04/04/2016 17h58

Representante da OT Ambiental não deve comparecer na Câmara

Compartilhe


O empresário Olides Berticelli, sócio proprietário da Empresa OT Ambiental Serviços e Construções LTDA, não deve comparecer para prestar esclarecimentos sobre o estudo realizado pela empresa e entregue à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que servirá de base para a realização de Parceria Público-Privada.

Um representante da empresa esteve hoje na casa de leis e protocolou um envelope com documentos e há informações de que ele justificou a ausência.



04/04/2016 17h28

Vereadores tentam derrubar PPP do lixo em Cascavel

Compartilhe


A bancada do PSD na Câmara de Vereadores de Cascavel assinou projeto de lei para revogação da PPP (Parceria Pública Privada) sobre a limpeza pública..

Agora são 11 assinaturas, eram oito até então. Eles já são maioria para derrubar pareceres das comissões e aprovar o projeto de revogação.







04/04/2016 16h16

Rui Capelão do PMDB procura o promotor no Gaeco

Motivo: PPP (Parceria Pública Privada) sobre a limpeza pública.

Compartilhe


O vereador Rui Capelão (PMDB) procurou, na tarde desta segunda-feira (4), o promotor Sérgio Machado, do Ministério Público de Cascavel.

Machado atua na promotoria de patrimônio público e foi buscado pelo parlamentar para responder aos questionamentos sobre o contrato do lixo na cidade que será renovado por meio de uma PPP (Parceria Pública Privada) sobre a limpeza pública.

O assunto lixo ainda deve render muita polêmica. O município pretende contratar a empresa para o serviço de coleta de lixo e varrição de ruas pelo prazo de 20 anos no valor de quase R$ 1 bilhão.

Amanhã o representante A OT Ambiental/Engelétrica deve comparecer ao plenário da câmara para prestar esclarecimentos.

A iniciativa do vereador Rui foi aprovada pelos demais na semana passada e o empresário Olides Berticelli, sócio proprietário da Empresa OT Ambiental Serviços e Construções LTDA, deve comparecer para prestar esclarecimentos a respeito do estudo realizado pela empresa e entregue à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que servirá de base para a realização de Parceria Público-Privada.





04/04/2016 12h31

Professor defende discussão sobre ideologia de gênero nas escolas

Compartilhe


O ator e professor Jefferson Kaibers usou tribuna da Câmara de Cascavel em nome da APP-Sindicato de Cascavel (Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Paraná) para defender a discussão sobre a ideologia de gêneros dentro das escolas e criticou o vereador Jorge Bocasanta do PROS.

Quando o parlamentar começou a falar o professor saiu do plenário para não ouvir a resposta do vereador. Na saída o vereador Cabral chamou Kaibers de covarde, mas ele não vou voltou para a discussão. (Veja o vídeo)



29/03/2016 14h41

Nova Chefe da 7ª Ciretran de Cascavel será conhecida amanhã (30)

Nossa MATA HARI com funções no Palácio Iguaçu nos informou sobre a mudança

Compartilhe


EXONERAÇÃO

O pedido de exoneração de Pedrinho Silvério (PSC) da 7ª Ciretran no início da segunda quinzena deste mês, fez com que a base do governo do Estado em Cascavel buscasse um nome para assumir a função de chefia do órgão.

MARI BESING

A servidora de carreira, Mari Besing, que assumirá a função de chefe na 7ª Ciretran. Nossa MATA HARI palaciana garantiu que amanhã (30) será publicado no Diário Oficial do Estado a nomeação.

SERVIDORA

A nova chefe é servidora de carreira e já esteve na chefia do órgão em outras ocasiões.




23/03/2016 12h44

Vereador de Corbélia chama prefeito de sem-vergonha

Nei Adair (PSB) tentou se defender após uma entrevista dada pelo prefeito

Compartilhe


O vereador Nei Adair Pauvels (PSB), usou a tribuna da Câmara de Vereadores para se defender de uma entrevista que o prefeito, Ivanor Bernardi (PSD), concedeu a uma rádio comunitária do município de Corbélia

Segundo o vereador Nei, durante a entrevista do prefeito, foi usado o argumento de que os vereadores deveriam ajudar o município na questão da gestão da saúde pública. No entanto, ultrapassou os limites quando citou que Nei Adair era mentiroso quanto a assuntos ditos por ele, quanto ao concurso público e outros fatos decorrentes de reuniões pré-elaboradas.

O áudio publicado no portal catve.com demonstra que a política de Corbélia não caminha em sintonia entre o executivo e o legislativo. Vale a pena ouvir!




23/03/2016 11h05

"Brinquedinho" do momento em Cascavel é o cargo para vice-prefeito

Compartilhe


Em ano eleitoral as discussões em rodas de conversas são geralmente as mudanças de partidos dos candidatos a vereador. Nelas os atuais e os que pretendem buscar uma cadeira na vereança, tentam achar siglas partidárias que no entendimento deles, são partidos mais fáceis de chegar ao poder.

PREFEITO

Para candidaturas a prefeito, segue outra regra nas discussões: geralmente os partidos políticos buscam no seio da sociedade nomes capazes de fazer a diferença quando as candidaturas são postas para análise da população.

VICE-PREFEITO I

Quanto ao cargo de vice-prefeito, este sempre foi um cargo para acordos dos partidos. Contudo, é um cargo que ninguém ousa dizer que é candidato antes das convenções, até porque, esta função política é utilizada para ?moeda? de troca no fechamento de uma coligação.

