07/07/2016 11h21

Namoro entre PP e PCdoB chega ao fim em Cascavel

Compartilhe


A coluna buscou nos bastidores da política cascavelense entender o "namoro" entre o Partido Progressista (PP) e o Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Há dias os rumores são de que os dois Partidos buscavam um agrupamento para o pleito eleitoral neste ano.

O "namoro" durou pouco tempo! As imposições colocadas pelo PP local para ter o PCdoB, espantou definitivamente qualquer possibilidade de aliança.

IMPOSIÇÃO

O dicionário diz que Imposição é: Ação de obrigar a aceitar; aplicação de meios compulsórios.

SEPARAÇÃO

Quando se quer tudo, nada se tem! O PP de Cascavel, capitaneado pelo pré-candidato a prefeito, Hélio Laurindo, tanto quis, que acabou terminando o "namoro" com o PCdoB. A imposição de Hélio Laurindo em querer o PCdoB junto com o PP, mas com o condicionamento de que o vereador Paulo Porto não poderia ser candidato a reeleição para a Câmara, espantou o partido. Integrantes da sigla definiram que estão fora, mesmo tendo o convite para Porto ser o candidato a vice de Laurindo.

NOVOS RUMOS

Segundo o que se apurou o PCdoB está de malas prontas rumo a dois agrupamentos políticos em Cascavel, um deles terá o grupo do PCdoB. Os pré-candidatos a prefeito Marcio Pacheco (PPL) e Leonaldo Paranhos (PSC) são os que possuem chances de ter o PCdoB no grupo. O resto, bem o resto são falácias!!!



07/07/2016 10h42

Em Cascavel, "Chupim" bota no ninho dos "tucanos"

Compartilhe


Sem sombra de dúvida, a coluna volta afirmar que os "tucanos" em Cascavel são meros coadjuvantes nas eleições municipais.

Em ano eleitoral os tucanos renovam suas plumagens, porém acabam mesmo é trabalhando para o "chupim". O PSDB não consegue escrever na tabuleta da política uma história, buscar um nome que possa realmente fazer a diferença, sempre monta o "ninho", debate os assuntos e acaba cedendo aos "chupins"!

QUEM É?

O PDT de Cascavel considerado por muitos o "chupim" da maioria das eleições, ficou no galho mais forte da árvore do poder, aguardou, ouviu, e no momento oportuno botou no ninho "tucano" os seus...

ACEITAR, OU ACEITAR!

Não adianta espernear, o PSDB de Cascavel sempre acaba aceitando as determinações dos caciques maiores. Exemplo é a decisão do partido esta semana em "aceitar" que o "chupim" - PDT de Cascavel -, bota seus ovos no ninho "tucano".

REUNIDOS

"Tudo chunto riunido" em Curitiba, os deputados Rossoni, Traiano, André Bueno todos do PSDB, mais o prefeito de Cascavel, Edgar Bueno (PDT), somados com alguns "tucanos" de menor titularidade, acabaram encaminhando o "bando" para apoiar o pré-candidato do PSB de Cascavel, Professor Marcos Vinícius. Enquanto isso, o governador Beto Richa não tem demonstrado posição de opinião própria, é mais ou menos como o ditado popular: "Maria vai com as outras".

LIDERANÇAS

Como o PSDB e o PDT de Cascavel não conseguem criar novas lideranças partidárias, o caminho encontrado pelos "chupins" e "tucanos" vai ser apoiar o candidato do PSB que faz parte do agrupamento político do governo Estadual.




06/07/2016 10h48

Definidos presidente, relator e membro da CPI das Horas Máquinas

Compartilhe


Os vereadores que compõe a CPI das Horas Máquinas definiram nesta manhã a composição da comissão.

P presidente será Robertinho Magalhães (PSD), ficando Luiz Frare (PDT) na relatoria e Paulo Porto (PC do B) na condição de membro.

A proposta de investigação foi protocolada na semana passada pelo parlamentar Celso Dal Molin (PR) e assinada por outros seis membros do Legislativo.

A composição da CPI, que tem prazo de até 90 dias para realizar seu trabalho, observa os critérios da proporcionalidade partidária, conforme previsto no regimento Interno. A suspeição de Dal Molin diz respeito ao efetivo cumprimento dos trabalhos contratados pelo Executivo, através da Secretaria de Agricultura, para a manutenção de estradas da zona rural.

A reunião da manhã desta quarta-feira foi acompanhada pela imprensa que cobre as atividades do legislativo Municipal







05/07/2016 09h24

Sabe o que significa o apoio de Ratinho Jr a prefeito em Cascavel? NADA

Compartilhe


O deputado estadual Ratinho Junior (PSD) esteve sábado em Cascavel. O motivo da visita de Ratinho na cidade teve uma intenção: explicar ao Grupo do PSD local sua posição quanto a apoiar um candidato que não é do PSD.

REUNIÃO

A reunião aconteceu com membros do diretório municipal de Cascavel. Presentes na reunião, Ex-deputado Sciarra, deputado federal Evandro Roman, presidente do PSD local, Ricardo Mion, pré-candidato a prefeito Jorge Lange dentre outros membros da sigla.

EXPLICAÇÃO

Ratinho tentou reverter o lançamento da candidatura própria do PSD local, sem êxito, é claro. A cúpula do PSD ouviu atentamente as explicações e "firmaram" o pé na candidatura própria. Porém, deixaram Ratinho Junior a vontade para apoiar o candidato de seu ex-partido, no caso o PSC de Paranhos.

APOIO? COMO?

Com a reforma da legislação eleitoral e a tal da fidelidade partidária, a cúpula do PSD liberou Ratinho, todavia, sabemos que de nada adianta, pois não poderá aparecer junto ao candidato apoiado, tão pouco, pedir votos para candidatos que não pertence a sigla ou coligação! Como fará e qual a importância que terá o candidato apoiado por Ratinho?

"CURRAL"
Em campanha eleitoral municipal, paraquedista não tem paraquedas para saltar! Este colunista vê que o apoio de Ratinho não serve pra nada! Importante em uma campanha eleitoral são os apoios recebidos da cúpula local, seja de qual sigla for. Aqui todos conhece quem é quem, paraquedista não influência muita coisa! Dentro do "curral eleitoral" o que importa é o trabalho prestado pelo candidato e por seus apoiadores, gente de fora, não conhece a necessidade da população. Talvez lá por Jandaia do Sul, Ratinho Junior consiga apoiar e obter êxito neste pleito, porque em Cascavel, o apoio voluntário dos nossos "bagrinhos" é mais importante do que qualquer outro sistema de apoio! Comentam nos bastidores da política nativa.





04/07/2016 14h57

CPI das Horas Máquinas: Indicados vereadores que vão compor a comissão

Compartilhe


O presidente da Câmara Municipal, Gugu Bueno, indicará os vereadores Paulo Porto (PC do B), Robertinho Magalhães (PSD) e Luiz Frare (PDT) para comporem a CPI das Horas Máquinas, conforme proposta de Celso Dal Molin (PR), assinada por outros seis membros do Legislativo.

A escolha contempla os critérios da proporcionalidade partidária previsto no Regimento Interno da Casa de Leis. O ato oficial indicando os três membros será publicado amanhã (5) no Diário Oficial e a partir daí os integrantes terão 24 horas para decidir quem será o presidente, o relator e o membro da CPI.






01/07/2016 10h48

Jorge Lange, pré-candidato a prefeito de Cascavel pelo PSD

Compartilhe


O empresário Jorge Lange foi o escolhido pelo PSD/Cascavel para ser o candidato a prefeito da sigla no pleito eleitoral deste ano. Depois de muita discussão e de idas e vindas, o PSD bateu o martelo e lançara candidatura própria a prefeito de Cascavel.

CANDIDATO

Jorge Lange que disputou o pleito eleitoral em 2012, concorrendo a mesma vaga (prefeito), recebeu mais de 25 mil votos naquele pleito, ficando em 3º colocado no primeiro turno.


APOIOS
Segundo Lange, os apoios que a sigla vai buscar à sua candidatura, virão de alguns parceiros que estiveram juntos no pleito passado e, dos partidos que tem a mesma ideologia do PSD. Quanto a estratégia de campanha, Jorge Lange antecipou que tudo passará pela executiva municipal, e que isso facilitará na composição da chapa majoritária e também na chapa proporcional (vereadores).



29/06/2016 17h07

4 terrenos motivaram porrada, socos e pontapés - Por Luiz Nardelli

Compartilhe


A coluna há mais de 60 dias vem buscando informações sobre uma briga que acontecia em um prédio da cidade. Depois de muito trabalho investigativo acabou descobrindo que o fato foi bem pior do que uma discussão verbal. Os profissionais de engenharia acabaram o assunto na PORRADA, SOCOS E PONTAPÉS.

A CAUSA

Segundo o apurado, um novo loteamento foi a causa do encontro e das porradas. O engenheiro intermediador que poderia facilitar a abertura do novo loteamento, como sempre ajusta, não se sabe como, apesar de ter a caneta cheia, pediu apenas 4 TERRENOS no novo empreendimento. Pelo que parece o empreendedor não gostou da proposta e disse NÃO. Dai o engenheiro da caneta cheia partiu pra porrada. Pode ou quer mais???

SAIDEIRA

O olhar para o Monte Claro acabou ficando obscuro!!!



29/06/2016 15h36

CPI das máquinas pode atingir empresários e políticos de Cascavel

Compartilhe


Cara de pau e conversa mole, é o que não faltam em Cascavel com a criação da CPI das máquinas na Câmara Municipal. No início da semana, um cidadão que já exerceu cargo de confiança no alto escalão da prefeitura e por duas vezes tentou êxito em um cargo eletivo, telefonou para uns dos vereadores proponentes a criação da CPI.

CONVERSA MOLE

Segundo o que a coluna apurou, a ligação telefônica ocorreu de forma amistosa, porém sem êxito, não porque o "lobista" não foi competente, mas porque o vereador foi irredutível.

GRAVAÇÃO
O áudio do diálogo foi longo, cheio de voltas para se chegar ao assunto principal. Segundo o interlocutor, era para que o vereador em questão conversasse com a secretária de agricultura municipal que ela podia esclarecer tudo sobre as horas máquinas e onde foram realizados os trabalhos. Durante a conversa, o "lobista" chegou a sugerir ao vereador que a assinatura dele poderia atrapalhar as intenções políticas futuras do município. Uma vez que os agricultores poderiam se revoltar com os vereadores por terem retirado as máquinas do interior com a criação da CPI.

ONDE VAI CHEGAR?

Fica o questionamento? Quem é o Lobista? Onde vai chegar tudo isso? Que empresa foi beneficiada com horas-máquina? Que locais foram utilizados todas essas horas? Moradores do interior do município viram essas máquinas trabalharem nas estradas rurais?




29/06/2016 10h07

"Bolsa de valores política" de Cascavel vai de R$ 400 mil a R$ 1 milhão

Compartilhe


Em ano eleitoral, a bolsa de valores para apoio político em Cascavel aquece a economia local. Tem pré-candidatos a prefeito que só tem o dinheiro, figura também os sem dinheiro, e, tem aqueles que têm votos!

ACORDOS

Pois bem, Cascavel cidade pacata do interior paranaense, não é tão pacata quando se discute eleição a prefeito. Ofertas aparecem de todo tipo: São promessas de cargos em troca de apoio, promessas de uma gestão voltada aos interesses da sociedade, além de "acordos" político/econômico.

BALCÃO DE NEGÓCIOS
Neste momento que antecede as convenções, acordos entre partidos políticos acontecem. É neste momento que a "bolsa de valores" da política nativa aumenta. Os apoios viram um "balcão de negócios".

VALORES
Quem dá mais? As conversas entre os "cabos eleitorais de luxo" ? aqueles que supostamente possuem votos - com pré-candidatos afortunados, são das mais variáveis possíveis. Alguns chegam a propor valores baixos, não mais do que R$ 400 mil. Mais tem aqueles que por menos de R$ 1 milhão nem senta a mesa para conversar.

DUAS OFERTAS
Até o momento a bolsa de valores da política cascavelense para apoios políticos está entre R$ 400 mil a R$ 1 milhão. Rumores nos bastidores da política são de que dois pedidos surgiram até agora! Um pediu R$ 400 e o outro R$ 1 milhão para dar apoio a um dos candidatos a prefeito!

SAIDEIRA!!!
Mudam as coleiras, mas os cachorros continuam os mesmos!!!



28/06/2016 13h04

PSD de Cascavel define candidatura com Jorge Lange

Compartilhe


Depois de idas e vindas, é e não é; finalmente em reunião no escritório do deputado federal Evandro Roman (PSD) durante a semana, foi definido que o partido de Cascavel terá candidatura própria. O nome escolhido foi de Jorge Lange.

CANDIDATURA

Lange que disputou o pleito de 2012 encabeçando a chapa majoritária, obtendo nas urnas no primeiro turno a 3ª colocação com mais de 25 mil votos, volta ao cenário político da mesma maneira, encabeçando a chapa majoritária do pleito eleitoral deste ano à prefeitura de Cascavel.

MAIS REUNIÕES

Apesar da definição do nome de Jorge Lange para candidato a prefeito de Cascavel, mais reuniões acontecerão para definir as estratégias políticas que o PSD de Cascavel irá adotar para ir a convenção e sacramentar de uma vez por todas as expectativas que até o momento eram debatidas em rodas de conversas.

PSD DE CURITIBA

A decisão tomada em Cascavel irá ser discutida ainda em Curitiba na quarta ou quinta-feira, quando membros do diretório municipal local, colocarão a decisão na mesa do diretório estadual, informando também o recém chegado a sigla, deputado estadual Ratinho Júnior ? vindo do PSC.

APOIO

A reunião em Curitiba será para expor a decisão tomada em Cascavel ao deputado Ratinho Junior, uma vez que sua filiação no inicio deste ano no PSD, estava vinculado o apoio de Ratinho a Leonaldo Paranhos, como a sigla, decidiu por lançar candidatura própria, resta saber agora quem Ratinho irá apoiar, Paranhos de seu ex-partido, ou Lange do seu partido atual.




Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY