18/02/2013 15h10

Sessão discute projeto sobre terrenos

Compartilhe


Neste momento em discussão projeto que reduz fração de terrenos no município de 125 mts para 100 mts. O projeto favorece tão somente as imobiliárias e loteadores, já que, no município, construtoras de pequeno porte e imobiliárias que constroem "favelas" de 60 mts em terrenos minúsculos e comercializam no valor acima de R$ 100.000,00 por unidade.



18/02/2013 10h28

Lobby para aprovar terrenos de 100 mts quadrados

Compartilhe


Foi aprovado no ano passado na Câmara de Vereadores de Cascavel, lei que defini o tamanho do lote urbano do município, de 125 mts quadrados para 100 mt$ quadrados. O projeto teve veto parcial do prefeito municipal, porém, um grande "LOBBY" está sendo feito dentro da Câmara, por empresários interessados no assunto, para derrubar o veto e assim, os terrenos de Cascavel para construção de casas populares, poderá ter somente 100 metro$.

INTERESSADOS
O que causa estranheza no momento, é que não são os "famosos empreendedores" tão somente interessados no assunto, tem vereador tentando convencer seus pares que o projeto de lotes de 100 metros é favorável a população!!!. Por que será?

IMPERMEABILIZAÇÃO DO SOLO
Para o secretário de Planejamento do Município, Alessandro Lopes, terrenos fracionados com 100 metros, fica evidenciado que aonde há terrenos com 360 metros quadrados (a maioria do município é assim), os munícipes, farão três terrenos, fugindo assim as normas do Plano Diretor que é de 125 metros por terreno, isso para familias de baixa renda. Enquanto um terreno de 360 metros que hoje pode construir duas edificações, passará a ter Três, o que prejudicará em muito com a impermeabilização do solo.

FAVELA A VISTA
Não precisa ser engenheiro, arquiteto, para entender o prejuízo que isso causará ao desenvolvimento urbano do município se o veto do Executivo for derrubado hoje na sessão ordinária que inicia as 14:30 horas. Porém, o setor imobiliário de Cascavel - aqueles que constrói casinhas de pombos, e, vendem por um preço absurdo e que usa praticamente todo o solo na edificação de um casebre -, agradecerão os vereadores que votarem contra o povo e a favor a eles. Cascavel, se transformará em uma "FAVELA".



15/02/2013 17h03

Sessão "secreta" da Câmara, ainda gera debates

Compartilhe


A sessão extraordinária realizada em 26/12/2012, ainda é motivo de debates até mesmo entre os vereadores da Câmara. Os três projetos votados e aprovados naquele dia, correm o risco de serem anulados, uma vez que a sessão não obedeceu o rito regimental, situação esta, afirmada no relatório do corpo Jurídico da Câmara.

IPTU
O projeto mais comentado aprovado naquela sessão, é o IPTU, porém, o rito regimental daquela sessão, pode ocasionar outros prejuízos, ou livrar a população de outros prejuízos. No caso, o projeto que foi vetado pelo prefeito, e que a Câmara de Vereadores, acabou por derrubar o veto e manter a diminuição de área de interesse público, ou área de preservação pública, para construção de Creches, escolas, UBS, Igreja e praça de esportes e Lazer.

Quais os interesses?
A população quer saber, e ainda não temos a resposta. Á quem interessou a derrubada do veto do prefeito e mantiveram o projeto aprovado na sessão secreta, em que diminuiram a área de utilidade pública dos novos loteamentos em Cascavel?

Outro Projeto
Outro projeto votado e aprovado naquela sessão, é a renovação do contrato dos quiosques do Calçadão da Avenida Brasil por mais 3 anos. Caso a sessão seja considerada irregular, pois, não seguiu o rito regimental que está formalizado no Regimento Interno em seu artigo 91, e assim a Justiça entender, os três projetos poderão perder sua validade, pois, na minha opinião, tudo que começa errado, só tem um destino. Terminar errado!



15/02/2013 16h48

Cascavel: Patrulha Rural de volta ao interior

Compartilhe


Hoje (15), o deputado Estadual, Adelino Ribeiro (PSL) teve uma audiência com o Comandante do Batalhão da Policia Militar de Cascavel, Coronel Borges, e este, se comprometeu em retornar o projeto da Patrulha Rural no Interior do Município o mais breve possível.

Zona Rural insegura
Segundo o deputado, a população do Interior vem sofrendo com roubos, furtos e até assassinatos, tudo porque, a Zona Rural, está desguarnecida de segurança.

Início de Março
Para Adelino, o comprometimento do Coronel Borges, é uma ação que vai beneficiar a populçao da Zona Rural. A data prevista para o retorno, não foi confirmada, porém indicativos são de que para o início de março, com a formação na escola dos novos policiais militares, o pedido será atendido.



14/02/2013 15h39

Veto do Executivo é derrubado quanto a preservação de espaço público

Compartilhe


Os vereadores derrubaram o veto do prefeito no que se refere a diminuiçäo do índice das áreas de preservação pública, destinadas a construção de escolas, praças, UBS.
Os loteadores estão felizes. A população perde!!! A sacanagem parece que continua a mesma. O povo que se exploda!!!

VEREADORES QUE VOTARAM CONTRA
Segue a lista dos vereadores e Cascavel que derrubaram o Veto do prefeito, a lista mostra quem está a favor dos LOTEADORES e contra a POPULAÇÃO
Aldonir Cabral (PDT)
Fernando Winter (PTN)
Gugu Bueno (PR)
Jaime Vasatta (PTN)
Ganso sem Limite(PSD)
João Paulo (PSD)
Robertinho Magalhães (PMN)
Paulo Bebber (PR)
Marcos Rios (PDT)
Rômulo Quintino (PSL)
Walmir Servignini (PSD)

VEREADORES A FAVOR
Luiz Frare (PDT)
Jorge Bocasanta (PT)
Paulo Porto (PCdoB)
Vanderlei do Conselho (PSC)
Jorge Menegatti (PSC)
Nei Haveroth (PSL)
Claudio Gaiteiro (PSL)
Pedro Martendal (PSDB)
Rui Capelão (PPS)

O presidente Marcio Pacheco (PPL) não precisou votar, já que os vereadores do CONTRA, venceram aqueles que são a favor da população!!!



14/02/2013 15h09

Vereadores mantêm veto do prefeito

Compartilhe


Vereadores de Cascavel mantêm VETO do Executivo no projeto aprovado no ano passado em que vereadores colocaram emenda, diminuindo a largura de ruas "caixa", favorecendo assim os interesses dos loteadores.

O veto foi mantido por unanimidade.



14/02/2013 14h19

Daqui a pouco: saberemos quem é quem dos Vereadores cascavelenses

Compartilhe


A sessão Ordinária marcada para as 14:30 hs promete e muito! Hoje será apreciado em votação os vetos do prefeito nos projetos votados ainda no ano passado que reduz a "caixa de ruas dos novos loteamentos de Cascavel que no projeto original da Prefeitura seria com 16 metros, e vereadores sabe lá o porquê, colocaram emendas para diminuir a "caixa que compreende, rua e calçadas dos novos loteamentos de Cascavel.

QUEM TEM INTERESSE?
É conversa corrente nos bastidores da Câmara que tem alguns vereadores interessadíssimos na votação deste projeto, inclusive, na sua maioria, ex-vereadores, ou seja, vereadores que votaram o projeto contra a população e a favor dos "loteadores" na legislatura passada. É só esperar pra ver o que vai dar isso tudo, quem votar contra o "VETO" do Executivo Municipal, é porque tem algum interesse.

ÁREA DE PRESERVAÇÃO
Também será apreciado e votado hoje, o "VETO" do Executivo no que tange a redução de área de preservação dos novos loteamentos. Vereadores aprovaram na Legislatura passada o índice de área de preservação de 30% para menos de 12% dos novos loteamentos. Também com emenda no projeto original. A área de preservação diz que ao fazer um novo loteamento no municipio, o empreendedor terá de destinar 30@ da área a prefeitura, para ruas e espaços públicos como: escolas, posto de saúde, Igreja, Praças. Mas os ex-vereadores querem pelo andar da carruagem, acabar com isso tudo e favorecer os "loteadores". Vamos ver no que vai dar tudo isso, o momento é propício para uma varredura em tudo o que aconteceu na Câmara na Legislatura passada, basta os atuais vereadores querer. a HORA é agora!



14/02/2013 14h00

Aderbal de Mello, de volta pra "Casa"?

Compartilhe


Corre a boca pequena nos meios políticos de Cascavel que, o ex-vereador de cinco mandatos e ex-procurador Jurídico do Municipio de Cascavel, em 2001 até meados de 2002, Aderbal de Mello (PT), poderá ser o indicado para o cargo de Diretor Geral da Câmara de Vereadores nas próximos dias, ou horas.

Escolha do prfesidente
Com a reestruturação do cronograma funcional do Legislativo cascavelense, apenas dois cargos de diretores foi aprovado em resolução nas primeiras sessões ordinárias deste ano. Como Aderbal, além de conhecer "quase" tudo sobre a Câmara, e ser do grupo que elegeu Marcio Pacheco (PPL) vereador e depois presidente da Câmara, e, tendo em vista que PT e PPL estavam coligados na proporcional e Majoritária, os rumores tem significado. Porém, é proveniente relatar que tudo ainda está no campo das especulações, ou de possível indicação por parte de Marcio Pacheco, já que os cargos de Diretores é de alçada para nomeação do Presidente.



13/02/2013 17h58

Aumento do IPTU foi feito em sessão secreta

Compartilhe


Pelo relatório da Procuradoria Jurídica da Câmara de Vereadores de Cascavel, o despacho foi de que a sessão extraordinária ocorrida em 26 de dezembro não obedeceu o rito regimental do que prevê o regimento interno, tais como: a convocação dos devidos vereadores "na sua maioria", feita através de ofício datada de 24 horas antes do início da sessão, e tão pouco foi dada publicidade no Diário Oficial ou em veículos de comunicação de circulação municipal ou regional, conforme prevê a legislação federal.

Diante do exposto no relatório, para muitos a sessão foi feita de forma irregular.

Ao receber o relatório a presidência da Câmara encaminhou o processo ao Ministério Público, e publicou no site da Câmara Municipal de Cascavel, colocando assim os atos na transparência pública.

De outro lado o servidor denunciante, Itacir Gonzatto, disse que vai encaminhar e entregar ao MP para que este tome as devidas providências. Uma vez que o MP tem que ser incitado para exercer o que rege a lei. Também entidades de Cascavel já se preparam para o "embate" político administrativo sobre a sessão irregular conforme relatório, ocorrida para o aumento do IPTU da população de Cascavel.



13/02/2013 16h57

Presidente afirma que irregularidades aconteceram no aumento do IPTU

Compartilhe


Neste momento, Juridico da Câmara entrega ao presidente, Marcio Pacheco, relatório sobre o aumento do IPTU.

Irregularidades aconteceram, informou o presidente na coletiva neste momento.



Luiz Nardelli
Casado com Margaret S. Nardelli, pai de Tarlliza Romanna Nardelli e Leonardo Romanno Nardelli, nasci em Paraíso do Norte (PR) e há de 39 anos moro em Cascavel (PR).

Este sou eu: Luiz Nardelli, 52 anos, técnico em estatística atuando como profissional da imprensa desde 2004. Graduado em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e pós-graduado em assessoria de imprensa. Iniciei a profissão como colunista político no jornal A Tribuna de Cascavel.

Desde então são 13 anos carimbando opiniões em impressos como: Extra Paraná, jornal Gazeta do Paraná, Jornal O Estado do Paraná-Curitiba, A Tribuna de Cascavel e no semanário Manchete Popular.

Atualmente com uma coluna no Portal, catve.com/luiz-nardelli . Em programas de TV, integrei o programa Sala de Debates com o legendário (in-memórian) Joel Damásio e o polêmico Laerson Matias no Canal 21/Catve. No Grupo Catve estou há mais de 11 anos como apresentador do programa Sala de Debates e posteriormente com o Bate Rebate e EPC.

Atualmente divido a bancada do programa EPC (Esporte, Política e Cidadania) na Catve/FM 91.7 e Catve/TV, transmitido das 18 às 19 horas diariamente. No EPC tenho a parceria de Jorge Guirado, diretor do Grupo de Comunicação Catve e Geraldo Magela.

Jornalista, repórter, apresentador, locutor, comunicador. Do que depender deste profissional, informações, opinião e notícias não faltarão aos leitores, ouvintes, telespectadores e nas Redes Sociais. Espero você aqui!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113




COPYRIGHT CATVE.TV | 2011 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS MOBILE READY