23/01/2013 11h06

Fim da "FARRA" na Câmara de Vereadores de Cascavel

Compartilhe


A Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Cascavel tem a prerrogativa de iniciar a Legislatura com mudanças radicais em seu quadro administrativo. Para isso, algumas medidas serão tomadas e uma resolução será votada já na primeira sessão ordinária da Câmara no inicio de fevereiro. A mudança no cronograma administrativo terá cortes de cargos e salários dos servidores concursados e dos servidores em cargo de nomeação. Também será alterado as nomenclaturas dos cargos existentes.


APENAS DOIS CARGOS
A coluna adianta como ficará os cargos de livre nomeação da Mesa Diretora. Serão extintos sete cargos de diretoria. No passado, nove cargos existiam com essa nomenclatura, a partir da reforma administrativa, apenas dois cargos de diretores serão mantidos. Diretor Legislativo e Diretor Geral. Os demais cargos de diretoria existente no cronograma, será alterado para chefia de departamentos, serão cinco ao todo. Dois cargos serão extintos.


EXTINÇÃO DE CARGOS
Diretor de comunicação Social será extinto e passará a contar com servidor concursado. Serão chamados Jornalistas do último concurso para atuar como profissional na área, fazendo assim, os trabalhos de jornalista de todos os vereadores e não mais somente do presidente da Câmara. O cargo de assessor de comunicação será extinto também.


FIM DA "TETA"
Com a extinção de alguns cargos de diretores e gerentes e com a convocação dos concursados técnicos para atuar nas Comissões (10 ao todo), aqueles cargos de nomeações por indicações dos vereadores e de presidentes das comissões, estão automaticamente extintos nesta nova legislatura que se inicia. Basta ver o quadro atual JURÍDICO da Câmara. Tem um advogado concursado e já conta com quatro profissionais do direito nomeados. Eles atuarão como advogados de todas as comissões, sendo distribuído por sorteio os projetos a serem analisados juridicamente, tendo como chefia o advogado concursado da Câmara.



REVISÃO DE CARGOS E SALÁRIOS
A resolução assinada pela Mesa Diretora, também terá em seu bojo, a revisão do Plano de Cargos e Salários dos servidores concursados e dos servidores nomeados em cargos de CONFIANÇA. A festa de outrora tem dia e hora para acabar. Somente ficarão com o salário acima dos vereadores, aqueles servidores que tem direito adquirido no decorrer do tempo de serviço, porém, perderão as gratificações de cargos gratificados.



QUEM PERMANECERÁ?
Do modo em que a Mesa Diretora vem elaborando o cronograma de servidores da Câmara, dos ex-servidores que exerciam cargos de CONFIANÇA, seja de nomeações ou de concurso,muitas coisas irão mudar. Com a permanência da DIRETORIA LEGISLATIVA, somente Mário Galavoti é quem deverá permanecer como diretor nomeado, os demais, exercerão cargo de chefia de Departamentos, isto se Galavoti não for guinado para DIRETOR GERAL da Câmara.


CURIOSIDADE SANADA
O que vem tirando o sono daqueles que ainda estão investido em cargos de CONFIANÇA na Câmara de Vereadores de Cascavel, esta coluna acaba de deixar claro a reforma do cronograma administrativo que será aprovada na sessão ordinária em fevereiro. E a você leitor que acompanha a coluna diariamente, fica aqui a informação do que vai acontecer no Legislativo cascavelense nos próximos dias, para não dizer horas.



22/01/2013 12h52

Prefeitura de Cascavel não terá secretário de Governo

Compartilhe


O prefeito Edgar Bueno (PDT) disse hoje pela manhã a este colunista que vai nomear no inicio de fevereiro seis nomes que ainda faltam para compor a administração nesta gestão. Meio Ambiente, Fundetec, Agricultura, Cohavel, Cultura e IPMC. O prefeito ainda enfatizou que a Secretaria de Governo (antiga chefia de gabinete), não terá nomeações neste inicio de gestão. o cargo deverá ser ocupado pelo secretário de Comunicação, Marcos Vinicius Pires de Souza - isso é especulação, já que o prefeito não disse quem ocupará o cargo, mas também não desmentiu quando questionado e colocado este nome na conversa.



22/01/2013 12h22

Câmara autoriza prefeito viajar aos EUA

Compartilhe


Terminou há pouco a primeira sessão da Câmara de Vereadores de Cascavel. Mesmo sendo uma sessão Extraordinária, convocada as pressas pela presidência da Casa, já que o Legislativo cascavelense está em recesso parlamentar, a sessão marcou o início da Legislatura 2013/1016. Com a ausência de três vereadores, Robertinho Magalhães (PMN), Jorge Bocasanta (PT) e Rui Capelão (PPS), o Decreto Lei autorizando o prefeito Edgar Bueno (PDT) (foto), viajar para os EUA para tratar de assuntos relacionados ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) foi aprovado por unanimidade (17 votos).

REUNIÃO EM SEPARADOS
O prefeito se reuniu com os vereadores na antessala do plenário da Câmara minutos antes da sessão começar. O que foi explicado aos vereadores, não se sabe, até porque, a imprensa é proibida de adentrar na sala exclusiva dos vereadores para tomar cafézinho e degustar algumas guloseimas como é de praxe, também a sala serve para tratar de assuntos que não poderão vazar na mídia. Tanto que a sessão de autorização não durou mais do que 8 minutos. Fato que serve para podermos interpretar que as argumentações do prefeito, foram consistentes!

SECRETÁRIO DE PLANEJAMENTO ACOMPANHA O PREFEITO
A viagem de cinco dias aos EUA do prefeito Edgar Bueno para tratar de assuntos relacionados ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) contará com a companhia do secretário de Planejamento do Município, Alessandro Lopes.



21/01/2013 16h47

Câmara de Vereadores de Cascavel: 61 anos sem Alvará!

Compartilhe


Está sob análise da Procuradoria Jurídica da Câmara Municipal de Cascavel pedido de Alvará de Licença para funcionamento do Legislativo. No entendimento do 1º vice-presidente da Câmara de Vereadores de Cascavel, Luiz Frare (PDT), "a Câmara não possui Alvará de Licença para funcionamento, entretanto, este documento é indispensável para que o Legislativo, quando no pagamento de fornecedores - prestadores de serviços -, possa reter o índice percentual do ISSQN para posterior repasse a prefeitura. Como é feito com todas as empresas. Sem o número do Cadastro do Alvará de Licença, fica impossível reter tal percentual", argumentou Luiz Frare.

61 ANOS SEM ALVARÁ
Como há tempos vem se discutindo a diferença entre o certo e o errado, e com a argumentação desta Legislatura de "colocar ordem na Casa", tal procedimento vem moralizar de forma igualitária o que já acontece em outros órgãos públicos, como Escolas públicas, Prefeitura e Fórum que já possui Alvará de Licença de Funcionamento para não cometer irregularidades quando no pagamento de serviços prestados a estes órgãos.



18/01/2013 17h24

Sessão Extraordinária na Câmara Municipal de Cascavel

Compartilhe


O presidente da Câmara de Vereadores de Cascavel, Marcio Pacheco (PPL), utilizando das prerrogativas que a função lhe concede, divulgou há pouco ato da presidência, convocando os vereadores para sessão Extraordinária que será realizada terça-feira (22) as 10 horas.

MOTIVO DA CONVOCAÇÃO
O primeiro ato da presidência é para aprovar também o primeiro projeto de Decreto Legislativo de nº 001, de 2013 desta nova Legislatura. Coincidência ou não, o primeiro projeto é de autoria da Mesa Diretora da Câmara. Assim quis o destino, o presidente que pertencia ao grupo da oposição, agora já não parece o mesmo. Liberar viagem e ainda por cima chamar sessão extraordinária, é "PraKabá". Começando bem, não é presidente Marcio?

Foto: Divulgação/Google



18/01/2013 16h33

Justiça condena vereador Mário Seibert a 5 anos e 4 meses de reclusão

Compartilhe


A Justiça proferiu sentença do processo que tramitava na 3ª Vara Criminal da Comarca de Cascavel nº 0008383-632012.8.16.0021. A Juíza de Direito Substituta, Filomar Helena Perosa Carezia, julgou pela extinção da punibilidade do réu e servidor da Câmara, Marcelo Pereira da Silva. Da mesma forma pela absolvição do réu e servidor da Câmara Emerson Rozentalski. A Magistrada optou por desclassificar as condutas inicialmente imputadas ao réu Marcos Sotille Damaceno - ex-presidente da Câmara Municipal-, para o crime de peculato culposo, entendendo assim, que o ex-presidente cometeu negligência ao nomear assessores e não acompanhar os trabalhos dos mesmos, determinando assim, a remessa de cópia dos autos ao Juizado Especial Criminal. Os réus do processo, considerados "funcionários fantasmas", Juliana Filipake Damo e Nikolas Arend, foram condenados a 2 anos de reclusão e 10 dias multas de 1/30 (um trigésimo) do salário mínimo, podendo reverter a condenação em prestação de trabalho a comunidade.

VEREADOR MÁRIO SEIBERT CONDENADO

Na mesma sentença, a Juíza Filomar Helena Perosa Carezia, condenou o vereador Mário Seibert (PTC) a CINCO anos e QUATRO meses de reclusão em regime semiaberto e pela perda do mandato 2013/2016, entendendo que; "o réu foi reeleito para o mesmo cargo, qual seja, de vereador, o mesmo cargo que ocupava quando praticou os crimes de peculato em que foi condenado nesta ação"

VEREADOR SEGUE AFASTADO DAS FUNÇÕES PÚBLICAS

Por entender que o vereador Mário Seibert cometeu crime com o poder público, também condenou a perda do mandato 2013/2016, a Juíza Prolatou na sentença condenatória de Mario Seibert que "fica ratificada a medida cautelar de Mário Seibert a suspensão de sua função pública".

RECURSO

Todos os condenados e, mesmo os absolvidos neste processo, poderão e têm o direito de recorrer ao Tribunal de Justiça do Paraná.



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY

Maio Amarelo