VICE-PREFEITO II

Este ano, em Cascavel, as coisas caminham para algo diferente visando às convenções. Candidatos a prefeito vêm diminuindo ao tempo que o prazo para as convenções vai se aproximando. Agora, o que tem aumentado muito são as declarações de possíveis candidatos para o cargo de VICE-PREFEITO. Muitos nomes que figuravam como pré-candidatos a prefeito e, até aqueles que não queriam engajamento com a política partidária, buscam, nos bastidores, conversas para ser candidato a vice-prefeito. POR QUE SERÁ?



21/03/2016 14h19

Seis vereadores de Cascavel já mudaram de partido

Compartilhe


Cascavel possui 21 cadeiras no Legislativo Cascavelense. No início de 2016, distribuição das cadeiras contemplava 13 partidos. PCdoB (01) - PT (02) - PSL (03) - PDT (02) - PSC (02) - PSD (02) - PR (02) - PTN (02) - PMN (01) - SD (01) - PSDB (01) - PPS (01) - PROS (01).

NO MOMENTO

Passado 80 dias do início do ano, seis vereadores mudaram de sigla, restando ainda a possibilidade de duas alterações. Fernando Winter (sem filiação - ex-PTN) e Rômulo Quintino do PSL, com possibilidades de mudar de partido até o final do mês. As outras 20 cadeiras ficaram assim distribuídas, por enquanto. Entretanto aumentou para 15 partidos co0m representatividade na Câmara de Cascavel: PSD (03)- PR (02) - PDT (02) - PSL (02) - PMN (01) -PTN (01) - PSDB (01) - PMDB (01)- PSC (01)- PEN (01) - PCdoB (01) -PT (01) -SD (01) - PROS (01) -PV (01).

A LISTA

PSD - João Paulo, Ganso Sem Limite, Walmir Severgnini
PDT - Luiz Frare, Aldonir Cabral
PR - Gugu Bueno, Celso Dalmolin
PSL - Nei Haveroth, Rômulo Quintino
PMN - Robertinho Magalhães
PTN - Jaime Vasatta
PSDB - Cláudio Gaiteiro
PMDB - Rui Capelão
PSC - Vanderlei do Conselho
PEN - Jorge Menegatti
PCdoB - Paulo Porto
PT - Professor Paulino
SD - Marcos Rios
PROS - Jorge Bocasanta
PV - Pedro Martendal
Sem Partido - Fernando Winter




18/03/2016 11h51

Iniciou a dança partidária na Câmara de Vereadores de Cascavel

Compartilhe


Com a aproximação do fim da janela para que vereadores possam mudar de partido, ou seja, até o dia 02 de abril, alguns vereadores de Cascavel já estão mudando de sigla visando a eleição de outubro.

- O vereador Rui Capelão deixou o PPS e se filiou no PMDB.

- O vereador Pedro Martendal deixou o PSDB e se filiou no PV.

- O vereador Walmir Severgnini deixou o PROS e se filiou no PSD, partido que se elegeu vereador em 2012.

- O vereador Claudio Gaiteiro deixou o PSL e se filiou no PSDB.

OUTROS

O PSDB também filiou outros nomes importantes da política cascavelense na quinta-feira (17) com a presença do Governador Beto Richa (PSDB).

- O deputado estadual André Bueno deixou o PDT e se filiou no PSDB.

- O suplente de vereador Pedro Sampaio, coordenador do Procon/Cascavel deixou o PTN e se filiou no PSDB.

- O Coordenador das Micros Regiões Metropolitana de Cascavel e Toledo, Severino Folador deixou o PDT e se filiou no PSDB.



17/03/2016 17h43

Justiça dá 15 dias para prefeitura informar arrecadação do pedágio

Decisão judicial de 2015 não foi cumprida e agora prevê multa

Compartilhe


A justiça de Cascavel - Vara da Fazenda Pública - determinou na tarde de quinta-feira (17) que a prefeitura informe em quinze dias os dados relativos ao ISSQN recolhido pela concessionária de pedágio que opera em Cascavel. Em 2015 a decisão da justiça já tinha sido favorável à Câmara de Vereadores que pedia informações sobre o valor arrecadado, porém o município não cumpriu com a determinação.

Agora o legislativo fez outro pedido à justiça, e o despacho foi mais uma vez em favor dos vereadores. No entanto desta vez o não cumprimento terá consequência de pena com multa diária de R$ 1.500,00 para o prefeito Edgar Bueno.

A ordem assinada pelo juiz Eduardo Villa Coimbra já é de conhecimento da procuradoria da Câmara de Vereadores.

O ISSQN é o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, cobrado tanto de empresas como autônomos. A legislação tributária em vigor em Cascavel obriga as concessionárias que possuem praças de pedágio no Município a destinarem 5% (cinco por cento) da arrecadação das praças ao pagamento deste tributo. Há suspeitas e denúncias de que as empresas não estejam declarando os valores reais.

Em 2015 os vereadores pediram que a Secretaria Municipal de Finanças informasse o montante arrecadado mês a mês, referente ao exercício de 2014, e aos meses de janeiro e fevereiro de 2015 e que as concessionárias apresentassem a discriminação dos valores repassados e se estes atingiram o percentual da alíquota de 5% que é garantida na legislação tributária local.



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY