordenador regional do escritório da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná) de Cascavel, Odejalma Cordeiro, estará pela última vez em evento oficial da Companhia na próxima quinta-feira (15) junto com o governador Beto Richa na entrega de moradias.

Segundo informações palacianas, após o ato na segunda-feira, Cordeiro estará definitivamente exonerado do cargo público.

CORDEIRO

A coluna falou com o coordenador nesta tarde e ele disse que "saio triste por ter feito tudo o que podia para construção de moradias populares à população da região oeste. Porém é de responsabilidade do governo manter ou não nomeações em sua gestão".

Diante disto, supõe-se que a saída de Cordeiro é estritamente política, uma vez que a indicação do deputado André Bueno, base do governo na ALEP, falou mais alto. Severino Folador será o novo coordenador regional do escritório da Cohapar.



13/12/2016 11h05

Odejalma Cordeiro é exonerado e Folador assume função

Compartilhe


O coordenador regional do escritório da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná) de Cascavel, Odejalma Cordeiro, foi exonerado pelo governador Beto Richa (PSDB) nesta terça-feira (13).

Em seu lugar assume Severino José Folador.

Folador já ocupou o cargo de coordenador regional do governo Richa, porém tinha sido afastado da função em outubro por divergência de ideias com o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Pepe Richa (irmão do governador).

Q.I.
A indicação de Folador para o cargo na Cohapar é do deputado André Bueno (PDT) ? filho de Edgar Bueno, prefeito de Cascavel.

Fim da história

E aí, você entendeu?




12/12/2016 12h31

Pedido na LOA do Cheque em Branco é de 15%

Compartilhe


O projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) aprovada em 1ª votação na manhã de segunda-feira (12) na Câmara de Vereadores de Cascavel, receberá amanhã oito emendas que modificam o orçamento incluindo ações e remanejam recursos das secretarias.

No entanto, o pedido do Executivo é de 15% para que o prefeito possa remanejar sem a necessidade de aprovação preliminar pela Câmara. Os comentários nos bastidores dão conta de que haverá proposição por parte de vereadores que este índice percentual, seja de 20%.




12/12/2016 12h21

Aumento para Prefeito, Vice e Secretários de Cascavel só em 2018

Compartilhe


Foi aprovado na Câmara de Vereadores de Cascavel, em 1ª votação o projeto de Lei nº 110/2016 que define os subsídios do Prefeito, Vice-prefeito e Secretários do Município para o mandato de 2017/2020.

SALÁRIOS FIXADOS

Salário do Prefeito ........R$ - 24.104,25
Vice-prefeito..................R$- 15.625,77
Secretários Municipais...R$- 15.625,77

CORREÇÃO

No seu Art. 2º diz que os subsídios de que trata esta Lei, serão revisto a partir do segundo ano do mandato 2017/2020 com base na revisão geral anual concedida nos mesmos índices e na mesma data dos servidores públicos do Município de Cascavel, utilizando o Índice Nacional de Preço ao Consumidor, ou seja o reajuste será pelo INPC dos últimos 12 meses.

2018

Com base no Art. 2º, o prefeito, vice e secretários só terão seus subsídios reajustados em 2018 na data base do reajuste dos demais servidores.

MESMO ÍNDICE

Segundo os representantes da Mesa Diretora da Câmara, proponentes do projeto, este projeto vem de encontro com a equiparação nos índices de reajustes dos servidores e dos vereadores que já possui Lei aprovada. Com esta votação de hoje, todos os agentes públicos do Município terão os mesmos índices de reajustes dos salários e subsídios! Servidores, Vereadores, Prefeito, Vice e Secretários Municipais.



09/12/2016 12h59

Câmara de Cascavel poderá ter sessões extraordinárias no recesso

Compartilhe


A Câmara Municipal de Vereadores de Cascavel entra em recesso no dia 20/12/2016; data da última sessão Legislativa Ordinária. O retorno do Recesso Parlamentar será no dia 06/02/2017, já com novos vereadores empossados.

SERVIDORES

Já para os servidores do Legislativo Cascavelense, os trabalhos irão até o dia 22/12/2016 e o retorno programado para o dia 02/01/2017. Não haverá férias coletivas este ano.

POSSE

A posse dos vereadores e prefeito e vice, ocorrerá no dia 01/01/2017. No dia 02 de janeiro, servidores da Câmara e da Prefeitura Municipal já estarão trabalhando normalmente.

SESSÃO ORDINÁRIA
Como no recesso Parlamentar não poderá ter sessões ordinárias na Câmara, se caso haver necessidade, o presidente do Legislativo terá de chamar sessão Extraordinária.

SESSÃO EXTRAORDINÁRIA
Como neste ano é final de gestão e de Legislatura, provavelmente a Câmara Municipal de Cascavel convocará Sessão Extraordinária ainda dentro do tempo que resta para o iniciar o recesso. É a chamada "Sessão Limpa gaveta". Alguns projetos deverão ser votados para limpar a pauta de projetos que ainda não foram a plenário. Se isso ocorrer, as duas próximas semanas será de trabalho intenso no Legislativo cascavelense!



08/12/2016 15h47

Paranhos faz o dobro dos votos que os 21 vereadores eleitos em Cascavel

Compartilhe


A coluna buscou sanar uma curiosidade entre a população de Cascavel. O Estado de Direito possui TRÊS Poderes independentes!

EXECUTIVO, LEGISLATIVO e JUDICIÁRIO. Mas a curiosidade maior é sobre a questão de "poder", não o poder como democracia, é "poder" de mando, e neste diapasão, o Poder Legislativo cascavelense perde feio para o Executivo quando o assunto são números de votos obtidos por cada Poder representante da população de Cascavel.

PREFEITO ELEITO

Leonaldo Paranhos do PSC obteve 86.099 votos do eleitorado, somando 51,17% dos votos válidos. Foi eleito no primeiro turno concorrendo com SEIS candidatos a prefeito.

VEREADORES ELEITOS

Somados a votação de cada vereador eleito (abaixo descritos) atingimos um número ínfimo comparado ao número de votos obtido pelo prefeito eleito. Como no Estado democrático, todos possui o mesmo poder de voto, não importa a quantidade de votos obtidos para o Legislativo, desde que esteja eleito, o voto terá o mesmo valor no plenário quando na votação de projetos e hierarquia não existe para os 21 vereadores de Cascavel.

Vereadores Partido % VOTOS
Romulo Quintino PSL 2,04 3.397 votos
Pedro Sampaio PSDB 1,90 3.159 votos
Madril PMB 1,70 2.832 votos
Serginho Ribeiro PPL 1,67 2.778 votos
Gugu Bueno PR 1,59 2.657 votos
Cabral PDT 1,56 2.605 votos
Celso Dal Molin PR 1,28 2,134 votos
Mazutti PSL 1,23 2.049 votos
Carlinhos PSC 1,15 1.917 votos
Bocasanta PROS 1,12 1.870 votos
Misael Jr. PSC 1,08 1.807 votos
Paulo Porto PCdoB 1,08 1.800 votos
Valdecir Alcantara PSL 1,04 1,733 votos
Alecio Espinola PSC 0,98 1.635 votos
Jaime Vasatta PTN 0,92 1.534 votos
Damasceno Junior PSDC 0,80 1.330 votos
Mauro Seibert PP 0,80 1.328 votos
Fernando Hallberg PPL 0,75 1.255 votos
Olavo Santos PHS 0,65 1.082 votos
Josue de Souza PTC 0,60 994 votos
Parra PMDB 0,48 803 votos
24,42% 36.836 votos


COMPARATIVO

A Câmara de Cascavel contará com 21 Legisladores no próximo ano. Foram eleitos para representar uma população de cerca de 320 mil habitantes. No Entanto, irão reger a "Orquestra" Legislativa em 2017 com apenas 36.836 mil votos. Isto significa que, Paranhos fez 86.099 mil votos e tem o dever de administrar Cascavel. Os 21 Vereadores também o mesmo dever, legislar em prol de Cascavel, no entanto, com 36.836 mil votos, 42,78% da votação do prefeito!

ISSO PODE?

A resposta é clara, pode!!! O sistema Democrático tem dessas coisas!!! Está ai mais uma curiosidade no sistema Democrático Brasileiro!!!



02/12/2016 10h51

Vereadores eleitos e reeleitos se encontram na Câmara de Cascavel

Encontro ocorreu na manhã de sexta-feira (2)

Compartilhe


Os vereadores eleitos e reeleitos se encontraram na Câmara de Cascavel na manhã desta sexta-feira (2).

O encontro entre os 21 futuros legisladores foi comandado pelo presidente Gugu Bueno que informou detalhes sobre a posse que ocorrerá no dia 01 de janeiro de 2017.

A intenção é ajudar os novos vereadores que tem uma missão importante nos próximos quatro anos, com orientações e um curso. A escola do legislativo será realizada nos próximos dias.




01/12/2016 16h09

Paranhos anuncia nomes para oito secretarias - por Luiz Nardelli

Compartilhe


O prefeito eleito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC) vai anunciar no sábado (03) os nomes de oito integrantes que irão compor o primeiro escalão de sua equipe de Governo.

SECRETARIAS

- Planejamento
- Saúde
- Educação
- Meio Ambiente
- Administração
- Desenvolvimento Econômico
- Obras
- Assuntos Jurídicos

INDICATIVOS

Seguindo o que declarou durante a campanha, Paranhos irá nomear um terço dos secretários neste primeiro momento. A divulgação antecipada dos nomes é devido a sua viagem para a China no período de 5 a 15 deste mês, compondo comitiva da Assembleia Legislativa do Paraná, uma vez que a pretensão inicial era anunciar os nomes ainda na primeira quinzena deste mês.

ECONOMIA

Fonte do "Núcleo Duro" de Paranhos disse a este colunista que no caso das Secretarias de Saúde, Obras, Planejamento e Assuntos Jurídicos ainda falta uma última conversa para bater o martelo. Nomes conhecidos da população cascavelense e do próprio meio político irão compor o primeiro escalão nestas secretarias.

Deste modo, Paranhos busca neste primeiro momento a economia que pretende colocar em prática já no mês de janeiro, nomeando apenas oito secretários. Quanto às demais Secretarias, o prefeito eleito deverá administrar com servidores de carreira, que já estão nas respectivas pastas, até para ter em mãos o diagnóstico de cada uma e, assim, buscar nomes técnicos e até políticos para compor o quadro de primeiro escalão.

OS NOMES

Não seria prudente nesse momento revelar os nomes dos escolhidos, contudo vale informar que cada um deles já está ciente da escolha e também do aceite por parte do mesmo.

Das oito Secretarias, Planejamento, Meio Ambiente e Obras serão ocupadas por nomes de políticos e técnicos. Já as de Saúde, Educação, Administração, Assuntos Jurídicos e Desenvolvimento Econômico, serão de técnicos. Alguns do setor público (servidores), outros da iniciativa privada.

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Para esta pasta, a pressão é grande para que Paranhos nomeie o pupilo do deputado Alfredo Kaefer, Emílio Martini. Algumas conversas neste sentido já foram encaminhadas ao futuro prefeito, restando saber se ele se curvará às exigências e aceitará a imposição do nome.

Por outro lado, penso que Paranhos não abrirá mão da regra tão propagada durante a campanha, de uma "Cascavel Mais Humana - Sem Corrupção e Sem Desperdício". Então, será que o ele vai nos surpreender com a nona Secretaria neste momento em que busca a economia?


Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY