09/05/2016 11h44

Loteamento sendo construído em Cascavel com ruas de 6,80 m de largura

Compartilhe


A discussão de prorrogação de prazo do projeto nº 129 referente a Lei 6.179/2013, alterado pela Lei 6.437/2014, apreciado na sessão desta manhã na Câmara de vereadores de Cascavel, culminou em algumas revelações bombásticas.

RUAS ESTREITAS

O Vereador Walmir Servegnini declarou que um dos loteamentos vistoriados por ele, mesmo sem aprovação da prefeitura, já esta sendo construído as ruas, e que estas não estão contemplando a Lei de arruamentos de Cascavel.

Bocasanta indagou onde fica e de quem é: Servegnini disse que fica na Região Sul e que pertence a um deputado federal. Então Bocasanta cobrou o nome deste deputado. Walmir revelou que o loteamento fiscalizado por ele e que ainda não está aprovado pela prefeitura, embora já esteja em construção, pertence a Nelson Padovani. Emendou sua fala declarando que a medida da rua de meio fio a meio fio, possui apenas 6,80 metros e que a compactação da base asfáltica, também não contempla a Lei, possui apenas 7 centímetros enquanto deveria ter 15 e 4 de massa asfáltica.


09/05/2016 11h44

"O buraco é mais embaixo" diz vereador Bocasanta

Compartilhe


Polêmica nesta manhã entre vereadores de Cascavel. O motivo era a votação do projeto de Lei nº 129/2015, que dispõe sobre a prorrogação de prazo estabelecido pela Lei de Uso do Solo para regularização das construções residenciais e de arruamentos dos loteamentos que ora estão em construção.

CONCIDADE

Durante a votação, quando os vereadores discutiam parecer da comissão de obras, o debate ficou acalorado e os vereadores Celso Dalmolin, João Paulo, Rui Capelão, Walmir Servegnini e Jorge Bocasanta. Eles propuseram emendas para amanhã, na segunda votação.

O que foi rebatido pelos parlamentares que dão sustentação ao Executivo na Câmara; Claudio Gaiteiro, Nei Haveroth e Luiz Frare.

Jorge Bocasanta, culpou o Concidade de não fiscalizar os loteamentos e que aprovam sem conhecer o assunto. Bocasanta quer a extinção do Conselho da Cidade no Município.

RUAS ESTREITAS

No entendimento de Bocasanta, Dalmolin, João Paulo, Capelão e Severgnini a prorrogação do implica a regulamentação dos novos loteamentos que estão em construção. Mesmo sem respeitar a Lei de arruamento e tamanhos de Lotes, Lei aprovada em 2013 na Câmara de Vereadores. Na discussão das proposições, os vereadores disseram que a medida "beneficiará" alguns loteadores que iniciaram a construção de ruas e o loteamento da área sem ter o projeto aprovado pela Prefeitura.

CAIXA DE RUAS

O vereador Jorge Bocasanta disse durante o debate e rebatendo o vereador Vanderlei do Conselho quando solicitou que Bocasanta pedisse desculpas, pois os membros do Concidade haviam se ofendido com as declarações de extinguir o Conselho por entender que estes não trabalham em prol da comunidade - quanto a fiscalização-. Bocasanta não só disse que não pediria desculpas como emendou "o Buraco é mais embaixo".







06/05/2016 10h27

Secretário de planejamento explica regularização de loteamentos

Compartilhe


O secretário de planejamento, Alessandro Lopes esteve reunido nesta manhã (06) com vereadores para explicar o projeto de regularização de loteamentos e edificações antigos e novos. Ao todo, 18 loteamentos fazem parte do projeto. O que causou estranheza para alguns vereadores presentes na reunião e a redução na largura de ruas de alguns loteamentos.

O município possui uma Lei que estipula e determina ruas com o mínimo de nove metros de largura e em alguns dos loteamentos em construção as ruas tem apenas sete metros.

DIRETRIZES

Segundo o secretário o projeto trata da Lei de Uso dos Solos e que a maioria dos loteamento possui diretrizes definidas pela CTA (Comissão Técnica de Análise) com base na legislação anterior, portanto emitidas antes da vigência da Lei.





02/05/2016 12h20

Vereador Paulo Porto comenta as explicações de Valdecir Nath

Compartilhe


O vereador Paulo Porto (PCdoB) também solicitou informações da Secretaria de Educação sobre o tema explicado hoje pelo secretário Valdecir Nath. Ele cobra informações sobre os convênios e contratos com as respectivas prestações de contas, realizados pelo município com a AMOP ou outra instituição para capacitação dos professores da Rede Municipal, nos anos de 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016 e a especificação, no mesmo período, de quantos e quais servidores públicos ministraram palestras nos cursos de capacitação de professores, quantas horas aula foram ministradas por cada servidor e quanto receberam pelo trabalho.


02/05/2016 10h08

Servidores lotam sessão para acompanhar Valdecir Nath

Compartilhe


O plenário da Câmara de Vereadores de Cascavel ficou lotado na manhã gelada de segunda-feira (2). Mas não são os projetos de lei que atraíram os moradores cascavelenses. A maioria são servidores da educação gratificados que deixaram o posto de trabalho para acompanhar o colega, o secretário de Educação, Valdecir Nath.

Ele presta esclarecimentos sobre o convênio firmado entre a Secretaria de Educação e a Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná). A parceria criada para oferecer cursos de formação aos professores da rede municipal e tem sido alvo de denúncias sobre possíveis irregularidades no pagamento de R$ 1.700.000,00 à Amop.



26/04/2016 09h19

O passado ronda a Câmara de Vereadores de Cascavel

Compartilhe


As paredes de vários escritórios e locais de ponto de encontros, sempre nos ajudam a informar. Nesta semana nos disseram que, pelo andar da carruagem, muitos dos vereadores que já fizeram história no passado em Cascavel, estão dispostos a voltar escrever mais uma página na tabuleta do poder legislativo cascavelense.

Segundo elas, nomes como de Berté, Oracildes Tavares, Alcebíades Pereira, Jorge Lauxen, Reinaldo Vilela, Josias do Interlagos, Baratter, Aderbal de Mello, Olga Bongiovanni, Renato Silva, Hostílio Lustosa, Marlise da Cruz, Cidão da Telepar e até Julio César podem figurar em 2016 como candidatos a vereador, tudo porque a fragilidade de alguns vereadores desta legislatura é constatada dia a dia. Será?



26/04/2016 09h12

A eleição para prefeito de Cascavel se desenha como jogo de Xadrez

Compartilhe


As novidades para as eleições de 2016 em Cascavel por enquanto são somente as estratégias dos partidos.

Neste ano, os articuladores de campanha colocaram na frente de combate do tabuleiro de "xadrez político", primeiro os "bispos" e as "torres", hoje a maioria líderes consolidados. Todavia, antes mesmo de movimentarem seus "peões" e "cavalos" - líderes em cargos públicos -, os partidos definiram como principais peças para o jogo, o "rei" e a "rainha" de cada sigla e/ou coligação majoritária. Embora até o momento não tenha sido ventilado ainda um nome do sexo feminino nem para prefeito, nem para vice.

ALIANÇAS

Como se pode observar, a estratégia apresentada pelos articuladores políticos de nossa "fazenda iluminada" são apenas posicionamentos. Tudo para dar um tiro de canhão ou bazuca logo de cara! Assim, amedrontar e acuar o adversário político. Sabemos que no final das contas, no âmbito da política, ninguém é inimigo de ninguém, e assim, todos os partidos deixam aberta a vaga de vice para possíveis acordos partidários. A situação de tal modo pode fazer com que alguns pré-candidatos, venham a tornarem suas candidaturas inviáveis. Resultando a abertura de uma possível negociação de alianças.



11/04/2016 12h13

Lixo deixa prefeito de Cascavel, Edgar Bueno de "SACO CHEIO"

Compartilhe


Na última sexta-feira (08), o Prefeito de Cascavel, Edgar Bueno (PDT), reuniu a imprensa, vereadores e servidores públicos no Teatro Municipal para fazer um relato sobre a licitação da Limpeza Pública.

O encontro se transformou em um desabafo do prefeito aos seus desafetos.

Sem citar nomes "chamou" opositores de mentirosos e que não tem mais "saco" pra ouvir que ele é sócio do LIXO. Edgar emendou o discurso dizendo que na eleição de 2012, uma quadrilha estava elaborando um contrato de gaveta na véspera do debate da Globo para jogar o documento na cara dele.

O prefeito citou : "precisou da polícia para desmantelar aquela quadrilha que estava fazendo o contrato de gaveta ".

Veja trecho do pronunciamento no vídeo.



11/04/2016 11h45

Vereador Rui Capelão cria dia de combate ao mosquito Aedes aegypt

Compartilhe


O vereador de Cascavel, Rui Capelão (PMDB) apresentou projeto que foi aprovado criando o dia municipal de combate ao mosquito Aedes aegypt.



07/04/2016 12h38

Vereador Robertinho Magalhães deixou o PMN e migrou para o PSD

Compartilhe


Aproveitando a janela aberta para a troca de partidos, o vereador Robertinho Magalhães deixou o PMN ainda no mês passado e filiou-se no PSD. Apesar dos dirigentes do PSD ter mantido a nova aquisição em sigilo, havia a suspeita de que Robertinho já havia se filiado, pois sua ausência de seu nome na lista de filiados no PMN já era visto.

DIVULGAÇÃO

Na manhã desta quinta-feira (07), a divulgação da filiação do vereador Robertinho Magalhães foi divulgada. A foto mostra membros do partido, tais como os vereadores João Paulo, Ganso Sem Limite e Walmir Severgnini e do pré-candidato a prefeito pelo partido, Assis Marcos Gurgacz.



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY